Secretária de Magal escondia R$ 32 mil debaixo do colchão, diz promotor em Caldas Novas

Agentes da Polícia Civil encontraram, nesta quinta-feira, R$ 32 mil debaixo do colchão da secretária de Adriana Gonçalves, secretária de Finanças do prefeito de Caldas Novas, Evandro Magal (PSDB). A informação é do promotor Cristhiano Caires e foi publicada no começo da noite de hoje no site do jornal O Popular.

Adriana é uma das pessoas investigadas no âmbito da operação Carnê da Alegria, que desarticulou uma associação criminosa que fraudava licitações para contratação de empresas que imprimiam carnês de IPTU para prefeitura de Caldas. A força-tarefa foi realizada pela polícia e pelo Ministério Público na madrugada desta quinta. Participam sete promotores de Justiça, quatro delegados e 19 agentes.

“Fizeram uma dispensa de licitação para fazer a contracapa do IPTU no ano passado e depois fizeram uma licitação de fato para que essa mesma contracapa fosse impressa, mas agora com valor dez vezes maior do que foi pago inicialmente”, disse o promotor ao Popular. O processo corre em sigilo.

Compartilhe