Briga entre Vanderlan e Misael segue piorando e deve se constituir em uma das maiores encrencas da história política de Goiás, com reflexos na eleição em Goiânia

O empresário Vanderlan Cardoso e o prefeito de Senador Canedo, Misael Oliveira, estão rompidos – e as arestas entre os dois estão se agravando, principalmente depois que o milionário gravou um vídeo acusando o seu ex-aliado de corrupção e declarando-se arrependido de ter dado apoio à candidatura dele em 2012.

Misael Oliveira vinha fustigando Vanderlan, sem resposta. Dizia que ele, Misael, aproveitaria o ano eleitoral para contar a verdade sobre o empresário a propósito de malfeitos praticados quando comandou a Prefeitura de Senador Canedo. No princípio, Vanderlan ouviu calado. Agora, isso mudou.

Vanderlan também promete usar o ano eleitoral para falar a verdade sobre Misael. Ele, no vídeo, fala até em “documentos“, que pretende divulgar para provar que o prefeito faz uma “administração mentirosa”. Diz o município mergulhou no caos, que Misael tumultuou de propósito o abastecimento da água da população para arrumar uma justificativa para a privatização do sistema, que há gastos injustificáveis na Prefeitura, como, por exemplo, o transporte escolar, que hoje custaria 10 vezes mais que no tempo de Vanderlan, e muito mais .

Portanto, parece claro que a briga está se radicalizando e se aproximando de um vale-tudo que promete prejuízos para os dois lados, mas maiores para Vanderlan, candidato a prefeito de Goiânia com o seu velho e surrado discurso de que fez uma gestão revolucionária em Senador Canedo e por isso estaria habilitado para cargos superiores. Misael Oliveira é o homem que pode acabar de vez com essa prosopopeia.

[vejatambem artigos=” 52073,52069… “]