Irritada com críticas e denúncias do uso da Prefeitura para turbinar candidatura a deputada federal, dona Iris decreta guerra a Kajuru, Sabrina, Dra Cristina e Priscilla Tejota

Câmara de Vereadores, Goiânia

A primeira dama de Goiânia, dona iris Araújo, está irritada com as críticas e denúncias dos vereadores Jorge Kajuru, Sabrina Garcez, Doutora Cristina e Priscilla Tejota. Os quatros apontam que a mulher do prefeito Iris Rezende interfere na administração municipal e usa a máquina pública em favor de uma candidatura à Câmara Federal em 2018.

Dona Iris não aceita os questionamentos e acusa os vereadores de serem contrários à acensão das mulheres na política e na gestão, o que é um grande equívoco. As críticas merecem ser respondidas e consideradas e são direcionadas à atuação específica da primeira dama e nada tem a ver com questões feministas.