Cabo Senna defende sargento da PM acusado de racismo: “Como pode ter te chamado de negrinho se ele é negro?”

Câmara de Vereadores, Goiânia

O vereador Cabo Senna (PRP) subiu à tribuna da Câmara Municipal nesta terça-feira para contrapor as acusações dos colegas Vinícius Cirqueira (Pros) e Romário Policarpo (PTC) ao sargento Jesus, da Polícia Militar, acusado por eles de racismo e abuso de poder.

“Como pode o sargento Jesus ter chamado Romário de ‘negrinho’ se ele mesmo é negro?”, questiona.