Com chamada de capa, Correio Braziliense noticia que Marconi é incentivado a concorrer ao governo de Brasília em 2018

Com chamada de capa, a coluna Eixo Capital, no Correio Braziliense, registra que despertaram a atenção de integrantes do governo de Rodrigo Rollemberg (PSB) os rumores de que o governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB), estaria sendo incentivado a concorrer ao Palácio do Buriti.

A avaliação, no entanto, é de que ele está mesmo é de olho no projeto nacional, caso o tucano Geraldo Alckmin se inviabilize, para disputar a Presidência da República.

A coluna ressalta que para muitos, o rumor de que Marconi Perillo estuda ser candidato ao Buriti pode parecer um factoide. Mas amigos do governador de Goiás dizem que o tucano é suficientemente ousado para entrar num projeto como esse.

Segundo Eixo Capital, Marconi Perillo sempre foi forte no Entorno. Não faltariam aliados para ajudar em eventual campanha no DF.

A coluna adiciona que, em Goiás, os aliados esperam que Marconi “fique por lá”, e seja candidato ao Senado, como puxador de votos da chapa goiana. Uma eleição praticamente garantida, como indicam pesquisas. E que eleja o vice, José Eliton, seu sucessor no governo.

Ainda de acordo com Eixo Capital, se Marconi trocar Goiás pelo Distrito Federal, estará seguindo os passos de Joaquim Roriz, que há 30 anos veio fazer política na capital do país, depois de ser deputado federal e prefeito interventor de Goiânia.

“Os dois, aliás, sempre mantiveram uma ótima relação. Perillo trata Roriz com muita deferência”, posiciona a coluna.