Com vídeos e documentos, Marconi desmonta acusações de delatores da Odebrecht: “Não tenho nada a temer”

Goiás

O governador Marconi Perillo apresentou vídeos e documentos, na manhã desta terça-feira, que desmontam as acusações de delatores da Odebrecht contra ele, dentro do processo da Operação Lava Jato. Marconi convocou a imprensa para dar sua versão dos fatos e exibiu sequência de vídeos em que expôs as contradições dos ex-executivos sobre valores de supostos caixa 2 nas campanhas do tucano.

“Todas as contribuições da Odebrecht para nossas campanhas foram de acordo com que regia a lei da época. Minha história política sempre foi transparente e não tenho nada a temer. Tenho absoluta certeza que a verdade vai prevalecer”, disse o governador.

Marconi fez questão de afirmar que nos últimos anos a Odebrecht não venceu nenhuma licitação no governo de Goiás. O governador também foi enfático ao rebater a acusação de que teria pedido R$ 50 milhões em doação para um dos ex-executivos da empreiteira. “Esta acusação chega a ser ridícula. Não tem o menor cabimento”, disse.

Marconi afirmou que toparia participar de uma acareação com os delatores, “sem problema algum”. “Isso quem vai decidir é o STJ, mas se for necessário, eu vou sem nenhum problema”, disse o governador.

Marconi encerrou sua explanação afirmando que construiu uma história política baseada na transparência e honradez e que não irá aceitar que o nivelem por baixo.