Câmara que temos (5): presidente do sindicato dos servidores apoia Iris. Pode isso?

Pelo menos em Goiânia, foi-se o tempo em que o sindicato dos servidores públicos preservava uma postura de independência com relação ao poder Executivo. Como é possível exigir benefícios para a categoria se o presidente da entidade não guarda distância do patrão?

Esta é uma pergunta que o vereador Romário Policarpo (PTC), presidente do SindiGoiânia, precisa responder. Ele aderiu à base de apoio do prefeito Iris Rezende (MDB) na Câmara Municipal (apesar de ter dito que migraria para oposição se Iris não demitisse um secretário suspeito de racismo, como de fato não demitiu).

Como vai defender os servidores do SindiGoiânia com autonomia agora? É impossível.

A informação está no jornal O Popular desta segunda-feira.

Compartilhe