Manobra em favor do IPTU do Puxadinho rende a Tiãozinho posto de líder da bancada de Iris

O prefeito Iris Rezende (MDB) escolheu o inexpressivo Tiãozinho Porto (Pros) como líder da bancada aliada ao Paço na Câmara Municipal.

A escolha demorou um ano para acontecer.

Mas porque este vereador novato e sem conteúdo foi escolhido? Porque foi ele o responsável pela manobra que garantiu, à Secretaria de Finanças, o direito de continuar multando a população e cobrando IPTU mais caro por causa de área construída sem avisar a prefeitura – o famoso IPTU do Puxadinho.

Eduardo Prado (PV) apresentou decreto de lei para sustar a cobrança e a aplicação de multas. O problema é que o prazo para tramitação do texto antes do recesso era exíguo. Tiãozinho pediu vistas e sentou na matéria. Não deixou que fosse votada.

Trocando em miúdos, Tiãozinho conquistou o coração de Iris ajudando-o a colocar a mão no bolso do povo.