Gestão desastrada de Paulo Garcia faz bancada do PT cair pela metade na Câmara

Câmara de Vereadores, Goiânia

O PT tinha quatro vereadores na Câmara ajudando a sustentar a base aliada de Paulo Garcia. Mas, dois deles, Felisberto Tavares e Djalma Araújo não aguentam mais a gestão desastrosa de Paulo e comando ditatorial petista. Os dois saíram do partido e decidiram ir para o novato Solidariedade.

Vereadores percebem manobra da prefeitura para aumentar IPTU e pulam fora de comitê

Câmara de Vereadores, Goiânia

Elias Vaz, Virmondes, Pedro Azulim e Thiago Albernaz comunicaram que estão fora da Comissão da Planta de Valores Imobiliária do Município. Elias explica que o simples reajuste do valor venal dos imóveis, sem estipular novas alíquotas, poderia resultar em aumentos de até 500% na cobrança do imposto.

Leonardo afirma que vai priorizar carreira artística e recusa convite para ser candidato ao Senado pelo PTB

Eleições, Goiânia

Cantor sertanejo foi convidado por Zé Gomes para se filiar ao PTB e disputar uma vaga no Senado. Em nota, Leonardo ressalta amizade de muitos anos com Marconi e o ex-prefeito de Itumbiara, mas diz sua prioridade é a carreira artística, que está atingindo a marca de 30 anos de sucesso.

Quando um sindicato é rejeitado pela sua base: Sintego paga a conta dos anos e anos de peleguismo pró-PT

Goiânia

Os professores da rede municipal de educação não querem mais ser representados pelo Sintego que, com o passar dos anos, perdeu a credibilidade ao reforçar o envolvimento político-partidário com o PT. Assim, a entidade passou a ser cabo de chicote para os interesses eleitorais de pessoas como o deputado Mauro Rubem e a própria líder do sindicato, Ieda Leal.

Greve continua: veja como vai ser a mobilização dos professores municipais até a próxima quinta-feira, dia 10

Goiânia

Os professores da rede municipal de ensino de Goiânia decidiram manter a paralisação, que começou no dia 24 de setembro, no mínimo por mais uma semana. A categoria aprovou também um calendário de atividades que vai até quinta-feira, dia 10.

Professores da rede municipal de ensino rejeitam intermediação e acusam Sintego de ser pelego da Prefeitura

Goiânia

Categoria entende que “o Sintego tem clara relação partidária com a Prefeitura” e por isso carece de credibilidade para representar os interesses de professores e demais servidores. Na assembleia desta sexta foi descartada qualquer aliança com o Sintego. A presidente do sindicato, Iêda Leal, tem sido alvo constante de protestos por parte dos professores.

Olhe o exemplo, Mauro Rubem! Paulo Maskote apoia greve dos professores e diz que Paulo Garcia tem obrigação de negociar

Goiânia

“Os professores de Goiânia estão em greve e tem um comando legítimo do movimento, por respeito o senhor tem que negociar”, escreveu o comunista do PCB. Maskote, assim como Marta Jane, ignora sua simpatia pelo PT e apoia a greve, dando uma lição em Mauro Rubem, que continua omisso.

Assembleia dos professores, nesta sexta, vira artilharia pesada contra Paulo Garcia, o PT e o Sintego

Goiânia

Em assembleia lotada nesta sexta-feira no Cepal do Setor Sul, os professores municipais em greve massacraram o prefeito Paulo Garcia (PT). Em discurso e com faixas e cartazes, eles disseram que o petista “destruiu os sonhos dos professores, pais e filhos”. Nem a chuva atrapalhou o movimento.

Essa é para os pelegos do Sintego: grevistas municipais fazem assembleia superlotada, como eles, do Sintego, nunca conseguiram fazer

Goiânia

A chuva na manhã desta sexta-feira não atrapalhou a assembleia geral dos professores da rede municipal de educação, que foi super concorrida. A categoria, que está em greve por melhores salários e condições adequadas de trabalho, criticou o Sintego por manter uma postura contra a paralisação.

Carta de professora municipal em O Popular diz que o Sintego está ao lado do PT e contra a categoria

Goiânia, Opinião

A professora Maria Laura de Oliveira lamenta que o Sintego, presidido por Ieda Leal, ignora a categoria e menciona o artigo assinado pela tesoureira do sindicato, Bia de Lima, que não faz qualquer referência à paralisação dos servidores da rede municipal de ensino. “Não falou uma sílaba em defesa dos professores. Não escreveu uma linha a nosso favor, citando as nossas reivindicações”, aponta.

Cida Garcêz está ausente das sessões porque passou por cirurgia e ainda se recupera, diz assessoria

Câmara de Vereadores, Goiânia

A assessoria de imprensa da vereadora Cida Garcêz (PV) entrou em contato e esclareceu que a vereadora está ausente das sessões na Câmara por motivo de saúde. Cida passou por cirurgia de redução bariátrica no dia 2 de setembro e ainda se recupera da operação.

Isso é que é sindicato pelego: site do Sintego não dá uma palavra sobre a greve dos professores municipais

Goiânia

No portal do Sintego, não existe greve de professores da rede municipal de ensino, que reclamam do prefeito Paulo Garcia correções salariais e melhores condições de trabalho. Uma matéria narra um encontro entre a presidente do sindicato, Ieda Leal, e a secretária municipal de Educação, Neyde Aparecida na qual se afirma que as duas debateram “a situação dos servidores da rede municipal de ensino”.

Pode? Iris chega aos 80 ainda neste ano e vereador do PT vai promover sessão da Câmara para “comemorar”

Câmara de Vereadores, Goiânia

Câmara Municipal aprovou requerimento do Carlos Soares (PT) propondo uma sessão de homenagem ao ex-prefeito Iris Rezende, do PMDB. O motivo seria o aniversário do velho cacique que completa 80 anos neste ano e, por isso, “seria justo homenageá-lo pela data, que coincide também com os 80 anos da fundação de Goiânia”, diz o autor da proposta.

Movimento grevista municipal, com 22 mil membros no Facebook, distribui ficha de desfiliação ao Sintego

Goiânia

A página do Movimento de Mobilização dos Professores no Facebook apoia a greve dos educadores da Prefeitura de Goiânia e disponibilizou a ficha oficial de desfiliação do Sintego. Grevistas iniciaram uma ação para que todos deixem o sindicato, acusado de se posicionar a favor do prefeito Paulo Garcia (PT) e contra a Educação municipal.

Sem Marcos Feliciano (por enquanto), Marcha para Jesus terá edição em Goiânia. Evangélicos esperam juntar 150 mil pessoas

Goiânia

Goiânia sedia no dia 12 de outubro a Marcha para Jesus, que pretende reunir 150 mil pessoas de várias denominações religiosas. Várias atrações estão confirmadas, entre elas os apóstolos Estevam Hernandes, de São Paulo, César Augusto, da Fonte da Vida, pastor carioca Silas Malafaia, os cantores Thalles Roberto, Antônio Cirilo, Léo Fonseca, Lauriete, e as bandas Disco Praise e Pedras Vivas.

Principal função de Paulo Magalhães na Câmara tem sido justificar faltas de Cida Garcêz

Câmara de Vereadores, Goiânia

Sempre que pega o microfone para falar, a primeira coisa que Paulo Magalhães diz é sobre a ausência da colega e companheira de partido Cida Garcêz (PV). Nesta quinta não foi diferente. Paulo Magalhães, antes de começar seu discurso, disse que justificava a ausência de Cida “por questão de saúde”.

Pre-pa-ra, Paulo Garcia!!! Hoje à tarde tem mais um protesto. Dessa vez contra o transporte coletivo

Goiânia

Frente de Lutas Contra o Aumento da Passagem do Transporte Coletivo vai fazer manifestação nesta tarde, a concentração é a partir das 17h na Praça Universitária, contra a péssima qualidade do transporte coletivo e o não cumprimento da promessa do passe livre por parte do prefeito.

Pelegada do Sintego faz reunião com Neyde Aparecida. Dos grevistas da educação municipal, não foi ninguém

Goiânia

Totalmente contra a greve dos professores da rede municipal de Goiânia, o Sintego se reuniu com a secretária municipal de Educação, Neyde Aparecida para analisar as reivindicações dos grevistas. Só que não havia ninguém representando a categoria e, no encontro, o sindicato apenas aplaudiu as decisões “maravilhosas” do prefeito Paulo Garcia.

Câmara de Rio Verde e estádio de Jataí tiram nomes de pessoas vivas: agora só falta a Maternidade Dona Iris

Goiânia

Como órgãos públicos não podem homenagear pessoas vivas, a Câmara de Vereadores de Rio Verde teve que tirar do seu prédio o nome do governador Marconi Perillo e o estádio de futebol de Jataí não poderá mais ser chamado de Estádio Nelson Antonio da Silva. Agora só falta a retirada do nome da deputada federal Iris Araújo da Maternidade Dona Iris, mantida pela Prefeitura de Goiânia.

Ainda no assunto maquiagem… Marcelo Rosa não resiste e declara para Thaís Freitas: “Tá bonita, nem precisa fazer mais nada”

Goiânia, Imprensa

Depois que a jornalista falou da derrota do Goiás e os gols foram mostrados, ela apareceu no vídeo de novo e disse que voltaria a se arrumar para comandar o Globo Esporte logo mais. O apresentador Marcelo Rosa não resistiu ao charme da colega e mandou: “Tá bonita, nem precisa fazer mais nada”.

Leitora do POP diz que, nas ruas, agentes municipais de trânsito batem papo e riem entre si, em vez de trabalhar e organizar o tráfego

Goiânia, Opinião

Na carta, Jaísa Rodrigues dos Santos reclama que existem poucos agentes municipais de trânsito e que, quando chove, “eles somem”. Ela relata que três deles controlam a faixa de pedestre em frente ao Colégio Visão, no Setor Bueno, e mais batem papo e riem entre si do que organizam o tráfego.

Clécio aproveita ausência de professores na Câmara para votar projeto de Paulo Garcia

Câmara de Vereadores, Goiânia

Clécio está correndo com as votações na sessão desta manhã porque os professores não estão nas galerias. Uma emenda do vereador Virmondes que estende o auxílio locomoção para o servidores administrativos da educação municipal acaba de ser vetado.

Paulo Garcia usa dinheiro público em anúncio para ameaçar professores municipais em greve

Goiânia, Imprensa

Anúncios da Prefeitura de Goiânia ameaçam servidores da rede de ensino municipal em greve e os convocam para retorno às salas de aula, com base em decisão e ilegalidade do movimento pelo TJ. A ação contradiz o discurso do prefeito Paulo Garcia de que o município investe e dialoga com os professores.

Desgoverno de Paulo Garcia em Goiânia: sem pagamento, coleta de lixo é paralisada

Goiânia, Imprensa

Matéria do jornal O Popular mostra que a empresa Lopac, que aluga 25 caminhões de lixo para a Prefeitura de Goiânia, paralisou o serviço por falta de pagamento. É a segunda vez em pouco mais de um mês. Segundo o presidente da Comurg, Paulo de Tarso, o repasse será feito hoje e a falta de quase metade da frota atual, de 54 veículos, “não afetou a coleta de lixo”.

Greve dos professores municipais é o maior abalo que o Sintego já levou, depois de virar sindicato pelego do PT

Goiânia

A greve dos professores da rede municipal de Goiânia, que não contou com qualquer apoio do Sintego – pelo contrário, tentou impedir o manifesto – apenas confirma o sindicato, liderado por Ieda Leal, como uma estrutura a serviço do PT, partido do prefeito de Goiânia, Paulo Garcia.

Comando de greve invade o Pensar 2013, paralisa evento e protesta contra Paulo Garcia e Neyde Aparecida

Goiânia

Grupo de professores e servidores tomou o espaço no Centro de Eventos e fez discurso agressivo contra o prefeito, considerado “inimigo da educação”. A secretária Neyde Aparecida foi chamada de “ficha suja”. Na chegada, uma canção já conhecida era cantada pelos professores: “Educação na rua, prefeito a culpa é sua”. Grevistas também carregavam um caixão com a foto do prefeito.

Sem vocação para pizzaiola, vereadora Dra. Cristina pede para sair da CPI da Amma

Câmara de Vereadores, Goiânia

Matéria do site Mais Goiás informa que a vereadora Cristina Lopes (PSDB) comunica seu desligamento da CEI que investiga possíveis irregularidades na concessão de licenças ambientais por parte da Amma. Ela explica que o motivo é “a clara omissão na condução da investigação”.

“Presidente do Sintego sofre de esquizofrenia. Ela finge que a greve não existe”, questiona representante dos professores

Câmara de Vereadores, Goiânia

Professor Wendel ocupou a tribuna livre da Câmara por 10 minutos e criticou bastante Paulo Garcia e a presidente do Sintego, Iêda Leal. É que o Sintego é comandado pelo PT e por isso não reconhece, não apoia e ignora a greve de mais de 1.000 servidores da Educação municipal.

Samuel chora na tribuna, mas não explica diálogos apimentados com a pastinha

Goiânia

Deputado do PMDB falou por quase 30 minutos na tribuna da Assembleia. Ele falou da família, chorou, disse estar sofrendo, no entanto, não deu detalhes dos diálogos telefônicos que mantinha com a musa loira. Na plateia, o marqueteiro Leopoldo Veiga Jardim e a mulher de Belchior, Anita Pinheiro, arriscaram uns aplausos pro peemedebista.

Romário ensina Samuel: “Sou político, ando com gostosa, e não sou lobista”

Goiânia, Goiás, Imprensa, Nacional

CQC desta segunda-feira fechou a reportagem sobre a Operação Miqueias ouvindo ninguém menos que deputado federal Romário (PSB-RJ). O baixinho tem a língua afiada e lascou uma boa demais, que pode servir de conselho para Samuel e outros peemedebistas.

Chefe de gabinete de Daniel diz ao CQC que deputado deu azar de estar na mesma mesa que Lu

Goiânia, Imprensa, Nacional

Como Daniel Vilela fugiu do CQC, o repórter Guga Noblat entrevistou o chefe de gabinete do deputado, Valdeci Mendonça. “Simplesmente ele (Daniel) estava num restaurante e deu azar de essa loira estar na mesa que ele estava”, explicou o chefe de gabinete. Aham, tá.

Paulo Garcia peitará Justiça e não vai recuar nas alterações do Plano Diretor

Goiânia

Procurador-geral do Município, Carlos de Freitas, afirmou em entrevista à TV Anhanguera que a prefeitura não vai recuar na questão do novo Plano Diretor da Capital. Paulo Garcia está disposto a manter as aberrações condenadas pela sociedade, pela UFG e pelo Ministério Público.

Com medo dos professores e da oposição, Paulo Garcia foge do plenário e vai prestar contas em sala escondida da Câmara

Câmara de Vereadores, Goiânia

Prestação de contas do segundo semestre deste ocorre nesta terça na Câmara e será realizada numa sala acanhada, que nem tem estrutura para receber a imprensa. Será que Paulo Garcia está com medo de manifestações???

Reportagem do Portal 730 mostra que prefeitura não pune médicos faltosos

Goiânia

Jornalista Luciana Porto fez matéria mostrando que a prefeitura de Goiânia não abre processo disciplinar contra os médicos que deixam de trabalhar nos postos de saúde. Texto diz que a falta de médicos é frequente e a população vive reclamando, mas a prefeitura não faz nada.

Mais uma derrota de Paulo Garcia: lei que alterou Plano Diretor é suspensa pela Justiça

Goiânia

Texto no site do MP de Goiás informa que o desembargador Orloff Neves Rocha determinou, liminarmente, suspensão da Lei Complementar nº 246/2013, que alterou o Plano Diretor de Goiânia. A decisão também suspende a eficácia dos atos administrativos do Poder Executivo Municipal referentes à aprovação, autorização e licenciamento de empreendimentos.

Leitora de O Popular escreve carta para criticar gestão de Patrícia Veras à frente da SMT. “Trânsito de Goiânia continua na mesma”, diz

Goiânia, Imprensa

O Popular publica carta de Macilene Oliveira que enche de críticas a gestão da SMT: semáforos sem sincronia, falta de agentes de trânsito, falta de placas indicativas, conversões à esquerda e etc…

Ministério Público convoca Neyde para discutir com a categoria a extinção da gratificação de difícil acesso

Goiânia

MP Estadual deve convocar a secretária municipal de Educação, Neyde Aparecida, e representantes da categoria para discutir a proposta que extingue a gratificação de difícil acesso e cria o auxílio locomoção para os professores. As alterações levaram à greve de educadores e auxiliares administrativos.

Mauro Rubem e Ieda Leal fazem mal aos professores municipais de Goiânia

Goiânia

Deputado estadual Mauro Rubem (PT) não se envolve em briga se o alvo é o prefeito e companheiro Paulo Garcia. Ele já sinalizou que prefere os professores da rede estadual do que os colegas da municipal. Já o Sintego, criado para defender a categoria, toca mais para o lado petista do que para os representados.

O Popular e a cobertura da Operação Miqueias: uma sucessão de erros e leniência com os envolvidos. Ou: roubar pode, fazer piada, não

Goiânia, Imprensa

A editora-chefe de O Popular escreve artigo, neste domingo, condenando, não a roubalheira descoberta pela Polícia Federal na Operação Miqueias, em que a Polícia Federal desvendou um esquema de desvio público nos fundos de pensão municipais, mas as piadinhas que os deputados fizeram na Assembleia sobre a beleza da operadora Luciane Hoepers.

O Popular ignora fatos locais sobre Operação Miqueias e publica matéria de agência sobre o rumoroso escândalo

Goiânia, Imprensa

Jornal pega leve com Samuel Belchior, deixando intrigados os leitores, principalmente porque o material tem potencial de venda e audiência. Aí fica a dúvida no ar: porque tanta condescendência com o deputado outros envolvidos no caso?

Petista amigo de Delúbio ataca Paulo Garcia por não ouvir professores: “Estupidez”

Goiânia

No Twitter, o advogado petista Nile William critica o comportamento do prefeito de Goiânia, Paulo Garcia (PT) em relação à greve dos servidores da rede municipal de Educação. “É uma estupidez não ouvir os professores em greve por questiúnculas legalistas.”