BRT da prefeitura não vai valorizar imóveis do setor Pedro Ludovico, avisa Secovi

Goiânia

Frustração à vista para o comerciante que torce pela valorização do seu imóvel depois de concluída a obra do BRT Norte-Sul na avenida Quarta Radial, setor Pedro Ludovico. O presidente do Sindicato dos Condomínios e Imobiliárias (Secovi), Ioav Blanche, que também é arquiteto, diz ao Popular desta segunda que o BRT dificilmente promoverá investimentos particulares no local.

A arquiteta e professora da Universidade Federal de Goiás (UFG) Erika Kneib, seguindo a mesma linha, afirma que a verdadeira transformação do bairro só acontecerá se o tratamento urbanístico for completo, ou “de fachada a fachada”, em que se leva em conta a escala micro. “É preciso envolver o pedestre, a calçada, o mobiliário urbano, a iluminação e a arborização, além do BRT”.