Fim das denúncias anônimas na Amma é um erro: você teria coragem de reclamar abertamente do vizinho?

A Agência Municipal de Meio Ambiente (Amma) de Goiânia cometeu, nesta semana, um grave equívoco ao acabar com as denúncias anônimas. Pior ainda é a justificativa por trás desta decisão.

A partir de agora, você, caro leitor do blog, que deseja reclamar do seu vizinho por excesso de barulho terá de fornecer nome, endereço, CPF, registro de identidade e uma série de outros documentos. A pergunta que fica é: vale a pena indispor-se formalmente com pessoas que vivem no apartamento ou na casa ao lado?

A tatuadora Fernanda Lacerda, de 28 anos, acha que não. Ao jornal O Popular desta quinta-feira, ela afirma que teria medo de confrontar vizinhos que, eventualmente, podem querer se vingar dela. Fernanda não confia na promessa da Amma de manter os dados sob sigilo. Quantas brigas entre vizinhos já terminaram em tragédia? Incontáveis.

Mas, como dissemos no primeiro parágrafo, o mais grave é a motivação por trás desta portaria assinada pelo presidente do órgão, Gilberto Marques Neto, e pela gerente de fiscalização, Mariana Gidrão, com a anuência do prefeito Iris Rezende: a Amma quer reduzir o número de notificações porque não tem fiscais suficientes para lidar com a demanda atual.

Em vez de contratar mais funcionários, a agência intimida o contribuinte para que ele reclame menos. Um absurdo sem pé nem cabeça.

Compartilhe