Vereador Romário comemora morte de torcedor no sábado: “Vai tarde”

O vereador Romário Policarpo (PTC), que é Guarda Municipal licenciado, comemorou em plenário, nesta terça-feira, a morte de um torcedor do Goiás que teria disparado contra rivais do Vila Nova depois do jogo de domingo. O suspeito foi assassinado por um colega dele de corporação. “Vai tarde”, disse Romário.

Ele também atacou o jornal O Popular por tratar o torcedor esmeraldino como “suspeito”, e não como bandido. Elias Vaz (PSB) chamou Romário ao bom senso. “Você sabe bem que jornal não pode se referir a ninguém como criminoso, só quando transitado em julgado”.

O blog repudia o comportamento de Romário Policarpo. Não só pelo ataque ao Pop, que foi injusto, como por desejar a morte de quem quer que seja (mesmo que seja uma pessoa suspeita de cometer crimes).