No Giro: presidente do TJ alertou para riscos de rebeliões em fevereiro de 2017

Continuam em em evidência nesta sexta-feira nos jornais locais e nacionais os novos desdobramentos da crise no sistema penitenciário em Goiás.

No Giro, nota registra que o presidente do Tribunal de Justiça do Estado, desembargador Gilberto Marques Filho, disse à coluna, em 24 de fevereiro de 2017: “O sistema penitenciário de Goiás está caótico. É alto o risco de vermos rebeliões violentas.”

Giro segue e reforça que o Ministério Público de Goiás definiu, no último dia 19, que a reestruturação do sistema penitenciário do Estado será tema prioritário para sua atuação neste ano.