Passada a febre das emendas, Wilder esvazia-se por falta de conteúdo e perde espaço na corrida por vaga na base

Eleições, Goiás

A febre da distribuição das emendas a prefeitos do Estado já está passando.

O efeito colateral é que  senador Wilder Morais, que luta pela vaga de candidato à reeleição na chapa da base, sofre um processo de rápido esvaziamento político, o que resulta na perda de espaços para a rival Lucia Vânia.

Wilder não consegue se manter por falta de conteúdo, assessoramento e de ações inteligentes.

Sustentou seu trabalho até agora na aposta das emendas, que “compraria” o apoio dos prefeitos.

A estratégia parece caminhar para ser um tremendo equívoco.

Wilder corre sério risco de dançar na disputa, embora ainda tenha chances e a simpatia de muita gente na base.

Basta corrigir os rumos e trabalhar com inteligência.