Alô Paulo Ortegal, secretário interino de Comunicação de Iris: está fazendo falta um professor de português para evitar o mau exemplo de erros cabeludos como esse

Como secretário interino de Comunicação do prefeito Iris Rezende, o conselheiro aposentado Paulo Ortegal começou com o pé esquerdo.

Ele mandou afixar uma “nota informativa” no site da Prefeitura de Goiânia, a propósito dos salários atrasados dos funcionários da Secretaria Municipal de Saúde, mas o subalterno que redigiu o texto esqueceu-se das regras básicas da Língua Portuguesa e cravou um tremendo erro de concordância.

“Os salários será pago”, diz a nota, em uma tom dissonante de doer o ouvido.

Alô Paulo Ortegal: a Prefeitura, como principal órgão público de Goiânia, tem de dar exemplo e não contribuir para a disseminação da ignorância.