Afonso Lopes: “Marketing do PMDB errou ao tentar modernizar Iris. Em Goiás, a modernidade se chama Marconi Perillo”

O veterano comentarista político Afonso Lopes publica nova análise sobre a eleição em seu blog pessoal e prevê, mais uma vez, a vitória do governador Marconi Perillo no próximo domingo.

Não que haja alguma dificuldade em fazer esse vaticínio. Até a repórter política Fabiana Pulcineli, que gostaria de anunciar a vitória de qualquer um da oposição, reconheceu nesta segunda que a eleição já tem um vencedor e que ele se chama Marconi.

O interessante no artigo de Afonso Lopes é a fundamentação. Ele acredita que o marketing de Iris Rezende cometeu um erro grave, tanto no 1º quanto no 2º turno, ao tentar “modernizar” o velho cacique peemedebista e, com isso, levá-lo para uma disputa desigual: segundo o jornalista, “em Goiás a modernidade se chama Marconi Perillo”.

Acrescenta Afonso Lopes: “O pior que se colhe nessa estratégia marqueteira de tentar “modernizar Iris Rezende diante dos embates contra Marconi é o fundo crítico que se gera na própria imagem do Iris. Ou seja, ao invés de se acrescentar mais um conceito a Iris, termina por estender um fundo de crítica àquilo que ele realmente é. Não ser moderno, um executivo, um antenado, não é defeito que inviabilize uma eleição. Mas tentar mudar essa imagem à força de marketing não deixa de ser uma crítica, e nesse caso é uma autocrítica”, diz.

Concluindo, o comentarista afirma que “é impossível para Iris Rezende tentar se apresentar ao eleitor como um jovem moderno, antenado, afeito à internet e seus apetrechos de alta tecnologia. Ele, além de não ser nada disso, tem a sua imagem fortemente baseada em outra conceituação, exatamente na direção antagônica”.

[vejatambem artigos=” 42056,37567,42242,42226… “]