“Todos somos responsáveis pela construção de um trânsito mais humano e seguro”, afirma presidente do Detran-GO

Goiás

A responsabilidade por um trânsito seguro é de todos os cidadãos. Esse foi o teor do discurso do presidente do Departamento Estadual de Trânsito de Goiás (Detran-GO), Manoel Xavier Ferreira Filho, no lançamento da campanha Maio Amarelo – Atenção pela Vida. A iniciativa reúne um conjunto de ações que promovem o debate sobre a gravidade dos acidentes de trânsito e a necessidade de reduzi-los.

“Todos nós somos partícipes de um trânsito seguro. Todos nós compartilhamos as mesmas vias públicas e é preciso que tenhamos atitude e comportamento para evitar os conflitos”, declarou Manoel Xavier na solenidade, realizada na última quinta-feira (11), no Palácio Pedro Ludovico Teixeira, em Goiânia.

“O que é mais importante em um movimento como esse é que não é preciso muito para participar. Cada um de nós, em casa, na rua, no local de trabalho ou entre os amigos, podemos e devemos fazer a diferença e contribuir para um trânsito com mais vida, mais respeito e menos mortes”, disse o presidente.

Visando reduzir os acidentes e mortes no trânsito, o Governo de Goiás e o Detran anunciaram algumas medidas, como liberar o aumento em 25% do banco de horas dos policiais militares empregados nas ações de trânsito; autorizar a presença da Central de Flagrantes nas blitzes do Balada Responsável; efetivar parceria com as prefeituras de Goiânia, Aparecida de Goiânia e Anápolis para reduzir os acidentes; implantar sinalização em mais de 150 municípios; municipalização do trânsito em 103 municípios; implantar barreiras de fiscalização nas rodovias no prazo de 60 dias; firmar parceria com a PM para fiscalização do trânsito e determinar o apoio do Corpo de Bombeiros ao Detran para a realização de serviços preventivos.

“O Detran tem buscado fazer seu dever de casa, pois entendemos que não podemos fazer um trânsito melhor sem um órgão executivo de trânsito estruturado, moderno e, acima de tudo, sintonizado com as demandas da sociedade. Nosso foco é educar para não precisar de punir. Se necessário for, punir para educar”, explicou Manoel Xavier.

Durante a solenidade, Marconi entregou cinco viaturas de resgate ao Corpo de Bombeiros. “Nosso objetivo é reduzir drasticamente as mortes e sequelas provocadas por acidentes de trânsito”, pontuou. O governo vai entregar, nos próximos meses, mais 30 viaturas para o Corpo de Bombeiros, “que vão reforçar as ações de socorro em todos os municípios goianos”, explicou o comandante do Corpo de Bombeiros, Coronel Carlos Helbingen.

Para dar mais agilidade aos serviços relacionados ao trânsito, o Detran, seguindo as diretrizes repassadas pelo governador, descentralizou o atendimento ao cidadão com mais de 300 postos nos 246 municípios goianos.