Professoras em greve protestam na Câmara: “Desde 2010, o Sintego não representa os trabalhadores da educação”

Câmara de Vereadores, Goiânia

As professoras municipais Samira e Dalva usam a tribuna livre da Câmara Municipal para protestar contra a prefeitura de Goiânia e o ato de truculência ocorrido durante a desocupação da Secretaria.

“Não somos bandidos. Não somos vagabundos. Somos trabalhadores da Educação. Queremos respeito”, disseram.

Elas afirmaram que desde 2010 o Sintego não representa os professores municipais e que este sindicato faz barganha por cargos.