Apesar do terninho bem cortado e do discurso pretensamente moderno, Daniel mostra não ser muito diferente dos velhos peemedebistas de guerra

Eleições, Goiás

O terninho é moderno.

O rosto jovem e bonito.

O discurso, pretensamente moderno.

Mas, a prática e comportamento continuam iguaiszinhos aos velhos preemedebistas de guerra.

Este é Daniel Vilela, que quer ser candidato do PMDB ao governo com a capa de renovação.

No dia-a-dia ele não mostra ser diferente dos companheiros de partido.

Apesar do terninho bem cortado.