Vereadores suspeitos de roubar dinheiro do Mutirama se explicam em vídeos. Confira

Câmara de Vereadores, Goiânia

Dois dos seis vereadores suspeitos de fazer parte da organização criminosa que desviou pelo menos R$ 3 milhões da bilheteria do Parque Mutirama, de acordo o Ministério Público, publicaram vídeos nas redes sociais tentando explicar porque tiveram o nome envolvido na investigação. São eles: Kleybe Morais e Anderson Sales Bokão, ambos do PSDC. Não postaram nada sobre o assunto os vereadores Wellington Peixoto (PMDB), Zander Fábio (PEN), Jair Diamantino (PSDC) e Vinícius Cirqueira (Pros).

Maior reincidente em escândalos na Câmara, Zander é suspeito de ser operador do esquema que roubou Mutirama

Câmara de Vereadores, Goiânia

O Ministério Público suspeita que o operador do esquema que desviou pelo menos R$ 3 milhões do parque Mutirama seja o vereador Zander Fábio (PEN), que após o encerramento da carreira de Paulo Borges (PR) transformou-se no maior reincidente em escândalos da história da Câmara de Goiânia. 

Vereadores de oposição organizam força-tarefa para investigar gastos dos mutirões

Câmara de Vereadores, Goiânia

Quatro dos cinco vereadores que realmente fazem oposição ao prefeito Iris Rezende (PMDB) na Câmara Municipal (o outro é Elias Vaz) discutem a formação deu uma força-tarefa para fiscalizar gastos da prefeitura de Goiânia com os mutirões. São eles: Cristina Lopes (PSDB), Cabo Sena (PRP), Jorge Kajuru (PRP) e Priscila Tejota (PSD). 

Fogo amigo: vereador do PMDB defende convocação de diretor do Imas à Câmara

Câmara de Vereadores, Goiânia

“Agora é a nossa vez”: este é o slogan que Marcos Antônio de Menezes Marques, conhecido no PMDB como “Marcos 3M”, usou na campanha para deputado estadual em 2014 (um slogan piegas, diga-se de passagem, e que ainda por cima rimava com o número dele). Marcos não foi eleito, mas parece que chegou a vez dele de pisar no parlamento: o vereador Wellington Peixoto (PMDB), seu companheiro de partido, quer que ele deponha na Câmara. 

Filha do senador Caiado dá aval para a continuidade da fila da morte na saúde de Goiânia

Câmara de Vereadores, Goiânia

Via decreto, o prefeito Iris Rezende suspendeu a lei que estabelece prazos para atendimento de saúde. Quem conduz o processo é a Procuradora Geral do Município, Ana Vitória Caiado. A filha do senador e médico Ronaldo Caiado não vê problema em condenar pacientes pobres à fila da morte na saúde pública.

Sintomático: dos seis vereadores suspeitos de roubar o Mutirama, dois querem ser líder de Iris na Câmara

Câmara de Vereadores, Goiânia

O blog fará o registro para que o amigo leitor, por contra própria, tire as suas conclusões: dois dos seis vereadores investigados por suspeita de roubar R$ 3 milhões do Parque Mutirama estão envolvidos numa guerra de puxa-saquismo e de conspiração para serem ungidos à função de líder da bancada do prefeito Iris Rezende (PMDB) na Câmara Municipal: Vinícius Cirqueira (Pros) e Kleybe Morais (PSDC).

Dos seis vereadores suspeitos de roubar o Mutirama, quatro são novatos. Adiantou renovar a Câmara Municipal?

Câmara de Vereadores, Goiânia

Quatro dos seis vereadores suspeitos de participar do esquema que roubou pelo menos R$ 3 milhões da bilheteria do parque Mutirama são novatos. São eles: Vinícius Cirqueira (Pros), Jair Diamantino (PSDC), Kleybe Morais (PSDC) e Anderson Sales Bokão (PSDC). Foi com eles que “renovamos” a Câmara.

Estes seis vereadores são suspeitos de roubar R$ 3 milhões do Mutirama, segundo Ministério Público

Câmara de Vereadores, Goiânia

Anote o nome destes vereadores de Goiânia: Anderson Sales Bokão (PSDC), Jair Diamantino (PSDC), Kleybe Morais (PSDC), Vinícius Cirqueira (Pros), Zander Fábio (PEN) e Wellington Peixoto (PMDB). Os seis são investigados por suspeita de associação criminosa no esquema que, segundo o Ministério Público, desviou pelo menos R$ 3 milhões do Mutirama.

Pergunta ao vereador Romário, que de craque não tem nada: o que adianta mudar nome da Guarda para Polícia Municipal?

Câmara de Vereadores, Goiânia

Pródiga em produzir factoides para atrair a atenção de jornalistas preguiçosos, que gostam de uma pauta mastigada e de uma polêmica vazia, a Câmara Municipal de Goiânia entrará na semana que vem num debate infrutífero a respeito à mudança de nome da Guarda Civil Metropolitana para Polícia Municipal. Veja bem: a mudança é só de nome.

Romário, o vereador que não é craque, prepara projeto que muda nome da Guarda Civil para Polícia Municipal e que tem utilidade zero

Câmara de Vereadores, Goiânia

O vereador Romário Policarpo (PTC), que apesar do nome de craque é um grandessíssimo bola murcha, anunciou há pouco no plenário da Câmara Municipal de Goiânia que vai apresentar, na terça-feira, projeto de lei que altera o nome da Guarda Civil Metropolitana para Polícia Municipal. Veja bem: a alteração é apenas de nomenclatura. NÃO VAI representar benefício algum para população, que continua a esperar ações mais produtivas, digamos assim, de seus vereadores. 

Nome de craque, mas bola murcha: vereador Romário quer criar mais uma medalha na Câmara Municipal

Câmara de Vereadores

Especialistas em puxar saco e pouco interessados em fiscalizar a prefeitura de Goiânia, os atuais vereadores da Capital continuam a protagonizar papelões. Um exemplo é a iniciativa no novato Romário Policarpo (PTC) de propor uma medalha (mais uma!) para homenagear guardas civis.

Vereadores cobram reação firme de Andrey a deboche de Iris com Câmara. Dica do blog: esperem sentados

Câmara de Vereadores, Goiânia

Vereadores de situação e de oposição exigem do presidente da Câmara Municipal de Goiânia, Andrey Azeredo (PMDB), reação enérgica ao deboche do prefeito Iris Rezende (PMDB), que decidiu não cumprir a lei promulgada pela Casa que estabelece prazos para prefeitura oferecer procedimentos médicos para pacientes na rede pública de Saúde. Dica do blog a quem cobra atitude de Andrey: espere sentado.

O carrasco voltou: Iris diz que não é momento de pensar em data-base. Assista ao vídeo

Câmara de Vereadores, Goiânia

O prefeito Iris Rezende (PMDB) mandou os servidores municipais de Goiânia tirarem o cavalinho da chuva porque não vai pagar a data-base da categoria. Na entrevista abaixo, Iris, que sempre honra a fama de carrasco do funcionalismo, afirma que já está fazendo muito em pagar os salários em dia.

Iris usa vereador aliado para jogar novas suspeitas de corrupção na gestão do finado Paulo Garcia

Câmara de Vereadores, Goiânia

O Paço Municipal escalou Carlin Café (PPS), um dos vereadores mais chapa-branca da atual legislatura, para imputar novas suspeitas de corrupção na gestão do falecido ex-prefeito Paulo Garcia (PT). De acordo com a denúncia apresentada nesta quarta-feira, a gestão de Paulo vendeu um lote no Parque Atheneu por R$ 105 mil e depois comprou uma parte dele de volta por mais de R$ 1 milhão.

Vereador Paulo Magalhães propõe comissão para investigar regulação de UTIs na área de Saúde

Câmara de Vereadores, Goiânia

O vereador Paulo Magalhães (PSD) propôs, na manhã desta quarta-feira, uma comissão de integrantes da Câmara Municipal para tomar parte na investigação que o Ministério da Saúde prometeu fazer em Goiânia para apurar denúncias de subutilização de leitos de UTI em hospitais cadastrados pelo SUS. Paulo voltou a fazer duras críticas à secretária de Saúde da prefeitura.

Pastor Abigail vai à Câmara para tentar salvar o filho, Samuel Almeida, da degola

Câmara de Vereadores, Goiânia

Abigail foi à Câmara para bater um papo com vereadores e tentar contornar as incontornáveis resistências do poder Legislativo da Capital à permanência do filho dele na Segov. Em sete meses no cargo, Samuel colecionou desafetos entre os vereadores, chegando inclusive a dizer que eles são “burros” e “têm preço”.

Operários do BRT protestam na Câmara contra calote de Iris nos salários. Vereadores vão à CGU nesta terça

Câmara de Vereadores, Goiânia, Goiás

Operários que trabalham na construção do BRT Norte-Sul, em Goiânia, realizam protesto nas galerias da Câmara Municipal na manhã desta terça-feira contra o calote do prefeito Iris Rezende (PMDB) no salário da turma. A prefeitura não paga os trabalhadores há três meses, confirmando a fama que Iris tem de carrasco do funcionalismo público. 

Kajuru abre investigação sobre gastos da prefeitura de Goiânia com publicidade: “Há denúncias”

Câmara de Vereadores, Goiânia

O vereador Jorge Kajuru (PRP) apresentou requerimento ao secretário de Comunicação da prefeitura de Goiânia, Luiz Felipe Gabriel, solicitando o envio de informações sobre gastos da gestão do prefeito Iris Rezende com publicidade em quaisquer tipos de mídias e em quais foram veiculadas. A informação está na coluna Fio Direto, do jornal Diário da Manhã, deste sábado. 

Todos contra Fátima (9): “Secretária acha que vive no mundo da fantasia”, diz vereador Paulo Magalhães

Câmara de Vereadores, Goiânia

A paixão que nutre pelo prefeito Iris Rezende (PMDB) não impede o vereador Paulo Magalhães (PSD) de também destilar veneno contra a impopular secretária municipal de Saúde, Fátima Mrué. Confira o que Paulo disse ao jornal Opção: “A saúde em Goiânia já passou da UTI, está no IML e nossa secretária está fazendo de conta que está no país da fantasia. Questionei e ela disse que está tudo certo”.

Todos contra Fátima (8): “Como gestora, é péssima”, diz vereador cabo Sena

Câmara de Vereadores, Goianésia

Como o blog já disse, não há um só vereador que defenda a permanência de Fátima Mrué na Secretaria de Saúde (talvez um, apenas: Kleybe Morais, que teve pedidos de interesse pessoal atendidos por ela). Entre os vereadores que a criticam com mais contundência está Cabo Sena (PRP). Em entrevista ao jornal Opção, ele diz ouvir reclamações de todos os colegas e descreve a auxiliar do prefeito como arrogante.