Há 10 anos os moradores do setor Pontal Oeste esperam asfalto do Governo PT/PMDB de Goiânia. Jornal do Meio Dia mostra o drama

Goiânia, Imprensa

Moradores do Condomínio de Chácaras Pontal Oeste não sabem mais o que fazer. Há 10 anos quem mora ali espera asfalto e nada de as ruas receberem pavimentação. A poeira toma conta e a previsão de asfaltamento e só para o ano que vem.

Concerto nas alturas: voltando de turnê na Europa, Orquestra Sinfônica Jovem de Goiás improvisa apresentação no avião e contagia passageiros

Goiás, Mundo

Integrantes da Orquestra Sinfônica Jovem de Goiás, voltando de sua turnê na Alemanha, atenderam o pedido da equipe de bordo e fizeram uma breve apresentação durante o voo. Os passageiros foram contagiados e aplaudiram o mini-concerto.

Governo PT/PMDB de Goiânia fracassa na coleta do lixo e urubus fazem a festa. Veja reportagem da TV Anhanguera

Goiânia

Nos bairros Goiânia 2 e Urias Magalhães, os moradores já estão acostumado com as visitas dos urubus. A Comurg não recolhe o lixo, que fica acumulado nas portas das casas. Quem mora na região afirma que o caminhão da coleta fica até 13 dias sem passar e alguns moradores estão até queimando o lixo para amenizar o fedor.

Fiasco: Vanderlan e Gomide se comportaram, no debate de O Popular, como quem vai perder a eleição – e se reduziram a ajudar Iris

Eleições, Goiás

A cobertura do jornal O Popular sobre o debate entre os candidatos a governador, realizado nesta segunda, evidencia que Vanderlan Cardoso e Antônio Gomide admitem que estão derrotados e se submeteram à estratégia de ajudar Iris Rezende a atacar o governador Marconi Perillo. Os dois se amiudaram no debate.

O Popular esclarece que não deu direito de resposta a Vanderlan por considerar que ser chamado de “leviano” não é ofensa pessoal

Eleições, Goiás, Imprensa

A repórter política Fabiana Pulcineli confirma, em matéria em O Popular nesta terça-feira, que a comissão organizadora do debate de segunda, também em O Popular, não considerou que Vanderlan Cardoso foi pessoalmente ofendido quando foi chamado de “leviano” pelo governador Marconi Perillo, por fazer acusações sem provas.

Caos e morte na saúde municipal do Governo PT/PMDB em Goiânia viram notícia nacional: “caso de polícia”

Goiânia, Imprensa, Nacional

O caos na saúde municipal do Governo PT/PMDB de Goiânia virou notícia no Bom Dia Brasil, da TV Globo, nesta terça-feira. Foi mostrado o caso do bebê Davi Lucas, que chegou ao Cais Chácara do Governador com problemas respiratórios, o pai afirma que não havia médico e a criança morreu sem ser avaliada por um especialista. Não é de hoje que a saúde municipal está em frangalhos. Não bastasse a falta de médicos e remédios, os Cais também possuem estrutura precária, são sujos e sofrem com a falta de manutenção.

O blog que incomoda: Goiás 24 Horas foi o único veículo de comunicação que conseguiu “participar” do debate promovido por O Popular

Eleições, Goiás, Imprensa

Mais uma façanha do Goiás 24 Horas: “participar” do debate entre os candidatos a governador promovido pelo jornal O Popular. Todo mundo sabe que a pergunta de Caio Salgado ao governador Marconi Perillo, sobre ações de assessores na internet, teve como motivação a linha editorial do blog, que costuma apontar erros de jornalistas, especialmente da equipe de O Popular.

Avaliação de Jarbas Jr, da coluna Giro, sobre o debate: “Iris tinha sangue nos olhos. Seu tom foi raivoso. E não respondeu nada”

Eleições, Goiás, Imprensa

O jornalista Jarbas Rodrigues Jr., titular da coluna Giro, analisa em O Popular o debate promovido pelo jornal na segunda-feira. Jarbas ficou impressionado com o desempenho de Iris, que sugere ter sido negativo. “Iris tinha sangue nos olhos. Seu tom era raivoso”, escreve Jarbas, que enxergou em Vanderlan Cardoso e Antônio Gomide um comportamento subserviente a Iris.

Vale tudo de Iris na TV desafia Carlos Cachoeira e também a regra de ouro das eleições no Brasil: quem bate, perde

Eleições, Goiás

O violento ataque do programa de televisão de Iris Rezende no horário gratuito eleitoral, envolvendo o empresário Carlos Cachoeira e o ex-senador Demóstenes Torres, é uma tentativa desesperada da campanha do PMDB para tentar reverter a ascensão do governador Marconi Perillo nas pesquisas. E é também a oportunidade para confirmar ou não a regra de ouro das eleições brasileiras: quem bate, perde.

A era da baixaria: programa de TV de Iris baixa o nível e chama o empresário Carlos Cachoeira para a briga

Eleições, Goiás

Com a exibição farta de fotos do empresário Carlos Cachoeira e do ex-senador Demóstenes Torres, o programa de televisão de Iris Rezende no horário eleitoral gratuito jogou, na noite desta segunda, todas as suas fichas na estratégia de ataque e baixaria contra o governador Marconi Perillo. O programa, de longe, é o mais violento da história das eleições em Goiás.

Pai afirma que bebê morreu porque não foi atendido em Cais da prefeitura de Goiânia

Goiânia, Imprensa

O pequeno Davi Lucas, menos de um mês de vida, passou mal na manhã de domingo devido a complicações respiratórias e seu pai então decidiu levá-lo ao Cais da Chácara do Governador. Ivair Lopes diz que não havia médico na unidade de saúde, uma enfermeira tentou reanimar o bebê, que não resistiu e morreu. A Secretaria Municipal de Saúde afirma que tinha médico no local e tudo foi feito corretamente.

Professor Pedro Pietrafesa diz a Fabiana Pulcineli que possibilidade de Marconi vencer no 1º turno é “considerável” e que os 20% de nulos e indecisos favorecem o tucano

Eleições, Goiás

Em entrevista à repórter Fabiana Pulcineli, na rádio CBN, o professor Pedro Araújo Pietrafesa, cientista político da UFG, disse que a possibilidade de vitória do governador Marconi Perillo no 1º turno é hoje “considerável”. Pietrafesa rebateu Fabiana e afirmou que o número de votos indecisos é normal e favorece o governador.

Economia no figurino??? Iris Rezende repete o mesmo terno em três ocasiões

Eleições, Goiás

Na terça-feira da semana passada, Iris Rezende apareceu no jornal O Hoje ostentando o fardamento da primeira foto, com um blazer branco (?). Seis dias depois, ele foi ao debate de O Popular com o mesmo visual e ainda participou do Jornal Anhanguera vestindo as mesmas peças. Pelo jeito, a turma do figurino também caiu com os cortes na campanha.

Olha a arrogância: Vanderlan anunciou que dia 15, hoje, estaria em 2º lugar nas pesquisas, mas a verdade é que, como mostrou o Serpes, ele caiu

Eleições, Goiás

Um milagre foi anunciado pelo milionário Vanderlan Cardoso ao jornal Tribuna do Planalto: até o dia 15, hoje, ele, Vanderlan, estaria em 2º lugar nas pesquisas. Pois é: dia 15 chegou, Iris Rezende continua como o eterno 2º colocado e Vanderlan, segundo o Serpes de ontem, domingo, caiu de 9% para 7,2%. Ele já está xingando os institutos de pesquisa, como fez na rádio 730, nesta segunda.

Em debate, oposição mantém linha de pancadaria, que não deu certo nos programas de TV e não tirou um voto de Marconi

Eleições, Goiás

A estratégia de pancadaria, que tem sido a tônica dos programas de televisão de Iris Rezende, Vanderlan Cardoso e Antônio Gomide, foi seguida à risca pelos 3 candidatos no debate desta segunda promovido por O Popular. Iris, Vanderlan e Gomide deixaram as propostas de lado e partiram para o ataque. Até hoje, a agressividade da oposição não tirou um voto de Marconi.

Jornal Opção: empreiteira que doou R$ 500 mil para campanha de Iris é citada no escândalo da Petrobrás

Eleições, Goiás

O site do jornal Opção informa, com base em reportagem desta semana da Revista Época, que uma das empreiteiras que abasteciam o mensalão da Petrobrás doou R$ 500 mil para a campanha de Iris Rezende (PMDB) a prefeito de Goiânia em 2008. O nome da empreiteira é Alusa.

Nenhum candidato distorceu mais a verdade, no debate de O Popular, do que Vanderlan. Por isso, ele levou na testa o epíteto de “leviano”

Goiás

Quem mais massacrou a verdade, no debate promovido nesta segunda-feira pelo jornal O Popular, foi Vanderlan Cardoso. O milionário manipulou dados, distorceu realizações concretas do Governo do Estado e foi longe ao afirmar que Alcides Rodrigues e Jorcelino Braga deixaram o Estado em dia. Não foi a toa que o governador Marconi Perillo pregou o rótulo de “leviano” na testa de Vanderlan.

No Jornal Anhanguera, Iris soltou essa: “Temos que trabalhar em ritmo de mutirão”

Eleições, Goiás

Os jornalistas Marcello Rosa e Lilian Lynch não conseguiram esconder o constrangimento diante de um Iris Rezende irritado, gesticulando sem parar e falando de passado. A entrevista do cacique peemedebista ao Jornal Anhanguera não teve nada de novo, pelo contrário. Iris voltou a falar de mutirão.

Organização do debate em O Popular falhou e não seguiu o próprio compromisso de “focar na discussão de propostas”

Eleições, Goiás, Imprensa

O debate promovido por O Popular, entre os 4 principais candidatos a governador, não cumpriu o compromisso de “focar na discussão de propostas”, formulado pelo próprio jornal, por escrito, em matérias publicadas antes do evento., Tantos as perguntas selecionadas de leitores quanto os questionamentos dos dois jornalistas que representaram o Grupo Jaime Câmara, Caio Salgado e Fabiana Pulcineli, se perderam em assuntos miúdos e sem importância.

Debate em O Popular mostra Vanderlan inseguro, errando no português, agressivo, arrogante e servindo de cabo de chicote para a dupla Braga-Alcides

Eleições, Goiás

O milionário Vanderlan Cardoso perdeu uma grande oportunidade para melhorar a sua imagem ao derrapar no debate desta segunda-feira, promovido por O Popular. Com o seu costumeiro tom acaipirado de voz, Vanderlan perdeu tempo defendendo o indefensável, isto é, o Governo Braga-Alcides. Esqueceu-se também das propostas e passou o tempo agredindo o governador Marconi Perillo, que o chamou de “leviano”. E ele,Vanderlan, teve que engolir.

Iris, no debate de O Popular: destemperado, gesticulando nervosamente, salivando e muito, mas muito agressivo

Eleições, Goiás

A gesticulação, a elevação no tom de voz, as caretas e o conteúdo muito, mas muito agressivo de tudo o que fala são fatores que levam a uma conclusão: no debate promovido por O Popular, nesta segunda-feira, Iris perdeu mais uma vez a chance de se mostrar como um político experiente e amadurecido, preferindo se apresentar, como disse o Jornal Opção, como o Lobo Mau ou o bicho papão. O homem parece estar destemperado.

Perguntas de Caio Salgado, representando o Grupo Jaime Câmara, foram exemplo de jornalismo amador e pouco inteligente

Eleições, Goiás, Imprensa

Escalado como um dos jornalistas que representaram Grupo Jaime Câmara no debate desta segunda-feira em O Popular com os 4 principais candidatos ao Governo, o jornalista Caio Salgado foi um fiasco: nervoso, entoou mal as suas perguntas, que contrariaram a orientação anunciada pelo próprio jornal O Popular, antes do debate: focar na discussão sobre as propostas dos governadoriáveis. Caio não perguntou sobre propostas.

15 minutos para Marconi falar e 45 minutos para a oposição bater. Esse foi o formato do debate em O Popular e isso não é democrático

Eleições, Goiás

O debate promovido pelo jornal O Popular seguiu um formato que não pode ser considerado democrático: o governador Marconi Perillo, primeiro colocado nas pesquisas, teve apenas 15 minutos para expor suas ideias, enquanto seus adversários, atuando em bloco, receberam 45 minutos para bater à vontade no governador. Essa distorção maculou o debate, que virou uma cansativa repetição de agressões, falácias e até injúrias contra Marconi.

Iris diz que cumpriu todas promessas que fez. Mas o que dizer do transporte coletivo, que ele prometeu arrumar em seis meses?

Eleições, Goiás

Iris disse na TV Anhanguera, no noticiário do meio dia, que cumpriu todas as promessas que fez em sua carreira política. O eleitor que anda de ônibus em Goiânia sabe que a afirmação não é verdadeira. Na eleição para prefeito, em 2004, Iris prometeu transporte coletivo de primeiro mundo em seis meses.

Pergunta de Lilian Lynch a Iris: “O senhor renunciou ao cargo de prefeito e nos deixou Paulo Garcia. Se eleito, deixará também o Estado na mão?”

Eleições, Goiânia, Goiás

Iris não defendeu Paulo Garcia, mas tentou tranquilizar os eleitores ao dizer que, se for eleito, não vai renunciar ao seu mandato pela metade. Ele garantiu que esta é a última eleição que ele disputa na sua vida.

Apresentador do Jornal Anhanguera elogia gestão dos hospitais do Estado na cara de Iris: “há de se reconhecer que houve avanços”

Eleições, Goiás

Em entrevista com o candidato a governador Iris Rezende (PMDB) no Jornal Anhanguera (edição do almoço), o apresentador e jornalista Marcelo Rosa elogiou o modelo de gestão de hospitais do Estado por Organizações Sociais (OS), implantado por Marconi Perillo (PSDB), e perguntou se o velho cacique pretende mantê-lo.

Debate em O Popular deixa claro que existem 2 Goiás: o da oposição, em que tudo é ruim, e o verdadeiro, ou seja, um lugar com problemas, mas também com avanços

Eleições, Goiás

Existem 2 Goiás: um, é o da propaganda negativa da oposição, conforme se viu nas perguntas e respostas de Iris Rezende e Vanderlan Cardoso no debate desta segunda em O Popular, um lugar onde tudo é ruim e impera o caos. O outro Estado é o da realidade, apresentada no debate pelo governador Marconi Perillo: há problemas, sim, mas também há soluções e há situações a comemorar, porque estamos muito melhor do que outros Estados.

Na TV Anhanguera, Iris diz que esta é sua última candidatura. Alguém acredita???

Eleições, Goiás

Iris Rezende participa agora de entrevista no Jornal Anhanguera com os jornalistas Marcello Rosa e Lilian Lynch. O peemedebista está nervoso, não para de gesticular e só fala do passado. Iris ainda disse que essa é sua última candidatura. Alguém aí acredita?

Debate em O Popular é o que se esperava: Iris, Vanderlan e Gomide agressivos, Marconi sereno e propositivo

Eleições, Goiás

A agressividade dos 3 candidatos de oposição – Iris Rezende, Vanderlanh Cardoso e Antônio Gomide – foi a tônica do debate promovido na manhã desta segunda-feira pelo jornal O Popular e transmitido ao vivo pela internet. O governador Marconi Perillo, alvo dos ataques, manteve a serenidade e se conduziu em tom absolutamente propositivo.

Vanderlan sai do debate em O Popular com a pecha de “leviano”. A comissão organizadora considerou a crítica legítima

Eleições, Goiás

Após apresentar dados que o governador Marconi Perillo considerou como falsos, o empresário Vanderlan Cardoso foi chamado – também por Marconi – em alto e bom som de “leviano”. Reiniciado o debate, Vanderlan pediu o direito de resposta recomendado pela sua assessoria. Mas a comissão organizadora do debate recusou. O mediador Jackson Abrão explicou que a crítica foi considerada legítima.

Vanderlan acusa PMDB de deflagrar a crise na Celg: “Começou com a venda de Cachoeira Dourada”

Eleições, Goiás

Ao levantar a lebre para que o candidato a governador Iris Rezende (PMDB) atacasse o acordo assinado pelo governo de Goiás para sanear a Celg, o também candidato Vanderlan Cardoso (PSB) disse que a crise na empresa começou a venda da usina de Cachoeira Dourada. Importante lembrar que a usina foi vendida pelo PMDB de Iris em 1997.

Iris começa a ficar agressivo, surgem as primeiras “caras e bocas” e ele estoura o tempo de novo

Eleições, Goiás

No bloco em que o os candidatos perguntam entre si, Iris Rezende começa a ficar nervoso e eleva o tom de voz. Já levantou o dedo e fez cara feia e, de novo, estouro o tempo na tréplica, sendo interrompido pelo jornalista e mediador Jackson Abrão.

Vanderlan defende gasto que fez, como prefeito, com shows, eventos e time de futebol (que rendeu condenação por improbidade): “Era prioridade”

Eleições, Goiás

O candidato a governador Vanderlan Cardoso (PSB) afirmou, no debate promovido pelo jornal O Popular, que não se arrepende de ter gasto dinheiro da população de Senador Canedo com shows, festas e com o time de futebol do município (ao valor de meio milhão de reais, que rendeu a ele condenação por improbidade).

Iris afirma que questão feita por jornalista não pode ser respondida em um minuto. É o Iris prolixo de sempre…

Eleições, Goiás

No debate que acontece agora na sede do Grupo Jaime Câmara, o candidato a governador Iris Rezende (PMDB) disse que a pergunta feita a ele pela jornalista Fabiana Pulcineli, no segundo bloco, não poderia ser respondida em um minuto. A bem da verdade, raciocínio algum de Iris se conclui em um minuto.

Debate de O Popular: nas duas primeiras respostas, Iris estoura o tempo e só fala de passado

Eleições, Goiás

As perguntas eram sobre meio ambiente e escândalo Cachoeira. Sobre meio ambiente, Iris só falou de passado e não apresentou uma proposta sequer. E ao falar do caso Cachoeira, o cacique peemedebista disfarçou e fingiu que não foi ele quem trouxe a Delta para Goiás.

Primeira pergunta sorteada para Marconi não é de leitora, mas de militante da oposição

Eleições, Goiás

Primeira falha no debate promovido pelo jornal O Popular com os quatro candidatos a governador: o Grupo Jaime Câmara, que se propôs a sortear perguntas de 16 leitores, escolheu o questionamento enviado por uma militante de oposição ao governador Marconi Perillo (PSDB).

Primeiro debate da campanha começa daqui a pouco, em O Popular, com Iris, Vanderlan e Gomide na pancadaria e Marconi nas propostas

Eleições, Goiás

A tendência é que, neste debate, Iris Rezende (PMDB), Vanderlan Cardoso (PSB) e Antônio Gomide (PT) apostem na pancadaria contra o governador Marconi Perillo (PSDB), que segundo a pesquisa Serpes/O Popular divulgada no último domingo pode vencer a eleição no primeiro turno.

Em entrevista de uma página ao DM, nesta segunda, Caiado faz uma única e rápida citação ao seu companheiro de chapa, Iris

Eleições, Goiás

Nesta segunda-feira, o Diário da Manhã publica entrevista de uma página com o candidato a senador pelo PMDB, Ronaldo Caiado. Um detalhe chama a atenção: Caiado faz apenas uma citação a Iris Rezende, em toda a entrevista, rapidamente e aliás sem sequer mencionar o sobrenome Rezende, referindo-se apenas a “Iris”.

Fabiana Pulcineli diz que campanha de Iris não aprendeu com as derrotas anteriores e é equivocada porque só fala no passado

Eleições, Goiás, Imprensa

“Falar de passado não é um erro quando serve para fortalecer as propostas para o futuro. Mas achar que o passado por si só basta é um equívoco e Iris Rezende já deveria ter aprendido isso com as derrotas anteriores”, afirma a repórter política Fabiana Pulcineli em seu artigo desta segunda-feira em O Popular. Confira.

Diário da Manhã corrige omissão de O Popular e esclarece, em manchete, que o Serpes apontou a vitória de Marconi no 1º turno

Eleições, Goiás, Imprensa

Nesta segunda-feira, o Diário da Manhã corrige a omissão de O Popular, que ocultou dentro do texto, em 6 linhas, um detalhe da maior importância apontado pela pesquisa do instituto Serpes publicada no domingo: Marconi, pela primeira vê, em uma pesquisa do instituto, vence no 1º turno. O DM destacou a informação em manchete principal de capa.

Ibope, Grupom, Fortiori, Veritá e agora Serpes, com Marconi em 1º lugar, são respostas da sociedade à campanha agressiva da oposição

Eleições, Goiás

As pesquisas do Ibope, Grupom, Veritá, Fortiori e, neste domingo, a do Serpes, podem ser lidas como uma reação da sociedade à campanha agressiva da oposição contra o governador Marconi Pedrillo. Em todas essas pesquisas, Marconi aparece em 1º lugar, com uma frente que corresponde a 400 até 700 mil votos, em alguns casos, como os levantamentos do vEritá e do Serpes, vencendo no 1º turno. Goiás repudiou a violência verbal de Iris, Vanderlan e Gomide.

Oposição em desespero: coluna Giro detalha pesquisa Serpes e mostra que Marconi cresceu em Goiânia, Aparecida e Anápolis. E cresceu bem

Eleições, Goiás

A coluna Giro, em O Popular, detalha aspectos da pesquisa Serpes, publicada neste domingo, mostrando que o governador Marconi Perillo está crescendo – e bem – em Goiânia,Anápolis e Aparecida, cidades onde seus principais adversários – Iris Rezende, Vanderlan Cardoso e Antônio Gomide – estão caindo. Pode não haver 2º turno, prevê o jornalista Jarbas Rodrigues Jr. titular da coluna Giro.

A 20 dias da eleição, Gomide cai na pesquisa Serpes e prepara-se para ser o maior fiasco e o maior vexame da história das eleições em Goiás

Eleições, Goiás

O candidato do PT a governador, Antônio Gomide, que tinha 7,6% das intenções de voto na pesquisa do Serpes publicada, também por O Popular, em junho último, caiu para 5,2% na pesquisa do mesmo Serpes publicada neste domingo em O Popular. É o maior fiasco e o maior vexame da história das eleições em Goiás.

Marconi começa este domingo com carreatas em Rialma e Ceres

Eleições, Goiás

Motivado pela pesquisa Serpes, que mostra vitória já no primeiro turno, o governador Marconi Perillo começou este domingo com carreatas pelas cidades de Rialma e Ceres. Marconi e o vice José Eliton já estiveram em mais de 200 municípios e continuam com carreatas marcadas para os próximos dias.

Outro dado importante da pesquisa Serpes que a Pulcineli omitiu: no 2º turno, votos de Vanderlan e Gomide migram para Marconi

Eleições, Goiás

A pesquisa Serpes, publicada neste domingo por O Popular, mostra que o governador Marconi Perillo tem mais votos válidos que a soma dos seus concorrentes e, assim, venceria a eleição no 2º turno. Mas, se houver 2º turno, Marconi também é o vitorioso, com a ajuda de boa parte dos votos que vão para Vanderlan Cardoso e Antônio Gomide, no 1º turno. É mais um dado espetacular a confirmar as perspectivas de vitória do governador.

Outra gafe adivinhem de quem? Dela, Dona Iris!!! Posta foto de Goianira e chama de Goiânia. Prefeito é obrigado a corrigi-la

Eleições, Goiás

A deputada e sua turma fizeram uma carreata na cidade de Goianira, mas ao postarem a foto do passeio escreveram que era em Goiânia. Sabem quem teve que corrigir Dona Iris e seus blue caps? O próprio prefeito de Goianira, Miller Assis. Vergonha pouca é bobagem!!!

Jarbas Jr., na coluna Giro, repara “erro” (ou malandragem?) de Fabiana Pulcineli e diz que pode não haver 2º turno, conforme o Serpes

Eleições, Goiás, Imprensa

Corretamente, o jornalista Jarbas Rodrigues Jr., titular da coluna Giro, em O Popular, mais uma vez corrige um “erro” (ou malandragem) da sua colega Fabiana Pulcineli. Maliciosamente, Fabiana escondeu dentro da matéria que escreveu sobre a pesquisa Serpes, neste domingo, que o governador Marconi Perillo vence a eleição no 1º turno. Jarbas, na sua nota principal, também neste domingo, diz que não há mais certeza de 2º turno.

“Crescimento” de Vanderlan era mesmo lero-lero e taí a prova: na pesquisa Serpes deste domingo em O Popular, ele caiu de 9% para 7,2%

Eleições, Goiás

Certas coisas só acontecem em Goiás: sem base em qualquer pesquisa, nem mesmo as fajutas, inventaram que o milionário Vanderlan Cardoso estava “crescendo”. O próprio Vanderlan, dentro da sua característica arrogância, chegou a se gabar desse “crescimento”. Mas aí vieram as pesquisas e pau na moleira. A última é a do Serpes, neste domingo,mostrando que Vanderlan… caiu.

Procurador regional eleitoral diz que vai fiscalizar pesquisas irregulares. Que tal começar por Iris, Vanderlan e Gomide?

Eleições, Goiás

O procurador regional eleitoral, Marcello Santiago Wolff, anunciou no Twitter que vai fiscalizar com rigor a divulgação de pesquisas irregulares. Só que, diariamente, Iris Rezende, Vanderlan Cardoso e Antônio Gomide anunciam pesquisas em que estariam bem situados, dão até números detalhados, não mostram que pesquisas são essas – e o senhor procurador nunca tomou nenhuma providência.

Fabiana Pulcineli e O Popular escondem em 6 linhas, no meio do texto, a notícia mais importante da Pesquisa Serpes: Marconi vence no 1º turno

Eleições, Goiás

Pescamos essas 6 linhas, que reproduzimos em tamanho ampliado, bem lá no meio da matéria deste domingo de O Popular sobre a nova rodada da pesquisa Serpes. Quem escreveu o texto foi a repórter política Fabiana Pulcineli, que espertamente escondeu bem escondida a grande novidade do levantamento: o governador Marconi Perillo ganha no 1º turno, algo que o Serpes nunca havia registrado.

O Popular: pesquisa Serpes, a 20 dias da data da eleição, mostra Marconi firme em 1º lugar, com 14,2 pontos à frente do eterno 2º colocado, Iris

Eleições, Goiás

O jornal O Popular publica nova rodada da pesquisa Serpes, neste domingo, com notícias péssimas para a oposição: o governador Marconi Perillo mantém-se firme na liderança, com 39,3%, exatamente 14,2 pontos à frente do eterno segundo colocado, Iris Rezende, que aparece com 25,1%. Vanderlan Cardoso caiu e Antônio Gomide permanece estagnado em 4º lugar.

Carreata de Marconi, neste sábado, já passou por São Miguel do Araguaia e Porangatu e atraiu milhares de veículos

Eleições, Goiás

Governador continua com suas carreatas pelo interior goiano e neste sábado pela manhã já passou por São Miguel do Araguaia e Porangatu. Nas duas cidades, Marconi foi saudado por moradores na rua e a caravana atraiu cerca de 2 mil veículos.

É o implante capilar do século, deve ter custado caro e foi feito fora de Goiás: à esquerda, Vanderlan em outubro de 2013; à direita,Vanderlan agora

Eleições, Goiás

Se depender do implante capilar a que se submeteu, substituindo as entradas que estavam abrindo uma ampla avenida na sua cabeça, o empresário Vanderlan Cardoso já ganhou a eleição. É a maior mudança de visual da história política de Goiás: veja as fotos, leitor, e compare o homem, em outubro de 2010 e agora. São diferentes. E deve ter custado muito caro.

Vassil escreve artigo de quase um metro sobre o “crescimento” de Vanderlan. Só que as pesquisas vieram e Vanderlan… não cresceu

Eleições, Goiás, Opinião

Em um artigo mais uma vez quilométrico, em formato de versículos bíblicos, o “comentarista” Vassil Oliveira anunciou eufórico que Vanderlan Cardoso estava crescendo” nas pesquisas e incomodando os adversários. Mas logo em seguida saíram 4 pesquisas e Vanderlan ficou onde estava ou até diminuiu. É preciso admitir: a turma dos ressentidos faz o que pode para atingir o alvo que é a sua verdadeira obsessão: o governador Marconi Perillo.

Olha que vexame: nos programas de TV de Gomide, o prefeito petista do maior colégio eleitoral do Estado só aparece de relance. Será por quê?

Eleições, Goiânia, Goiás

O “modo petista de governar”, que Antônio Gomide promete na sua campanha, tem sua maior expressão em Goiás no prefeito Paulo Garcia – o maior e mais completo desastre administrativo de todos os tempos em Goiânia. Por isso, Gomide esconde o “companheiro” em sua campanha, mas, dias atrás, em um programa de TV, escapou uma imagem do prefeito perambulando, no fundo da cena, tal qual uma alma penada.

Robledo Rezende, principal aliado de Friboi: “Campanha de Iris é de ódio e rancor, sem um pingo de profissionalismo”

Eleições, Goiás

O advogado e pecuarista Robledo Rezende, principal aliado e assessor do bilionário de Júnior Friboi, voltou a criticar a campanha de Iris Rezende. Segundo Robledo, não existe a menor possibilidade de Friboi dar apoio a Iris, que faz uma “campanha de ódio e rancor, sem um pingo de profissionalismo”. Ele arremata: “Campanha fadada ao fracasso”.

Campanha de Iris está tão parada, mas tão parada, que para este sábado nem agenda há

Eleições, Goiás

Por que parou? Parou por quê? Neste sábado, a campanha de Iris Rezende está sem atividades. A assessoria de imprensa do PMDB não divulgou a agenda, o que significa que a campanha simplesmente parou. Dentro do PMDB e entre os poucos aliados, crescem as reclamações sobre a desorganização e a falta de estrutura, apesar de Iris liderar o ranking de gastos, segundo o TRE.

Humilhação em último grau: Dilma e Lula não apareceram nem vão aparecer na campanha de Gomide

Eleições, Goiás

Coitado do Antônio Gomide: sua campanha vai tão mal, mas tão mal que os principais cabos eleitorais do seu partido, a presidente Dilma Rousseff e o ex-presidente Lula, nunca vieram a Goiás para dar uma ajudazinha ao candidato do PT. Pior: não pretendem vir. Gomide vai ter que se virar sozinho. Ele caminha para ser um dos maiores fiascos da história das eleições em Goiás.

Vídeo postado nas redes sociais diz que Alcides e Braga querem voltar ao poder através da candidatura de Vanderlan

Eleições, Goiás

s redes sociais não perdoam: um vídeo postado nesta semana mostra que, por trás da candidatura do empresário Vanderlan Cardoso, está a vontade do ex-governador Alcides Rodrigues e do ex-secretário da Fazenda, Jorcelino Braga, de voltar ao poder. Segundo o vídeo, Alcides e Braga fizeram o pior Governo da história de Goiás. Veja você mesmo, leitor.

Por um trocado a mais, ex-assessor de Paulo Garcia faz bico de figurante no programa de Gomide

Eleições, Goiás

O jornalista Luciano Joka, que foi exonerado da prefeitura de Goiânia e hoje assessora o vereador Carlos Soares (PT), irmão do mensaleiro Delúbio Soares, estreou como figurante no programa do candidato a governador Antônio Gomide (PT) na noite de sexta-feira. Joka faz caras e bocas para cantar um jingle da campanha. E saiu cada careta…

Ninguém aguenta mais Gomide repetir como um papagaio que teve aprovação de 90% em Anápolis. E daí? E daí?

Eleições, Goiás

No rádio, na televisão, em entrevistas, em sabatinas, em discursos e, enfim, pra todo lado, o candidato do PT a governador, Antônio Gomide, repete como um papagaio que teve aprovação de 90% como prefeito de Anápolis. O argumento é mais furado que peneira: para governar um Estado, que é muito mais complexo, não basta ter sido um bom prefeito, é preciso ter propostas e visão de futuro. Ninguém aguenta mais ouvir Gomide falar na tal aprovação.

Vexame histórico em Goiânia: na pesquisa Veritá, Paulo Garcia tem aprovação de 4,1%. Para comparar, olha a aprovação do Marconi: 67,9%

Goiânia, Imprensa

O Diário da Manhã republica, neste sábado, a pesquisa Veritá que foi encomendada pela TV Serra Dourada e mostra que apenas 4,1% dos goianienses aprovam a gestão do prefeito Paulo Garcia. Para efeito de comparação, o DM mostra a aprovação do governador Marconi Perillo, também segundo o Veritá: 67,9%.

Vassil: “Iris diz que seus discursos são longos porque precisa informar aos jovens o que fez. Mas jovem não tem paciência para conversa comprida”

Eleições, Goiás, Opinião

“A campanha de Iris, que deveria ter ido para o norte, acabou tomando o caminho do sul. E errar no rumo é o tipo de coisa que define uma eleição”. É o que diz o “comentarista” Vassil Oliveira, que cansou de torcer pela vitória do velho cacique peemedebista e resolveu mostrar que está tudo errado na campanha de Iris.

Grupom, Veritá e Fortiori: mais de um mês de pancadaria na televisão e Marconi continua no 1º lugar e… crescendo

Eleições, Goiás

Mais uma vez, as pesquisas comprovam que a campanha de pancadaria da oposição contra o governador Marconi Perillo não deu certo. Os institutos Grupom, Veritá e Fortiori mostram Marconi na liderança e praticamente vencendo no primeiro turno. O Ibope, que saiu antes, também confirma a liderança do governador. Iris, Vanderlan e Gomide vão continuar batendo? Vão. Mas também caminham para perder a eleição.

Suposto crescimento de Vanderlan nas pesquisas não passou de lero-lero: ele está onde sempre esteve, ou seja, bem lá atrás

Eleições, Goiás

Não passou de lero-lero o anunciado crescimento do empresário Vanderlan Cardoso, que, segundo “pesquisas de bastidores” (veja bem, leitor: “pesquisas de bastidores”) estaria subindo e ameaçando mudar o quadro eleitoral. Saíram 4 pesquisas – Ibope, Veritá, Grupom e Fortiori – e Vanderlan continua o mesmo fiasco de sempre.

Vassil pergunta: “Para onde foi a promessa chamada Antônio Gomide?” E ele mesmo responde: “Não foi”

Eleições, Goiás

Jornalista analisa desta vez o projeto político do ex-prefeito de Anápolis. Vassil Oliveira diz que a candidatura de Gomide “não pegou”. Para Vassil, o candidato do PT “não formou uma chapa consistente, não conseguiu seduzir o PT nacional para sua candidatura e também não acertou o discurso.

Helvécio Cardoso: “Iris hoje é um ser alienado, vivendo da nostalgia de um passado que ele pretende glorioso, mas discutível”

Eleições, Goiás, Opinião

Mais uma vez, as pesquisas comprovam que a campanha de pancadaria da oposição contra o governador Marconi Perillo não deu certo. Os institutos Grupom, Veritá e Fortiori mostram Marconi na liderança e praticamente vencendo no primeiro turno. O Ibope, que saiu antes, também confirma a liderança do governador. Iris, Vanderlan e Gomide vão continuar batendo? Vão. Mas também caminham para perder a eleição.

Gomide continua marcando data para crescer nas pesquisas, mas não decola. Na ACIEG, ele era a imagem do desânimo e da descrença

Eleições, Goiás

Veja a foto, leitor. É um big-close do candidato do PT a governador, Antônio Gomide, quando fazia a sua explanação na sabatina da ACIEG (tinha direito a falar por uma hora, mas só usou 35 minutos). Gomide era a cara do desânimo. Aparentava estar deprimido e mal dormido. A candidatura é um fiasco: não decolou e não cresce nas pesquisas. A campanha do PT praticamente parou.

Helvécio Cardoso: “Iris virou um político folclórico, do qual todos se riem, à socapa, mas sempre se rindo”

Eleições, Goiás, Imprensa

Nesta sexta, em mais um artigo no Diário da Manhã, o jornalista Helvécio Cardoso chama Iris de “político folclórico, do qual todos se riem, à socapa, por certo, mas sempre se rindo”. Para Helvécio, Iris perdeu a chance de fazer como “o imperador romano Diocleciano, que foi sábio e no auge de seu poder, abdicou da coroa e se enfurnou numa roça, terminando seus dias feliz”.

Braga sinaliza que não acredita em Vanderlan e fecha com Iris: se houver 2º turno, ele será o marqueteiro do PMDB

Eleições, Goiás

O marqueteiro da campanha de Vanderlan Cardoso, o ex-secretário da Fazenda Jorcelino Braga, já está de malas prontas para a campanha de Iris Rezende, caso haja 2º turno. Duas conclusões: Braga está certo de que Vanderlan não tem chances de sucesso e Iris, por sua vez, está demitindo por antecipação e reconhecendo a incompetência da sua equipe de marketing.

Geração Play Station? Que nada! Iris posta foto do Mutirama no Instagram e lembra que foi ele quem fez (há 50 anos)

Eleições, Goiás

Iris Rezende não consegue sair do passado. Seu perfil no Instagram postou agora há pouco uma foto do Mutirama e informou: “Foi Iris quem fez”. O Mutirama foi inaugurado em 1965, portanto há aproximadamente 50 anos. Entre 80 a 90% da população de Goiânia – e, de resto, do Estado – sequer havia nascido nessa época.

TV Serra Dourada divulga pesquisa do Fortiori: Marconi tem 41% e 15 pontos de vantagem sobre o 2º lugar, como sempre, Iris

Eleições, Goiás, Imprensa

A TV Serra Dourada divulgou agora há pouco, no Jornal do Meio Dia, a nova rodada da pesquisa do instituto Fortiori sobre a corrida sucessória em Goiás. O governador Marconi Perillo aparece em 1º lugar, com 42%, ou 15 pontos de frente sobre o 2º lugar, que como sempre é ocupado por Iris Rezende, com 26% das intenções de votos.

Helvécio Cardoso: “Iris hoje é um ser alienado, vivendo da nostalgia de um passado que ele pretende glorioso, mas discutível”

Eleições, Goiás

Em mais um artigo no Diário da Manhã, o jornalista Helvécio Cardoso, um dos intelectuais mais eruditos do Estado, volta a falar do candidato do PMDB a governador, Iris Rezende, a quem considera como um político “folclórico e alienado, vivendo da nostalgia de um passado que ele pretende glorioso, mas discutibilíssimo”.

É campeão: em uma nota de 28 linhas no Diário de Goiás, Vanderlan consegue contar 6 mentiras cabeludas. Confira

Eleições, Goiás

Em uma nota de apenas 28 linhas, publicada pelo site Diário de Goiás, o milionário Vanderlan Cardoso conseguiu a façanha de contar seis mentiras cabeludas. Trata-se de frases que Vanderlan soltou durante a sua visita à ACIEG, onde falou para um auditório vazio, já que nenhum empresário apareceu para ouvir os tradicionais ataques e agressões ao governador Marconi Perillo.

Pesquisa Grupom: Marconi já ultrapassou Iris na região central do Estado, onde fica a Grande Goiânia

Eleições, Goiás

O Centro Goiano é – ou pelo menos era – o último reduto eleitoral em que Iris apresentava um desempenho superior ao de seu principal adversário. De acordo com o Grupom, Marconi agora tem 33,5% e Iris 27,6%. A diferença pró-Iris já foi de 20 pontos, e na rodada anterior havia caído para 2,1 pontos.

Ibope desta sexta-feira sugere que a onda que embalou a candidatura de Marina Silva perdeu força

Eleições, Nacional

O movimento migratório de eleitores em direção à postulação da presidenciável Marina Silva (PSB) perdeu força, de acordo com pesquisa Ibope divulgada na manhã desta sexta-feira. De acordo com o levantamento, a candidata à reeleição, Dilma Rousseff (PT), subiu dois pontos percentuais e chegou a 39%. Marina caiu de 33% para 31%.

Na pesquisa do Grupom, Marconi bate recorde e chega a 730 mil votos de frente sobre o eterno 2º colocado, Iris

Eleições, Goiás

Os 16,7 pontos de vantagem que o governador Marconi Perillo tem sobre o eterno segundo colocado, Iris Rezende, na pesquisa do instituto Grupom, publicada nesta sexta pelo Diário da Manhã, correspondem a 730 mil votos. Se quiser vencer a eleição, qualquer um dos adversários de Marconi tem apenas 23 dias, daqui até 5 de outubro, para tirar a diferença. Quem se habilita?

Pesquisa Grupom: seja Iris, Vanderlan ou Gomide, Marconi vence no segundo turno e a frente é sempre muito grande

Eleições, Goiás

Em todos os cenários, ou seja, contra qualquer um dos três candidatos oposicionistas – seja Iris Rezende seja Vanderlan Cardoso seja Antônio Gomide – o governador Marconi Perillo vence as eleições no segundo turno – se houver. Os números estão na pesquisa Grupom publicada nesta sexta-feira no Diário da Manhã e revelam que a frente de Marconi é sempre muito grande.

Medo de quê? Caiado proíbe presença de estudantes no debate entre os candidatos a senador que será feito pela PUC TV quinta que vem

Eleições, Goiás

O candidato a senador pelo PMDB, Ronaldo Caiado, vetou a presença de estudantes na plateia do debate que será realizado entre os senatoriáveis, pela PUC TV, na próxima quinta-feira. Se a direção da PUC liberasse a entrada aos estudantes, Caiado mandou avisar que não compareceria. Sob pressão de Caiado, o debate agora será realizado em ambiente fechado.

Pesquisa Grupom: Marconi está a 1,4 pontos para vencer no primeiro turno. E a sua rejeição caiu e está empatada com a de Iris

Eleições, Goiás

Os números da pesquisa do instituto Grupom, publicada nesta sexta-feira pelo Diário da Manhã são espetaculares para o governador Marconi Perillo e péssimos para a oposição. Marconi está em 1º, cresceu 4,1 pontos, alcançou 48,6% dos votos válidos e diminuiu a sua rejeição em mais de 4 pontos, aparecendo agora empatado com Iris nesse quesito.

Diário da Manhã: nova pesquisa do Grupom mostra Marconi crescendo para 41,5% e 17,6 pontos à frente do 2º lugar, Iris, que caiu para 24,8%

Eleições, Goiás

Nova rodada da pesquisa do instituto Grupom, publicada pelo Diário da Manhã, mostra que o governador Marconi Perillo cresceu 4,5 pontos em relação ao levantamento anterior (de 11 de agosto) e agora está com 41,5%, exatamente 16,7 pontos à frente do segundo colocado, Iris Rezende, que caiu para 24,5% das intenções de voto.

Fórum Empresarial e outras entidades classistas protestam nesta sexta contra o reajuste abusivo do IPTU

Goiânia

Empresários de Goiânia não vão deixar barato e nesta sexta já começam a pressão em cima de Paulo Garcia devido ao reajuste abusivo do IPTU e ITU. A Acieg será sede de uma manifestação liderada pelo Fórum Empresarial e demais entidades. Mobilização será 9h.

Mais Vassil: programa de TV mostra Iris como uma “caricatura com rugas em close” e “roupa de aposentado”

Eleições, Goiás, Opinião

O “comentarista” Vassil Oliveira está boquiaberto com os erros de condução do programa de Iris Rezende no horário eleitoral gratuito da televisão. Em artigo no site Diário de Goiás, Vassil aponta os descaminhos de Iris na TV e diz que foi vestido com “roupas de aposentado” e é mostrado sempre em big close, com “destaque para as rugas”. Para Vassi, Iris “virou uma caricatura”.

Vassil diz que “samba” mostrado no programa de Iris é loucura de marqueteiro querendo trocar “plano de Governo por piada”

Eleições, Goiás, Opinião

Assim como a repórter política de O Popular Fabiana Pulcineli, também o “comentarista Vassil Oliveira quase arranca os cabelos de desespero ao constatar que a oposição faz campanha cometendo erro atrás de erro. Vassil lamenta a decisão dos marqueteiros de gastar 4 programas de televisão com um “samba” humorístico. “Piada não substitui plano de Governo”, diz o choroso Vassil.

TV Record: 60,4% dos eleitores acreditam que Marconi vai vencer a eleição, aponta pesquisa Veritá

Eleições, Goiás, Imprensa

A pesquisa Veritá divulgada pela TV Record na noite desta quinta também perguntou aos entrevistados: independentemente do seu voto, quem você acha que vai vencer a eleição para o Governo? Iris só tem 14,8%, Gomide 2,6% e Vanderlan só 2,2%.

Veritá projeta vitória de Marconi no 1° turno, com 53,6%, e mostra que Iris caiu de 25,2% para 23,3%

Eleições, Goiás

Em votos válidos, o governador Marconi Perillo (PSDB) tem 53,6% – pouco mais do que o necessário para liquidar a disputa no primeiro turno. O segundo colocado, Iris Rezende (PMDB), tem 28,9% dos votos válidos. Vanderlan Cardoso (PSB) e Antônio Gomide (PT) têm 8,3% e 7,8% respectivamente.

Essa é pra oposição morder a língua, de tanta raiva: economia goiana cresceu 2,1% no 1º semestre, enquanto o Brasil só 0,5%

Eleições, Goiás

A oposição já comemorou até assassinatos em Goiás, para alimentar a sua estratégia enlouquecida de atacar sem tréguas o Governo do Estado. Imagine só, leitor, a raiva dos oposicionistas com a manchete de O Popular, nesta quinta-feira, anunciando que a economia goiana cresceu 2,1% no 1º semestre, enquanto a média brasileira foi de apenas 0,5%. Tem candidato por aí que deve ter mordido a própria língua, de tanto ódio.

Olha a desonestidade, leitor: para atacar o Governo do Estado, Gomide usa recorte de notícia de novembro de 2011

Eleições, Goiás

De um candidato a governador, o cargo mais importante do Estado, o mínimo que se exige é que tenha comportamento ético e seja honesto. Antônio Gomide, no seu programa de TV, mostrou um recorte de notícia publicada na internet para tentar fundamentar suas críticas ao Governo do Estado. Só que o recorte é de 3 anos atrás. e ele escondeu a data.

Cinismo de Gomide, ao criticar e desrespeitar quem ele adulava e elogiava há pouco tempo, ou seja, Marconi, é de causar… nojo

Eleições, Goiás

Veja essa foto, leitor amigo. Aí está o então prefeito de Anápolis, Antônio Gomide, sorrindo para o governador Marconi Perillo, antes de fazer um discurso repleto de elogios e salamaleques. Mas isso era quando Marconi levava recursos para Anápolis, mais de R$ 750 milhões nos últimos anos. Transformado em candidato, Gomide tornou-se um cínico profissional e agora picha e desrespeita quem antes adulava.