Exclusivo: governo vai iniciar demolição do semiaberto no dia 9. Cármen Lúcia pode estar presente

A decisão está tomada: o governo de Goiás vai demolir o presídio do semiaberto em Aparecida de Goiânia, onde aconteceu toda a crise do dia 1º de janeiros e 9 detentos morreram. A demolição será iniciada no dia 9 de fevereiro e a ministra Cármen Lúcia é esperada no ato.

Os detentos da unidade serão transferidos para outros presídios. E o novo semiaberto será construído numa outra localidade. Hoje, a uma superlotação do semiaberto de Aparecida e a estrutura do prédio é precária.

Neste ano, o governo vai entregar 5 novos presídios estaduais, algo inédito no País. E agora vai começar a construção do novo semiaberto.

O governador Marconi tem afirmado que Goiás vem fazendo sua parte. Os investimentos em segurança são vultosos, porém é necessária ajuda do governo federal, que dispõe de dezenas de bilhões no Fundo Penitenciário, mas repassa quantidade ínfima aos estados.