Rio Verde: irmã do presidente da Câmara estaria sendo beneficiada com gratificações na prefeitura

Os bastidores da política em Rio Verde estão pegando fogo. Tudo porque o presidente da Câmara do Município, Lucivaldo Medeiros (MDB), que é aliado do prefeito Paulo do Vale (MDB), estaria usando sua influência política para beneficiar sua irmã, que possui cargo na prefeitura.

Lucilene Tavares de Medeiros é assistente de Ensino D, pelo Fundo Municipal de Educação. Em 2016, ela recebia R$ 3.266,55 em função gratificada de 30%. Em 2017, Lucilene passou a faturura R$ 6 mil. Enquanto isso, professores e servidores reclamam de perseguições e falta de valorização por parte da secretaria e da prefeitura.

O privilégio não termina aí. A partir de novembro de 2017, Lucilene Medeiros passa a ser Assessora Pedagógica na Universidade de Rio Verde e a remuneração não foi publicada no Portal da Transparência do município. Um claro exemplo de falta de transparência da prefeitura.

Só o Ministério Público pode responder se isso é nepotismo, favorecimento ou malandragem mesmo…

Compartilhe