Gomide fala à coluna Giro e confirma que tem a cabeça vazia de ideias: seu objetivo nas eleições de 2018 é “derrotar o governo” e não defender um projeto de futuro para Goiás

Anápolis, Eleições

Em declarações publicadas na coluna Giro, em O Popular, nesta sexta-feira, o vereador e ex-prefeito de Anápolis Antônio Gomide, do PT, confirma o que o Goiás 24Horas sempre disse dele: tem a cabeça vazia de ideias.

Olha só, leitor: sobre as eleições de 2018, Gomide afirmou que o seu objetivo é ajudar a “derrotar o governo”. Nem de longe arranhou a intenção de aproveitar o pleito para defender um projeto de futuro para Goiás e os goianos.

Em 2014, Gomide foi candidato a governador pelo PT e também não conseguiu apresentar uma única proposta para o Estado. Passou o tempo repetindo como um papagaio que havia sido o prefeito mais bem aprovado da história de Anápolis e lembrava a todo momento que reeleger Dilma Rousseff para a presidência da República era o mais importante – mais até que a própria eleição dele. O eleitor entendeu: Dilma foi reeleita e Gomide despachado para um vexatório quarto lugar e apenas 300 mil votos.

O ex-prefeito anapolino confirmou as conversas com o PMDB, partido que, coincidência ou não, também tem dificuldades para enunciar ideias para Goiás. “Iniciamos o processo com o objetivo de derrotar o grupo que está há 20 anos no poder no Estado”, reafirmou Gomide à coluna Giro.

Só isso e mais nada.