Major Araújo ataca vereadores de Goiânia que ficaram nervosos com abordagem da PM: “Procedimento é comum e devemos nos submeter a ele”

Assembleia Legislativa

O deputado estadual Major Araújo (PRP) entrou na polêmica que se criou depois que a Polícia Militar abordou carro com dois vereadores de Goiânia (Vinícius Cirqueira e Romário Policarpo) e levou um deles, Vinícius, preso, por desobedecer ordens da PM. Major afirmou que abordagens como esta são comuns e que todos devem se submeter a elas, independente do cargo que ocupam. “Estes dois vereadores perderam grande oportunidade de ficarem bem com a sociedade”.

Major afirma que não aceitará a imputação de pena ao sargento Jesus, que coordenou a abordagem.