Diário da Manhã: escolha de líder de Iris na Câmara afunila em 3 vereadores

A disputa pela cobiçada função de líder da bancada do prefeito Iris Rezende (PMDB) na Câmara Municipal de Goiânia afunilou em 3 vereadores, segundo reportagem de Helton Lenine no Diário da Manhã. São eles: Wellington Peixoto (MDB), Oséias Varão (PSB) e Paulinho Graus (PDT). 

O Popular aponta Kajuru como um dos melhores vereadores de 2017

O vereador Jorge Kajuru (PRP) é o único vereador novato que apresentou número significativo de projetos no seu primeiro ano de mandato na Câmara Municipal e todos com relevância reconhecida, de acordo com levantamento publicado pelo jornal O Popular. 

Andrey tem mesmo número de projetos que suplente que ficou 4 meses na Câmara

Triste e curiosa a coincidência que envolve o presidente da Câmara Municipal de Goiânia, Andrey Azeredo (PMDB): o jornal O Popular deste domingo revela que ele apresentou o mesmo número de projetos que um suplente que só exerceu mandato por 4 meses, Edson Automóveis (PMN): dois. Vexame para um vereador que foi eleito com discurso de renovação. 

O Popular: Andrey Azeredo apresentou só 2 projetos em 2017

Eleito sob o argumento de renovação da Câmara Municipal e com a responsabilidade de ser uma das grandes novidades da política em Goiânia, o vereador Andrey Azeredo (PMDB) decepciona. Levantamento publicado neste domingo pelo jornal O Popular mostra que ele só apresentou 2 projetos no seu primeiro ano de mandato.

O Popular elege caiadista Paulo Daher pior vereador de Goiânia

De acordo com levantamento da jornalista Bruna Aidar, Paulo Daher é o integrante da atual legislatura campeão em propostas inúteis, tais como concessão de títulos de cidadania, criação de medalhas, mudanças de nomes de ruas e praças e criação de datas comemorativas. Foram 88, no total. 

Vereadores se elegem com discurso de renovação, mas depois mostram que são só políticos alpinistas. Adiantou o quê?

Se 2017 foi um ano de grandes decepções para o goianiense por causa do desempenho ruim de Iris Rezende (PMDB) como prefeito, em 2018 a tendência é que esta decepção se pulverize: seis vereadores eleitos com discurso de renovação estão de olho em mandatos de deputado, o que mostra que o que eles queriam não era renovar a política, mas fazer carreira e encher o bolso.

Paulo Daher quer ser deputado. Será que teremos Dia Estadual do Saci?

Aposta de Daher é da força eleitoral do seu padrinho, senador e pré-candidato a governador Ronaldo Caiado (DEM). Porque se depender do trabalho que realizou neste seu único ano como vereador…não ganha voto nem para síndico de prédio. Confira as trapalhadas que ele aprontou.

Coitado do Samuel (1): Iris divide Segov e faz do secretário a rainha da Inglaterra

De acordo com o jornal O Popular, a articulação com a Câmara Municipal não será mais feita por ele. A única incumbência de Samuel, de agora em diante, será esquentar a cadeira de secretário e garantir que a igreja evangélica do pai dele continue a apoiar Iris. Além, é claro, de gastar o salário pago a ele pelo contribuinte. 

Retrospectiva 2017: os 5 vereadores que orgulham Goiânia

Não dá para dizer que a Câmara de Goiânia vive dias dourados. A maioria dos vereadores são nulidades que, se desaparecessem na virada do ano, não fariam falta à população. Mas, apesar da média ser medíocre, há de se fazer justiça a pelo menos sete que estão fazendo um excelente trabalho na Casa. 

Câmara sem gerência: Kajuru diz que banheiros da Casa “estão um nojo” nestas férias

Único vereador a despachar no gabinete das 6h às 18h durante recesso, Jorge Kajuru (PRP) afirma que os banheiros da Câmara Municipal “estão um nojo”, em que pese o fato de a Casa pagar pelo serviço de limpeza o ano todo. Kajuru diz que funcionários do seu gabinete enfrentam condições precárias para cumprir expediente. 

Kajuru critica Andrey: devolveu dinheiro da Câmara para Iris, mas não paga salário digno às faxineiras

No mês passado, o presidente da Câmara Municipal, Andrey Azeredo (PMDB), devolveu R$ 17 milhões não utilizados pela Casa para o prefeito Iris Rezende (PMDB). Deveria ter usado o dinheiro para pagar salários melhores às funcionárias de limpeza da Casa. A afirmação é do vereador Jorge Kajuru (PRP).

Kajuru diz que trabalho na Câmara rende mais nas férias: “Não perco tempo com debates improdutivos”

Em áudio enviado por WhatsApp ao Goiás 24 Horas, o vereador Jorge Kajuru (PRP) afirma que é “prazeroso” ser o único a abrir gabinete às 6 horas para trabalhar na Câmara Municipal, enquanto os colegas curtem férias. Kajuru diz que sua rotina está mais produtiva, porque não precisa perder tempo com debates “estapafúrdios” em plenário. 

Retrospectiva 2017: veja quem são os cinco piores vereadores de Goiânia

O primeiro ano da atual legistatura na Câmara Municipal de Goiânia confirma uma tendência histórica: existe uma esmagadora maioria de vereadores despreparados, inúteis e que só servem para gastar dinheiro público. O blog elegeu os cinco piores nesta retrospectiva.

Kajuru dá lição aos colegas: vai trabalhar durante todo recesso e abre gabinete às 6h

Nesta terça-feira pós-Natal, ele abriu seu gabinete às 6h e às 7h30 já estava fazendo mais uma transmissão ao vivo em suas redes sociais. Kajuru avisou que vai trabalhar todos os dias e estará na Câmara sempre. Seus colegas estão de férias e só voltam ao plenário dia 2 de fevereiro. Kajuru disse que é um absurdo tamanha folga.

Retrospectiva 2017: Câmara retrocede com Andrey. Alego avança e fica mais produtiva com Vitti

O 24Horas inicia nesta semana sua retrospectiva de 2017. São muitos assuntos importantes que precisam ser lembrados e analisados novamente. Comecemos com o Legislativo. Em Goiânia, Andrey Azeredo termina o ano como um “menino de recado de Iris” e coberto pelos desgastes da Câmara. Na Assembleia, José Vitti conduziu pautas tensas, pôs fim aos gazeteiros e virou nome forte para 2018. Leia a análise.