Lixo jornalístico: olha só o que virou a nota irresponsável da coluna Giro afirmando que Marconi poderia se filiar ao PMDB

Clipping, Eleições, Goiás

A nota irresponsável e antiética da coluna Giro, em O Popular, informando que “fontes palacianas” davam conta de uma possível filiação do governador Marconi Perillo ao PMDB continua gerando desdobramentos – sem pé nem cabeça.

Para garantir a repercussão da nota e o suposto prestígio da coluna, um dos seus autores, Caio Salgado, publicou declarações do deputado federal Daniel Vilela, do PMDB, repudiando a tal “filiação”.

Nunca se viu coisa igual no jornalismo em Goiás. Primeiro, um espaço de respeito e credibilidade, como a coluna Giro, inventa uma notícia. Depois, a própria coluna reverbera e abre espaço para que um oposicionista tripudie sobre o governador.

Esse oposicionista, Daniel Vilela, não largou o mote e foi para o seu perfil no Twitter abusar da boa fé dos goianos. Olha só, leitor, a postagem que ele fez: “Esse governo é tão ruim que até o governador quer vir pra oposição”. Tem cabimento? Seria o mesmo que um importante jornal nacional anunciasse que Fernando Henrique Cardoso estaria estudando sua filiação… ao PT.

“Governador quer vir para a oposição”, escreveu o “Vilelinha”, como o chama o Jornal Opção. É o resultado da insensatez dos autores da coluna Giro, que fabricaram uma informação, falsa, e ainda por cima se sentiram na obrigação de fazer a mentira crescer.

Em matéria de jornalismo, isso tem nome: lixo.