Tuiteiros do PMDB atacam Caiado e dizem que Vanderlan “faz muitas trapalhadas”

O deputado federal Ronaldo Caiado (DEM) e o ex-prefeito de Senador Canedo Vanderlan Cardoso (sem partido) foram alvos de ataques de militantes do PMDB no Twitter durante a tarde e a noite deste domingo (17). As críticas surgem no momento em que Caiado e Vanderlan intensificam as articulações para formar um bloco de oposição independente de PMDB e PT.

Marcelo Felix, Fred Marques de Paiva e Josiane Coutinho: banda marcial do PMDB
Marcelo Felix, Fred Marques de Paiva e Josiane Coutinho: banda marcial do PMDB

A jornalista Josiane Coutinho enviou mensagem aos colegas @_fredpaiva_, @felix_ms e @kidneto dizendo que, na sua avaliação, a oposição não tem chance de conquistar o Palácio das Esmeraldas caso entre dividida na disputa. Marcelo Felix retuitou o post de Josiane e acusou Vanderlan e Caiado de fazerem o jogo que interessa a Marconi Perillo: “Não os vejo criticando o governo. Na dúvida, Caiado é Perillo em 2014 contra petistas e peemedebistas”.

O advogado Fred Marques de Paiva, que em 2010 saudou a filiação de Vanderlan ao PMDB, seguiu linha parecida. “Entrei hoje para comentar uma articulação política que desconfiamos ser de autoria de Marconi”, disse o advogado. “A tal da 3ª via apregoada por Vanderlan e Caiado esta nos cheirando articulação marconista para dividir os votos de oposição. Caiado utiliza do discurso de oposição à Marconi, mas na verdade sempre esteve ao lado dele. Faz-se de ofendido, mas no fundo está ao lado”.

Fred continuou com os ataques: “Tem sido sempre assim,Caiado faz bico para Marconi e na última hora se une a ele e diz lavar as mãos,mas a ajuda do DEM tem sido fundamental. Na última convenção do DEM para governador, Caiado foi lá disse que não queria, fez discurso e ao final acabou indicando o vice de Marconi. Novamente a ação de Caiado se repete ao simular uma briga com Marconi para atrair Vanderlan e dividir votos da oposição”.

O advogado disse também que caso o deputado consiga alcançar a “proeza” que busca, levará Vanderlan a uma “candidatura suicida” e “dará a Marconi, de quebra, a divisão das oposições”. ” E tem gente boa na oposição que ainda se ilude com a atuação de Caiado. O histórico dele lembra a musica: entre tapas e beijos”, debochou Fred.

O advogado, um dos mais ativos militantes do PMDB goiano no Twitter, continuou com as provocações. Sobrou até para imprensa. Ele disse que as pistas que comprovam a suposta conspiração armada por Marconi e Caiado estão “no jornal governista Opção”. “Terceira via, Josi, que sabem ser inviável eleitoralmente, mas que irá tirar votos não de Marconi, mas da oposição.

Por fim, Fred Marques de Paiva permitiu-se aconselhar Vanderlan: se quer ser candidato das oposições, que demonstre isso e brigue pela vaga. “Aliás, Vanderlan devia permanecer dormindo, porque quando acorda faz muitas trapalhadas”. O ex-prefeito de Senador Canedo esteve filiado no PMDB entre 2010 e 2012. Deixou de ser companheiro de partido de Fred quando percebeu que seria sufocado pelo centralismo de Iris Rezende e da deputada federal Iris de Araújo (PMDB).

Compartilhe