No Giro, Daniel Vilela diz que encontros do PMDB foram paralisados devido ao excesso de feriados e não pelas delações da Odebrecht

Eleições, Goiás

A coluna Giro, de O Popular, perguntou ao deputado federal Daniel Vilela qual o motivo para o PMDB ter paralisado as atividades de campanha em Goiás, já que o próprio Daniel vinha liderando encontros regionais.

Todo mundo sabe que foi devido às delações bombásticas da Odebrecht, que atingiram em cheio Maguito Vilela e Daniel. A resposta do deputado foi uma invenção brava: “Tivemos em abril três semanas com feriados prolongados, que inviabilizam encontros no Estado”.

Desculpa esfarrapada de Daniel. Depois das delações, ele sumiu da mídia e ficou mais de uma semana sem aparecer nas redes sociais.

O impacto das delações ainda é grande no PMDB goiano.