“Samu vai ganhando reputação que envergonha”, diz Ulisses Aesse no Diário da Manhã desta sexta

Dias depois de vir à tona a notícia de que um idoso teria morrido em Goiânia por omissão de socorro de profissionais do Serviço Médico de Atendimento de Urgência (Samu), ligado à gestão do prefeito íris Rezende (PMDB), o jornalista Ulisses Aesse fez duras críticas aos médicos e enfermeiros que trabalham no Samu.

Na edição desta sexta-feira do jornal Diário da Manhã, Ulisses, que assina a coluna Café da Manhã, escreveu: “Há tempo, o Samu vem sendo alvo de críticas e de denúncias por parte da população. Sem gestão ou sem iniciativa para conter a crise, o Samu vai ganhando um reputação que tem envergonhado. Infelizmente”.

Na nota seguinte, o jornalista emenda; “em tempo: é bom o leitor não confundir os serviços do Samu com os realizados pelo Corpo de Bombeiros. este último tem credibilidade dada pelo povo”.

Compartilhe