Entrevista de José Nelto dói nos ouvidos de tantos erros de português. Nem o Mobral salvaria o deputado

Goiás

Quem, se deu ao sacrifício de assistir à entrevista do deputado José Nelto ao jornalista Jarbas Rodrigues, de O Popular, na página do jornal na internet, ficou com os ouvidos doendo pela quantidade de erros de português cometidos pelo político.

Uma saraivada de joelhadas na língua pátria, como erros de concordância, pronúncias erradas de palavras e outro tipos de atropelos às regras gramaticais.

Nesta semana, o velho Mobral voltou à tona com declarações do vereador Clécio Alves. Nos tempos da ditadura militar. Mobral cuidava da alfabetização de adultos.

Mas, pela virulência do deputado com o português, parece que nem Mobral daria conta de consertá-lo.