É guerra: Vanderlan promete “documentos” para “desmascarar a administração mentirosa” de Misael Oliveira em Senador Canedo

“Está na hora da gente começar a falar algumas coisas, porque é ano eleitoral e esse é o ano de falar as coisas. E nós vamos tá falando em cima de documentos, mostrando pra vocês como é que é simples desmascarar uma administração mentirosa”.

É assim que, em vídeo postado no site do Jornal Opção, que o empresário Vanderlan Cardoso abre a torrente de críticas, ataques e denúncias que fez contra o atual prefeito de Senador Canedo, Misael Oliveira – eleito, em 20912, com o seu apoio, mas com o qual, hoje, encontra-se rompido pessoal e politicamente.

Com o seu tradicional português claudicante, Vanderlan acusa Misael Oliveira de ter provocado uma situação de caos no abastecimento de água de Senador Canedo, “pra ter a fala pra passar o sistema para a iniciativa privada”. Ele alega que “nós provamos, quando pegamos aqui sem água, colocamos em 100% dos domicílios e resolvemos o problema da água para os próximos 30 anos, se o atual prefeito não tivesse parado tudo propositalmente”.

O milionário acrescenta uma outra denúncia: a Prefeitura” está pagando um absurdo em aluguel de containêres que funcionam como salas de aula, quando seria mais fácil usar o mesmo dinheiro para fazer escolas”.

E mais uma denúncia: “Pega os valores que nós pagávamos para transportar alunos e o que é hoje, quase 10 vezes mais”. O empresário não deu detalhes, mas lembrou que Senador Canedo dispõe de recursos em abundância, já que, quando era prefeito, o último orçamento que ele administrou, em 2009, chegava a R$ 156 milhões por ano, valor que, hoje, teria aumentado para R$ 400 milhões.

Vanderlan fez ainda insinuações sobre a venda de 80 áreas públicas de propriedade da Prefeitura, em um processo onde existiriam irregularidades – que ele não detalhou.

[vejatambem artigos=” 52067,50555… “]