Marconi diz que aceita fazer acareação com delatores no STJ: “Se for preciso, vou sem nenhum problema”

Goiás

O governador Marconi Perillo afirmou na manhã desta terça-feira que, se for necessário, aceita fazer acareação com delatores da Odebrecht que fizeram acusações contra ele. Executivos da empreiteira afirmaram que o tucano pediu dinheiro de campanha via caixa 2. Na manhã de hoje, Marconi apresentou provas e vídeos que expõem as contradições dos delatores.

“Isso (acareação) quem vai decidir é o STJ, mas se for preciso eu faço sem nenhum problema”, disse Marconi. Durante pouco mais de uma hora, o governador fez pronunciamento à imprensa e mostrou documentos que confrontam as versões dos executivos da empreiteira.

“Não tenho nada a temer. Tenho absoluta certeza que a verdade vai prevalecer. Minha consciência está tranquila”, afirmou.