Daniel Vilela, o pé-frio destas eleições, indicou o vice do candidato derrotado a prefeito de Anápolis

A eleição no município de Anápolis, terceiro maior colégio eleitoral do Estado, consagrou a fama do deputado federal Daniel Vilela (PMDB) como pé-frio. Ele indicou o vice (Eli Rosa) do candidato derrotado João Gomes (PT), que começou a campanha como favorito e perdeu no segundo turno com desvantagem de mais de quatro mil votos.

Mas não para por aí: a assessoria de Daniel informa que ele visitou mais de 100 municípios durante a campanha, só que em apenas 42 o seu partido triunfou. Foi o pior desempenho da história do PMDB no Estado. Tanto esforço por nada. Será que Daniel precisa rever seus métodos?