Situação complicada para Misael: má avaliação e rompimento com Vanderlan dificultam sua reeleição

A popularidade e a capacidade do prefeito de Senador Canedo, Misael Oliveira (PDT), de caminhar com as próprias pernas será posta à prova na eleição deste ano. Misael disputará a reeleição mas, diferente do que aconteceu em 2012, não terá o apoio de Vanderlan Cardoso (PSB) e do grupo político que o elegeu.

Ao seu isolamento, somam-se os desgastes da sua administração – que são muitos e difíceis de reverter. Há um mês, o prefeito iniciou uma agenda de inauguração de obras no município, mas é difícil saber se ainda há tempo para desconstruir a má imagem que se formou a respeito dele, Misael, como gestor.