José Vitti fala das forças políticas para 2018 e diz que Caiado faz política com rancor: “extremismo atrasado”

Eleições, Goiás

Novo presidente da Assembleia Legislativa e estrela em ascensão na base aliada do governador Maroni Perillo, José Vitti defende diálogo amplo com as forças políticas com vistas às eleições de 2018, mas descarta qualquer possibilidade de acordo com Ronaldo Caiado (DEM).

Candidatos acham que o momento é de montar bases político-partidárias para as eleições de 2018 e não de apresentar propostas para a sociedade. Estão errados

Eleições, Goiás

Os candidatos já anunciados ao governo de Goiás, em 2018, lançaram-se a uma corrida para conquistar bases partidárias para sustentar a postulação de cada um. É válido, porém não é só. Candidato a cargo majoritário deve falar o tempo todo para a sociedade, que é quem decidirá, em última análise, o resultado da eleição – não políticos ou partidos.

PMDB assedia o tucano Célio Silveira, com oferta de vaga na chapa de Daniel Vilela como candidato a senador, de olho nos votos do Entorno de Brasília

Eleições, Goiás

Com o objetivo de dividir os votos do Entorno de Brasília, que tem 22 municípios e 600 mil eleitores, o PMDB está assediando o deputado federal Célio Silveira, hoje no PSDB, com a proposta de mudança de partido e vaga garantida na chapa para 2018, como candidato a senador. Célio Silveira tem no currículo muitas eleições vitoriosas na região, inclusive duas para prefeito de Luziânia.

Estratégia furada: pílulas agressivas de Caiado na TV não repercutem na imprensa nem no meio político

Eleições, Goiás

O discurso do senador contra o governo de Goiás não condiz com a realidade. As contas estão equilibradas, o funcionalismo recebe sem atraso e Marconi Perillo acaba de lançar um plano de investimentos. Qualquer eleitor que vê a pílula sabe que o senador está exagerando, inclusive nas caras e bocas.

No DM, Helton Lenine afirma que falta de pontuação nas pesquisas, ausência de experiência administrativa e rejeição dos iristas conspiram contra Daniel Vilela em 2018

Eleições, Goiás, Imprensa

Avaliação do veterano repórter político Helton Lenine, no Diário da Manhã, considera que a candidatura de Daniel Vilela a governador, pelo PMDB, começa com um trunfo de primeira – “É novo” – e algumas desvantagens: “Sem experiência administrativa, não aparece bem nas pesquisas e tem contra si o grupo de Iris Rezende, que prefere Ronaldo Caiado”.

Diário da Manhã analisa disputa de 2018 e detalha guerra interna da oposição. Batalha principal é entre Daniel Vilela e Caiado

Eleições, Goiás

O sempre inventivo e atento jornalista Welliton Carlos fez uma matéria no Diário da Manhã para falar as peças para 2018. Existe no grupo da oposição uma guerra interna por espaço e apoios. Se esta turma se esfacelar é grande a chance de o governo massacrá-los mais uma vez. A união, porém, é difícil porque ninguém abre mão da vaidade.

Sorriso irônico e expressão arrogante prejudicam desempenho de Caiado nas pílulas eleitorais, dizem especialistas em marketing político

Eleições, Goiás

As pílulas eleitorais do senador Ronaldo Caiado (DEM) que começaram a ser veiculadas ontem mais parecem um ensaio de monólogo teatral. Para reforçar as críticas exageradas e fantasiosas que faz ao governo do Estado, Caiado exibe sorriso irônico, faz gestos bruscos e expressão forçada, que detona arrogância.

O mais grave, nas pílulas de Caiado na TV, é a completa ausência de ideias e propostas para Goiás, que deveriam ser a prioridade de quem quer governar o Estado

Eleições, Goiás

Sobraram ataques e faltaram ideias nas pílulas que o senador Ronaldo caiado protagonizou no horário nobre da televisão, na noite desta segunda-feira. Como entender um político que quer governar o Estado, mas não apresenta nenhuma ideia, nenhuma proposta e não formula uma visão de futuro para Goiás?

Pílulas de Caiado na TV evidenciam que a estratégia dele, para virar candidato ao governo em 2018, é atacar, insultar e apresentar Goiás como terra arrasada

Eleições, Goiás

A se julgar pelas pílulas no horário nobre da televisão, nesta segunda, mostrando o senador Ronaldo Caiado enfurecido e disparando ataques agressivos contra o governo do Estado, pode-se prever que a campanha de 2018 – caso ele venha a ser candidato – será uma temporada de baixarias como nunca se viu antes em Goiás.

Na TV, Caiado opta por ataques ao governo e ignora propostas. Tradição do marketing eleitoral em Goiás mostra que essa estratégia nunca dá certo

Eleições, Goiás

Nas novas pílulas do DEM, senador carrega nas críticas ao governo e tenta vender ideia de terra arrasada em Goiás. Esse exagero não é assimilado pelo eleitor. Nas últimas eleições, todos que apostaram nesse caminho – Iris Rezende, Vanderlan Cardoso e Antônio Gomide – perderam feio.

Daniel Vilela força a barra para ser fato consumado, mas sua candidato ao governo não empolga o PMDB e desconfiança só aumenta

Eleições, Goiás

Iris Rezende, Adib Elias, Dona Iris, Ernesto Roller, por exemplo, adotam silêncio e discrição assustadores quanto à candidatura do filho de Maguito. Não há uma declaração forte de apoio ao projeto de Daniel Vilela. Jornalista Vassil Oliveira escreveu que dentro do PMDB, e até do DEM, Daniel é visto como imaturo para disputa do Palácio das Esmeraldas.

Ao Diário de Goiás, deputado Henrique Arantes nega rompimento do PTB com a base marconista e chama Ronaldo Caiado de “brigão”

Eleições, Goiás

O deputado estadual Henrique Arantes concedeu entrevista ao site Diário de Goiás e acabou com as especulações de que o PTB está prestes a romper com a base do governador Marconi Perillo. Henrique diz que o partido está confortável na base.

Oposição em Goiás não se entende: até pai disputa com filho para ser candidato. Nome da vez no PMDB é o de Maguito e Daniel Vilela perde força

Eleições, Goiás

Dizem que algumas coisas só acontecem em Goiás… E é a mais pura verdade. Veja só que se passa na oposição. O PMDB goiano vê pai e filho no guerra fria para definir quem será o candidato ao governo do Estado.

Vassil Oliveira revela: no PMDB e DEM, cresce a tese de que Daniel Viela ainda não está maduro para ser candidato ao governo do Estado em 2018

Eleições, Goiás, Imprensa

“A maturidade é vista aí como elemento essencial no processo em que se tem dois partidos já em campanha na oposição”, diz o jornalista em sua análise no site Diário de Goiás. Por isso, o nome de Maguito Vilela está em alta no PMDB.

Estratégia delineada pelos candidatos e partidos, até agora, sugere que eles acreditam que a eleição de 2018, em Goiás, será definida no campo da política. Não será

Eleições, Goiás

A eleição de 2018, para a escolha do novo governador de Goiás, começa, como todas as outras, no plano político-partidário, mas só para registrar candidaturas e acessar um bom tempo de televisão. Na verdade, o pleito será decidido pela base social do Estado, que, a exemplo do resto do país, vê a classe política com maus olhos e aguarda por ideias consistentes para o futuro – que ainda não apareceram.

Pesquisa Serpes, em O Popular, sugere que a base de Marconi perderia as eleições, se fossem hoje, mas… ainda são quase 2 anos pela frente e 9 bilhões de motivos para mudar esse quadro

Eleições, Goiás, Imprensa

Os números da pesquisa Serpes, em O Popular neste domingo, devem gerar muita preocupação na base aliada do governador Marconi Perillo – que aparece no levantamento com aprovação abaixo de 20% em Goiânia. Isso poderia sugerir um quadro de expectativas desfavoráveis diante da eleição de 2018, mas… há quase 2 anos pela frente e um programa de investimentos de R$ 9 bilhões.

Sem experiência, Daniel Vilela centra sua atuação apenas em ataques ao governo. Pauta dos encontros do PMDB é falar mal de Marconi e só

Eleições

Na ânsia de ser governador de Goiás, o deputado federal Daniel Vilela vem repetindo o mesmo erro que seus colegas de oposição: apostar no discurso do ódio. Essa estratégia não deu certo e Marconi Perillo venceu todas as eleições.