Polêmica: no momento em que TBC é fortalecida, ex-secretária defende privatização

Goiás 247 – A emissora pública TBC, que pertence ao governo de Goiás, está iniciando uma nova fase editorial. Nesta semana, assumiu a direção da emissora o jornalista João Bosco Bittencourt, que já implementou mudanças editorias e quer fazer uma TV mais dinâmica e interativa. A nova TBC, no entanto, parece não empolgar a ex-secretária da Fazenda Ana Carla Abrão, filha da senadora Lúcia Vânia.

No Twitter, Ana Carla defendeu a privatização da TBC. “Com todo o respeito que tenho pelo @JB_Bittencourt e pelos servidores de lá: devíamos estar discutindo a privatização da TBC. Nunca entendi o sentido do Estado ter uma TV”, escreveu a economista.

Ana Carla é conhecida por seu viés totalmente liberal. Ela defende privatizações e o enxugamento da máquina pública. Uma de suas propostas mais polêmicas é o fim da estabilidade para o funcionário público, que passaria a ser tratada como empregado de uma empresa privada, podendo ser até demitido.

“Com todo respeito à ex-secretária Ana Carla, mas ela teve a chance de privatizar a TBC quando era a poderosa secretária Fazenda e não aproveitou. A TBC é uma TV pública e muito pode fazer, e vai fazer, pela sociedade”, disse João Bosco ao 247.

Compartilhe