“Foi um início muito ruim. Mostrou um viés autoritário”, diz vereador Elias Vaz a respeito das primeiras horas de Andrey Azeredo como presidente da Câmara

Câmara de Vereadores, Goiânia

Declarações publicadas nesta terça-feira em O Popular

“Foi um início muito ruim. Mostrou um viés autoritário”. É assim que o vereador Elias Vaz (PSB) classifica as primeiras horas do colega Andrey Azeredo (PMDB) como presidente da Câmara Municipal de Goiânia. Andrey, entre outras trapalhadas, negou-se a acatar indicações de vereadores que não o apoiaram na eleição da Mesa Diretora para compor as comissões legislativas da Casa, rompendo com a tradição de proporcionalidade que há décadas vigora.

“Até vereadores da base ficaram assustados com esse comportamento. O parlamento tem uma essência que é a proporcionalidade. Quando não se compreende isso, a situação fica muito complicada”, disse Elias nesta terça-feira à coluna Giro, publicada no jornal O Popular.

Tá difícil.