Sem nomes de peso, provável equipe de secretários do prefeito eleito Roberto do Órion está aquém do tamanho e importância de Anápolis

Uma pergunta ao leitor amigo do blog: você já ouviu falar em Alex Martins ou em Luzia Cordeiro?

Pois estes são os nomes dos prováveis titulares das duas secretarias mais importantes da prefeitura e Anápolis a partir do dia 1° de janeiro de 2017, data em que começa o mandato do prefeito eleito Roberto do Órion (PTB): Educação e Saúde, respectivamente.

O fato de você, leitor, desconhecer completamente quem são Alex e Luzia diz muito a respeito da equipe escolhida por Órion, que tende a ser formada por ilustres desconhecidos com pouca – ou nenhuma – projeção política ou experiência no universo da administração pública.

O blog 24 Horas por enquanto fala em “tendência” porque os nomes ainda precisam ser oficialmente anunciados pelo próprio prefeito eleito. O que se tem, por enquanto, é uma lista que foi vazada na internet e que tem sido homeopaticamente confirmada por Órion, sem nenhum furo.

É curioso notar que uma cidade com o porte de Anápolis, com toda a pujança de sua economia, não tenha nenhum secretário municipal conhecido e reconhecido pelo meio político do Estado. Logo Anápolis, que entregou para Goiás figuras de peso como o ex-governador Henrique Santillo e o ex-deputado federal Fernando Cunha.

Confira a lista de prováveis secretários de Roberto do Órion.

Cultura
Erivelson Borges

Procurador-geral
Antônio Eli de Oliveira

Esportes
Víctor Emanoel Ribeiro

Obras
Daniel Fortes

CMTT 
Carlos Cesar Toledo

PROCON
Valeriano Abreu

ISSA
Rodolfo Valentini

Chefia de gabinete
Gerson Santana

Saúde
Luzia Cordeiro

Educação
Alex Martins

Fazenda
Geraldo Lino

Secretaria de Governo 
Márcio Cândido

Desenvolvimento econômico 
Vander Lúcio Barbosa da Silva

Planejamento e Gestão
Igor dos Santos Nascimento

Compartilhe