Transporte de renais crônicos em Goiânia está interrompido por calote, diz vereador

O transporte de pacientes renais crônicos atendidos pela rede municipal de saúde está interrompido a partir do meio-dia desta terça-feira porque a prefeitura de Goiânia não paga pelo serviço há pelo menos três meses.

A informação foi dada no plenário da Câmara Municipal pelo vereador Lucas Kitão (PSL), na sessão de hoje. Sem transporte, o tratamento destes pacientes corre risco.