Veja quem são os amigos de Alexandre Magalhães, o chefão do Mutirama acusado de roubar grana do Parque

Goiânia

Uma rápida visualizada no perfil de Alexandre Magalhães, presidente da Agência de Turismo e Lazer (Agetul) de Goiânia, revela quem são os seus amigos na política. O chefão do Mutirama, acusado de desviar dinheiro do parque e suspeito de ser um dos culpados pela tragédia de quarta-feira, é aliado do deputado federal Daniel Vilela e do ex-prefeito de Aparecida, Maguito Vilela.

Balanço de sete meses de Iris na prefeitura: tragédia no Mutirama e radares na rua. Veja análise de Cristiano Silva

Goiânia

Sete meses já se passaram e o prefeito Iris Rezende (PMDB) continua longe de cumprir as suas promessas de campanha. Pelo menos uma e descumpriu: a de arrumar o transporte coletivo de Goiânia em seis meses. Outras, como as subprefeituras, foram jogadas para o fundo da gaveta. Confira análise do jornalista Cristiano Silva, editor do blog 24 Horas.

Tragédia no Mutirama: polícia técnico-científica anuncia esforço concentrado e laudo para 30 dias

Goiânia

Rodrigo Medeiros, gerente do Instituto de Criminalística da Policia Civil, disse há pouco na rádio CBN que há esforço concentrado de agentes do departamento para conclusão do laudo sobre a tragédia do Mutirama, que deve ser divulgado em 30 dias. O esforço concentrado, segundo Rodrigo, deve-se em parte à “comoção popular” que existe em torno do episódio.

Internet não perdoa: redes sociais lançam campanha “quero Iris e Dona Iris no teleférico do Mutirama”

Goiânia

A revolta popular com a administração do prefeito Iris Rezende (PMDB) em função da tragédia do Mutirama, que deixou 11 feridos, traduz-se também em memes na internet. Este, por exemplo, provoca o casal que manda na cidade, Iris e Dona Iris, a passear no teleférico do Mutirama para provarem que confiam na segurança dos brinquedos do parque. Topam o desafio?

Transferência simbólica da capital para Goiás: discurso de Vitti foi o mais elogiado pela base aliada

Goiás

O discurso mais elogiado e aplaudido na solenidade de transferência do governo para a Cidade de Goiás foi do presidente da Assembleia Legislativa, José Vitti. No pronunciamento, ele afirmou que a gestão competente do governador Marconi Perillo o qualifica a disputar a presidência da República.

Verdade seja dita: você, que elegeu Iris em 2016, também é culpado pela tragédia do Parque Mutirama

Goiânia

Este blog abre um parênteses no noticiário sobre a tragédia do Mutirama para bater a real nos leitores: você, que votou em Iris Rezende (PMDB) no ano passado e ajudou a elegê-lo, também é culpado pelo que aconteceu no Parque. Desculpem-nos caros eleitores. Mas a verdade é essa.

Delegado afirma que Parque Mutirama funcionava “de forma clandestina”

Goiânia

Aspas para o delegado Izaías Pinheiro: “Já apuramos que o Parque estava funcionando sem um engenheiro técnico responsável pela manutenção dos brinquedos. Só por esse fato, o Mutirama já é considerado clandestino e o seu gestor já será indiciado por lesão corporal, já que assumiu o risco de deixar o parque de diversões funcionar sem uma equipe técnica responsável pela manutenção dos equipamentos”.

Evandro Gomes desrespeita vítimas e minimiza tragédia do Mutirama: “Foi uma fatalidade”

Goiânia

No esforço para puxar saco do prefeito Iris Rezende (e, quem sabe, faturar algumas cotas de publicidade), o jornalista Evandro Gomes (rádio 730) cometeu há pouco um ato bárbaro de desrespeito aos feridos da tragédia no parque Mutirama. Evandro disse que o que aconteceu foi uma “fatalidade, um acidente que pode acontecer com qualquer um, e vida que segue”. 

Chefão do Mutirama reaparece e diz que está “indignado” com tragédia no parque

Goiânia

24 horas depois da tragédia que deixou 11 feridos, o chefão do Mutirama e presidente da Agência de Turismo e Lazer, Alexandre Magalhães, reapareceu há pouco e disse, em entrevista coletiva, que está “indignado” com o que aconteceu no local. Vale lembrar que Alexandre é investigado pela Polícia por suspeita de desvio de dinheiro da bilheteria do Parque.

OAB exige apuração de denúncias de corrupção no Mutirama e lamenta tragédia

Goiânia

Em nota divulgada na manhã desta quinta-feira, a Ordem dos Advogados do Brasil em Goiás (OAB-GO) exigiu a apuração dos escândalos de corrupção no Mutirama e lamentou a associação entre o parque, “lugar de lazer, felicidade e vida”, e corrupção, “mal que, se confirmado ao caso específico, atenta com dolo contra a própria vida”. Confira nota.

Após tragédia e escândalo de corrupção, o que mais falta acontecer para Iris demitir chefão do Mutirama?

Goiânia

A seis meses presidida por Alexandre Magalhães, a Agência de Turismo e Lazer (Agetul) já enfrentou escândalo de corrupção (desvio de dinheiro do Mutirama) e a tragédia que deixou 11 feridos no parque, nesta quarta-feira. Mesmo assim, ele continua no cargo, prestigiado pelo prefeito Iris Rezende (PMDB).

Não é só no dicionário que “lazer” aparece antes de “segurança”: na prefeitura de Goiânia também

Goiânia

O que aconteceu no Mutirama era uma tragédia anunciada. O parque não tem responsável técnico na área de engenharia desde janeiro deste ano, de acordo com o Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura (Crea). Por coincidência, nos últimos seis meses voltaram pipocaram novas denúncias de corrupção no Mutirama. Eis a prova de que só em dois lugares “lazer” vem antes de “segurança”: no dicionário e na prefeitura de Goiânia.

Pergunta do dia: onde está Alexandre Magalhães, o chefão do Parque Mutirama?  

Goiânia

Quase 24 horas depois da tragédia que deixou 11 feridos no Mutirama, ainda não se sabe o paradeiro do chefão do parque – o presidente da Agência de Turismo e Lazer (Agetul) da prefeitura de Goiânia, Alexandre Magalhães. Se você não conhece Alexandre, clique aqui para saber alguns detalhes sobre ele.

Tragédia do Mutirama gera revolta e tristeza nas redes sociais. Confira alguns posts

Goiânia

A tragédia que deixou 11 feridos no Parque Mutirama gerou uma onda de indignação e de tristeza nas redes sociais. Muitos se dizem “chocados” com o que aconteceu e outros tantos lembram que frequentaram o parque quando eram crianças, mas que não têm mais coragem de frequentá-lo.

TV Anhanguera desmente Iris e mostra que não foi a primeira vez que brinquedos do Mutirama sofreram pane

Goiânia

O prefeito Iris Rezende (PMDB) mentiu ao dizer em entrevista, na última quarta-feira, que esta foi a primeira vez que aconteceu pane em um brinquedo do Parque Mutirama. Taí a reportagem do jornal Anhanguera de ontem para mostrar que, no Mutirama, a integridade física dos visitantes está sempre sob risco.

“Mutirama virou fonte de renda para administradores corruptos”, diz Elder Dias, do Jornal Opção

Goiânia

Em desabafo postado no Facebook, o jornalista Elder Dias, articulista do Jornal Opção, afirmou que o Parque Mutirama abandonou a condição de “desejo das crianças” e se transformou em “fonte de renda para administradores corruptos que, além de desviarem dinheiro, não cuidaram do básico em um parque de diversões: manutenção”. Elder diz que a imagem do parque está “arruinada”.

Promotora passa lição de moral em mãe do vereador Andrey Azeredo, que quis comparar Mutirama a brinquedos de Nova Iorque

Goiânia

A promotora Leila Maria de Oliveira passou uma bela lição de moral na ex-deputada Rachel Azeredo, mãe do presidente da Câmara, Andrey Azeredo, que comparou o Mutirama aos parques de Nova Iorque e Viena para dizer que brinquedos velhos funcionam bem em qualquer lugar. “Concordo com você, mas com certeza eles passam por manutenção períodica e rigorosa”, disse Leila. Rachel ficou calada depois desta.

A verdade: Iris fechou o Mutirama com medo da promotora Leila Maria, que prometeu interdição judicial

Goiânia

A decisão do prefeito Iris de fechar o parque Mutirama por tempo indeterminado, depois da tragédia desta quarta-feira, tem explicação: Iris conversou com a promotora Leila Maria de Oliveira e soube que, se não fechasse o parque por conta própria, ele mesma requereria interdição judicial para passar um cadeado nos portões do Mutirama. Iris anteviu o vexame e tomou a decisão de suspender as atividades no local.

Blog de ataques patrocinado pelo PMDB finge que nada aconteceu no Parque Mutirama

Goiânia

O Goiás Real, blog criado pelo deputado José Nelto e outros políticos do PMDB com o único objetivo de atacar o governador Marconi Perillo (PSDB), não deu uma linha sequer sobre a notícia mais importante do ano em Goiânia: a tragédia no Parque Mutirama, que deixou 11 feridos.