Caiado, a nova Geni da política de Goiás: em feito inédito, reúne PMDB e PSDB em torno da mesma causa

Nota publicada na coluna Giro de sexta

O senador Ronaldo Caiado (DEM) é a nova Geni da política de Goiás, parodiando o clássico de Chico Buarque. O que ele conseguiu nos últimos dias é digno de nota e tem caráter inédito: reuniu PMDB e base aliada ao governador Marconi Perillo (PSDB) em torno de uma mesma causa. Todos estão cansados da baixaria que ele dissemina no meio político estadual.

O estilo estabanado e agressivo do senador recebeu críticas de mais um deputado estadual do PMDB nesta sexta-feira: Paulo Cézar Martins. À coluna Giro, do jornal O Popular, PC afirmou “Uma candidatura que, há um ano da eleição, já tem certeza da vitória e ainda ameaça quem não aderir imediatamente já está no caminho do fracasso. Arrogância e truculência não combinam com política”. PC é da ala do PMDB que apoia a pré-candidatura de Daniel Vilela a governador.

A saraivada de ataques foi aberta pelo ex-governador e pai de Daniel, Maguito Vilela (PMDB), há dois dias. Maguito afirmou, também no Giro: “Eu liderava todas as pesquisas em 2006, mas perdi para o candidato do governo. Precisa é ter potencial de crescimento, baixa rejeição e perfil certo para o governo. Não se ganha eleição com campanha raivosa, com xingamentos”.

Caiado conseguiu o inusitado, que foi reunir PMDB (ou parte significativa dele) e a base aliada ao governador Marconi Perillo (PSDB). O próprio governador participou, coincidentemente, de um evento administrativo em Aparecida ao lado de Maguito no dia em que as declarações dele vieram à público, e com raro senso de oportunidade, manifestou apoio às críticas do peemedebista ao senador.

Abaixo, o áudio com o discurso de Marconi.

[vejatambem artigos=” 63712,63714,63710,63707 “]