Mais Helvécio Cardoso: “A essa altura, já está provado que Gomide deixar a Prefeitura de Anápolis foi uma grande besteira”

Em análise sobre o fraco desempenho da candidatura do petista Antônio Gomide ao Governo do Estado, o jornalista e polemista profissional Helvécio Cardoso diz no Diário da Manhã, desta quarta, que, “a essa altura, já está provado que Gomide deixar a Prefeitura de Anápolis foi uma grande besteira”.

“Gomide queimou um cartucho valioso”, afirma Helvécio Cardoso, que vê o candidato do PT mostrando “uma perfomance melancólica” na atual campanha eleitoral.

O jornalista lembra que o PT “nunca teve um candidato realmente competitivo ao Governo do Estado. Esperava-se que Antônio Gomide fosse este candidato. Vã esperança! Ele vai perder até para Vanderlan Cardoso. Vai perder até em Anápolis”. E explica:

“Vai perder não porque o anapolino seja ingrato e não saiba reconhecer o excelente trabalho dele como prefeito. É que o povo de Anápolis tem ojeriza ao PMDB e muito particularmente a Iris Rezende. Votar em Gomide, que não vai vencer, é favorecer Iris Rezende. Isso o anapolino não fará, jamais”.

Conclui Helvécio Cardoso:

“Marconi, de resto, é muito estimado em Anápolis, onde sempre venceu com mais de 78% dos votos. É por isso que o mesmo anapolino que votou em Gomide para prefeito nas últimas eleições municipais, com isto manifestando sua aprovação à gestão dele, vai agora votar em Marconi Perillo, para não permitir que Iris possa ameaçar a vitória do governador-candidato. E votará em Marconi, sobretudo, em reconhecimento aos benefícios que o governo de Marconi vem trazendo para aquele município”.

[vejatambem artigos=” 38950,40139,40543,36436… “]