Daniel tem de engolir Caiado no palanque do PMDB em Rio Verde após dizer que não participaria de eventos ao lado do senador

Goiás, Rio Verde

Além do desrespeito flagrante à legislação eleitoral, já que o prefeito Paulo do Vale (PMDB) disse que aquele evento pago com dinheiro público era “o início da caminhada rumo ao Palácio das Esmeraldas”, a solenidade em comemoração aos 169 anos de Rio Verde, na manhã deste sábado, merece destaque por outro motivo: é a primeira vez que o deputado federal Daniel Vilela (PMDB) é obrigado a engolir ao senador Ronaldo Caiado (DEM) no mesmo palanque depois que dizer que não participaria de eventos ao lado dele.

Pior do que engolir, Daniel teve de se submeter ao papel de coadjuvante, já que o prefeito de Rio Verde é adepto declarado da postulação de Caiado a governador. Nos stories publicados no perfil do senador notou-se o quanto Caiado foi mais elogiado do que Daniel no tablado.

Abaixo, o blog publica uma parte destes stories para que o Ministério Público se mobilize e rechace este uso descarado do dinheiro público para promover candidaturas a governador.