Arquiteto do Europark, que está no centro do escândalo dos alvarás, é sócio de fiscal da prefeitura de Goiânia

Câmara de Vereadores, Goiânia

Desconfia-se que as empresas contratavam Adriano para garantir a tramitação célere de projetos na prefeitura via Jonas Henrique, fiscal de edificações da Seplam, que é seu sócio. Adriano foi o arquiteto que assina o polêmico projeto chamado Europark, que consiste em oito torres de mil apartamentos no Park Lozandes, próximo à sede da prefeitura.

Contradições marcam depoimento de proprietário do residencial Europark à CEI que investiga corrupção na gestão do ex-prefeito Iris Rezende

Câmara de Vereadores

Em depoimento à CEI das Pastinhas, nesta segunda-feira, o empresário Juan Angel Zamora, proprietário da construtora EuroAmérica, negou ter protocolado uma pasta vazia na prefeitura apenas para garantir que o seu projeto futuro, o EuroPark, fosse enquadrado no Plano Diretor de 2004 – uma versão mais branda que a atual, de 2007.

É a segunda vez que Lourival Louza se nega a depor na Câmara. Na primeira, ele foi chamado porque devia R$ 2,3 milhões em IPTU

Câmara de Vereadores, Goiânia

Em 2005, o empresário Lourival Louza, do grupo Flamboyant, havia sido convocado a depor na CEI que apurava um rombo de R$ 418 milhões em IPTU e ITU que não foram pagos ao município. Lourival foi o primeiro a ser convocado, mas só apareceu para prestar esclarecimentos quando se viu sob ameaça de ser conduzido coercitivamente.

Empresário Lourival Louza Júnior se nega a depor na CEI que investiga corrupção na prefeitura. Vereadores vão acioná-lo na Justiça

Câmara de Vereadores

Poucos minutos do início da sessão da CEI, nesta segunda-feira, os advogados de Lourival informaram que ele não iria depor por entender que não é objeto de investigação da Comissão. Diante do boicote, os vereadores decidiram recorrer à Justiça para obrigá-lo a depor à força, por meio de condução coercitiva.

Daniel Vilela contratou Bruno Rocha Lima para ganhar espaço em O Popular e deu certo: coluna Giro virou boletim do deputado

Goiânia, Imprensa

Objetivo do deputado federal Daniel Vilela, do PMDB, ao contratar o jornalista Bruno Rocha Lima para a sua assessoria de imprensa, por um salário milionário, foi conseguir espaço em O Popular. E deu certo: a coluna Giro, por exemplo, virou boletim de notícias, geralmente irrelevantes, sobre Daniel Vilela.

José Eliton, em O Popular, e Thiago Peixoto, no Diário da Manhã: investimento de R$ 1,5 bilhão para o Inova Goiás, até 2018, está sustentado dentro do ajuste fiscal

Goiás

O vice-governador e secretário de Desenvolvimento, José Eliton, e o titular da Segplan, Thiago Peixoto, dão a mesma garantia: o investimento de R$ 1,5 bilhão previsto para o programa Inova Goiás, até 2018, está sustentado e encaixado dentro do programa de ajuste fiscal do governador Marconi Perillo. O Inova Goiás pretende inserir o Estado entre os três que mais aplicam em inovação no país.

Jornal Opção alerta advogados: campanha para a OAB precisa ser ética e só pode começar após registro das chapas, que se dará no final de outubro

Clipping, OAB Goiás

A coluna Opção Jurídica, no Jornal Opção, adverte: a campanha para a OAB-GO precisa ter conteúdo ético e só pode começar a partir do registro das chapas, que se dará 30 dias antes do pleito, marcado para 27 de novembro. Mas pelo menos 2 candidatos, Lúcio Flávio Paiva e Enil Henrique, estão antecipando ações de propaganda.

“Enquanto o Brasil discute ajustes, Goiás mostra que não é refém da crise e  lidera um projeto de desenvolvimento e inovação – o Inova Goiás”, diz Thiago Peixoto ao Diário da Manhã

Clipping, Goiás

Em entrevista ao Diário da Manhã, nesa segunda, o secretário de Gestão e Planejamento, Thiago Peixoto, diz que o Inova Goiás representa um esforço do governo para buscar saídas para a crise e situar o Estado na nova economia que emergirá no Brasil. “É um programa avançadíssimo”, ressalta Thiago Peixoto.

Adriana Accorsi demite Marcus Vinicius e outro dois assessores envolvidos na polêmica dos tiros e uso irregular de carro da Assembleia

Goiânia

O jornalista Marcus Vinicius de Faria chegou a ser preso por disparar tiros com uma pistola. Ele e outros dois funcionários da petista estavam num carro da Assembleia no sábado à noite. O veículo só deve ser utilizado para fins profissionais, o que não era o caso.

Jornal Opção aponta diferenças no trato de Maguito e Daniel com Marconi: o pai age com polidez e o filho trata com arrogância

Goiás

Semanário afirma que o prefeito de Aparecida trata Marconi com respeito e polidez e sempre elogia o caráter republicano do governo do tucano. Já o filho de Maguito Vilela, o deputado federal Daniel Vilela, faz ataques raivosos ao governador Marconi, mesmo sabendo que, se disputar o governo em 2018, não vai enfrentá-lo

Em artigo no Popular, José Eliton destaca que o programa “Inova Goiás” vai mudar o perfil econômico do Estado

Goiás, Imprensa

Edição deste domingo de O Popular traz artigo do vice-governador e secretário de Desenvolvimento Econômico, José Eliton. O texto anuncia que o governador Marconi Perillo lançará o maior programa de inovação tecnológica do país, o Inova Goiás, na próxima quarta-feira.

Jornal Opção: Caiado e Daniel Vilela “compraram briga grande” com o empresariado ao praticarem sabotagem contra a Celg

Goiás, Imprensa

Enquanto o governo do Estado e a direção da Celg tentam equacionar as finanças da companhia energética, Caiado, Daniel Vilela e Iris Rezende ficam sabotando o Estado por picuinhas políticas. Oposição inconsequente dessa turma pode trazer sérios prejuízos ao Estado.

Coluna Xadrez registra crítica de Marconi à sabotagem contra a Celg: “ação equivocada e irresponsável”

Goiás

“A emenda foi suprimida por razões políticas”, disse Marconi Perillo. O texto da emenda foi derrubado após ação maquiavélica de Ronaldo Caiado, Iris Rezende e Daniel Vilela. Objetivo da medida é reduzir a dívida da Celg em R$ 400 milhões.

Diretor da Celg critica sabotagem do trio Caiado-Daniel-Iris para prejudicar a empresa e Goiás

Goiás

“Em nenhum momento o assunto Celg poderia ser politizado. A MP vem somente para repactuar
com a Itaipu”, disse Elie Chidiac em entrevista ao jornal O Hoje. A medida tem como objetivo reduzir a dívida da Celg em R$ 400 milhões, mas Ronaldo Caiado, Daniel Vilela e Iris Rezende atuaram pesado para derrubar a emenda.

Jornal Opção avalia que Marconi e Maguito, no mais recente encontro, podem ter tratado de eleição em Aparecida

Aparecida de Goiânia

Só neste ano, Marconi e Maguito já se encontraram 5 vezes e fazem questão de manter relacionamento republicano. A verdade é que Maguito ainda não tem um nome consolidado para sua sucessão. Hoje, o vice Ozair José está no PT e terá que mudar para o PMDB e se viabilizar.

Coluna Giro: PMDB despreza pequenos e médios municípios e prioriza eleição em 9 cidades. É sempre assim…

Eleições, Goiás

É filme repetido… O partido de Iris Rezende vem agindo assim há anos e só colabora para vitórias de Marconi Perillo, que tem votações expressivas nos municípios menores e neste quarto mando se firmou definitivamente como um governado municipalista.

Fabiana Pulcineli sugere que Adriana Accorsi deveria demitir imediatamente assessor preso dando tiros em via pública e usando carro da Assembleia de forma indevida

Goiânia, Imprensa

Jornalista Fabiana Pulcineli fez um comentário certeiro em seu Facebook para repercutir a prisão do assessor da deputada Adriana Accorsi (PT). Marcus Vinicius foi detido por disparar tiros de pistola em via pública e ainda estava num carro oficial da Assembleia Legislativa.

José Vitti admite que Waldir é bom nome porque entra no eleitorado de Iris, “mas não tem experiência de gestor”. Furado: em mais de 20 anos, Goiânia elegeu 3 professores, um médico e uma única vez um gestor

Eleições, Goiânia

Deputado José Vitti, líder do governo na Assembleia, admite que o Delegado Waldir é um bom nome para Goiânia porque “penetra no eleitorado de Iris Rezende”. Mas haveria um problema, segundo Vitti: “Waldir não tem perfil de gestor”. Ocorre que Goiânia, há mais de 20 anos, quase só elege não gestores para a Prefeitura. Confira.

Quem será o deputado denunciado pelo Jornal Opção por ter se apropriado do dinheiro de uma viúva? Seria um parlamentar do PHS?

Goiás

Jornal Opção deste domingo denuncia: “Viúva, garfada por um deputado estadual, prepara-se para denunciá-lo à Justiça”. O semanário não dá o nome, que ressalta que o golpista não é “nada humanista”. Seria uma alusão ao PHS – Partido Humanista da Solidariedade, que tem 2 parlamentares na Assembleia?