Revista Época afirma que candidatura de Caiado a presidente da República “não é bem vista dentro do seu próprio partido, que prefere ficar na base do governo Temer”

Goiás, Nacional

A revista Época, de circulação nacional, informa neste fim de semana que o senador goiano Ronaldo Caiado, do DEM, vai percorrer o país para aparecer na mídia, se tornar mais conhecido e viabilizar a candidatura a presidente em 2018. Há um porém: segundo Época, o próprio partido de Caiado, o DEM, é contra.

Sem apoio de Temer,  chances de Jovair Arantes se eleger presidente da Câmara Federal, de zero a 10, correspondem a 0,1% e isso com uma dose cavalar de otimismo

Goiás, Nacional

A candidatura do deputado federal Jovair Arantes, do PTB de Goiás, a presidente da Câmara dos Deputados, é uma aventura quixotesca que não tem chances de prosperar por carecer do fundamental: o apoio do presidente Michel Temer, que prefere a continuação de Rodrigo Maia no cargo. Possibilidades de Jovair Arantes, de zero a 10, não passam de 0,1%, segundo analistas da imprensa nacional.

Em campanha disfarçada para presidente, Caiado vai a Salvador e participa da procissão (8 quilômetros) em homenagem ao Senhor do Bonfim, ao lado de ACM Neto

Goiás, Nacional

Sonhando com uma candidatura a presidente da República, Ronaldo Caiado esqueceu a avenida Paulista e foi para Salvador, nesta semana, onde posou para os fotógrafos participando da tradicional procissão em homenagem ao Senhor do Bonfim – com percurso de 8 quilômetros. Veja os detalhes.

Helvécio Cardoso: Delegado Waldir cometeu uma montanha de erros, ficou desapontado com a derrota em Goiânia, tomou chá de sumiço e voltou a ser apenas celebridade das redes sociais

Goiás

Delegado Waldir sumiu. Desde a derrota acachapante em Goiânia, ninguém mais o vê. Em avaliação publicada no Diário da Manhã, o jornalista Helvécio Cardoso afirma que o deputado-delegado cometeu uma montanha de erros e agora voltou a ser “apenas uma celebridade das redes sociais”.

Diário da Manhã: Caiado se considera “figura de apelo nacional”, tanto que só vai a protestos na av. Paulista, e quer ser candidato a presidente pela “direita conservadora”

Clipping, Goiás, Nacional

Ronaldo Caiado quer repetir a aventura de 1989, quando se candidatou a presidente da República e aparecia na televisão montado em um cavalo branco. Segundo o Diário da Manhã, o senador goiano se considera “líder de apelo nacional” e quer representar a “direita conservadora” no pleito. Em tempo: na eleição de 1989, Caiado foi um fiasco: teve apenas 0,5% dos votos.

Na coluna Giro, em O Popular, Thiago Peixoto diz que o “verdadeiro projeto de Iris na Prefeitura é eleger dona Iris deputada federal. Nada acontece sem a intromissão dela”

Goiás

Para o deputado federal Thiago Peixoto, do PSD, que já foi do PMDB e inclusive atuou em uma das secretarias de Iris Rezende em gestões passadas na Prefeitura de Goiânia, o verdadeiro projeto do atual prefeito da capital é eleger sua mulher em 2018. “Nada acontece no Paço Municipal sem a intromissão de dona Iris”, aponta Thiago Peixoto.

Levantamento do site Congresso em Foco mostra o goiano Wilder Morais em 11º lugar entre os senadores que mais faltaram a sessões em 2016

Goiás, Nacional

Dentre os membros da bancada de Goiás no Senado da República, Wilder Morais foi o campeão de faltas em 2016: de 91 sessões, ele deixou de comparecer a 15. O levantamento é do site Congresso em Foco e mostra Ronaldo Caiado com 11 faltas e Lúcia Vânia com 5.

Nada de Governo de Goiás: Caiado quer é ser candidato a presidente da República e já articula movimentação no DEM

Goiás, Imprensa, Nacional

O Governo de Goiás é pouco para o senador Ronaldo Caiado (DEM). O que ele quer mesmo é ser candidato a presidente do Brasil. A coluna Radar Online, no site da revista Veja, diz que Caiado deu autorização para que o deputado federal Onyx Lorenzoni comece a articular ações que fortaleçam o nome do senador. Nos últimos meses, Caiado intensificou as críticas ao presidente Michel Temer, praticamente se posicionando contra o governo federal.

Navarrete: antecipação do IPVA, implantada pela ex-titular da Sefaz, Ana Carla, e agora revogada, “foi uma medida popularmente antipática, cujo efeito fiscal é nulo e sacrificou a população”

Goiás

“A antecipação do IPVA foi uma medida popularmente antipática, cujo efeito fiscal é nulo”, disse o novo secretário estadual da Fazenda, Fernando Navarrete. Já revogada, a antecipação causou prejuízos à imagem do governador Marconi Perillo. Para Navarrete, “ajuste fiscal tem de ser feito com sacrifícios para o Tesouro, mas não para a população”.

Navarrete diz que chega para conversar e ouvir: “Na gestão de Ana Carla na Sefaz, faltou um diálogo maior com os representantes da sociedade, ficou um vazio”

Goiás, Imprensa

O novo secretário estadual da Fazenda, Fernando Navarrete, diz em entrevista a O Popular, nesta segunda, que vai priorizar a reabertura do diálogo com os setores envolvidos diretamente pelas políticas da Sefaz: servidores, empresários, setor produtivo”. Na gestão anterior, explica ele, “ficou um vazio” em relação a esse quesito.

Teoria conspiratória: Ana Carla seria “representante do capitalismo paulista” e teria vindo “para desmontar a política de incentivos fiscais” que atrai empresas para Goiás (e quase conseguiu)

Goiás

Uma “teoria conspiratória” muito em voga entre o alto empresariado e políticos graduados reza que a economista Ana Carla Abrão Costa, nos seus 2 anos como secretária estadual da Fazenda, atuou como “agente do capitalismo paulista” – com a missão de destruir a política de incentivos fiscais que atrai empresas (muitas de São Paulo) para Goiás. Veja.

“Seria possível uma aliança entre Marconi, Maguito e Iris para as eleições de 2018?”, pergunta o Jornal Opção, neste domingo. E acrescenta: “A resposta é SIM”

Goiás

A forte aproximação entre o governador Marconi Perillo e o ex-prefeito de Aparecida Maguito Vilela abre uma avenida larga para um acordo entre o PSDB e o PMDB para as eleições de 2018, com a inclusão, até, do prefeito de Goiânia Iris Rezende. Na avaliação do Jornal Opção, essa união é, sim, perfeitamente possível.

Coluna Giro, em O Popular, confirma: “Navarrete assumiu a Fazenda para trazer boas notícias, entre elas voltar a pagar o funcionalismo dentro do mês trabalhado”

Goiás

Está confirmado: segundo a coluna Giro, em O Popular, neste domingo, o pagamento do funcionalismo estadual voltará a ser feito dentro do mês trabalhado. A decisão será implantada pelo novo secretário estadual da Fazenda, Fernando Navarrete, que substituiu a economista Ana Carla Abrão Costa na Sefaz.

Jornal Opção: “A oposição que fique atenta: a crise em Goiás é muito menor do que na maioria dos Estados. Discurso de terra arrasada não convence o eleitor goiano”

Goiás

Na avaliação do Jornal Opção, a oposição faz uma aposta errada ao investir no discurso de que Goiás é “terra arrasada”. Esta não é a percepção do eleitor goiano: o Estado está em situação muito melhor que o resto do país e tem recursos bilionários assegurados para investir em obras nos próximos 2 anos. Confira.

Governo do Rio Grande do Sul extingue os seus canais de TV e rádio. O exemplo deveria ser seguido em Goiás, onde as TV e Rádios Brasil Central são um ralo de dinheiro público

Goiás

O governo do Rio Grande do Sul extinguiu os seus canais de rádio e televisão, que, a exemplo da Televisão Brasil Central e das versões AM e FM da Rádio Brasil Central, que pertencem ao governo de Goiás, não tinham audiência alguma e serviam apenas como ralo para o desperdício do dinheiro público.

Afonso Lopes: “2 anos de Ana Carla na Sefaz foram positivos, mas desgastaram a imagem do governo. A fórmula foi válida, mas seu prazo de validade venceu”

Clipping, Goiás

Para o veterano comentarista Afonso Lopes, em seu blog pessoal, a saída da economista Ana Carla Abrão Costa da Secretaria da Fazenda significa a volta do otimismo para a economia goiana. “É possível, sim, manter as contas em ordem e impregnar a economia estadual de atitude mais desenvolvimentista”, diz o jornalista.

Goiás deve ser o único lugar do mundo onde a oposição, todo ano, tira férias e deixa de fazer o seu trabalho. Caiado e Daniel Vilela, por exemplo, sequer estão postando nas redes sociais, há 10 dias

Goiás

Êhhh… Goiás! Isso aqui é bom demais! O bordão cai como uma luva para definir a cena política estadual, neste mês de janeiro: a oposição saiu em férias e parou de trabalhar. Políticos do contra, como o senador Ronaldo Caiado e o deputado federal Daniel Vilela, sequer estão postando nas redes sociais, há 10 dias.

Com o fim da Era Ana Carla na Sefaz, governo deve retomar o pagamento do funcionalismo dentro do mês trabalhado e encerrar o questionamento aos incentivos fiscais

Goiás

A ascensão de Fernando Navarrete ao comando da Secretaria da Fazenda será marcada pelo desmanche das medidas de endurecimento adotadas pela ex-secretária Ana Carla Abrão Costa. A antecipação do IPVA já foi cancelada. Os incentivos fiscais não mais serão questionados. E os salários do funcionalismo deverão voltar a ser pagos dentro do mês trabalhado.

É a volta do desenvolvimentismo: Navarrete assume a Sefaz com foco no crescimento, depois de 2 anos de prioridade para o fiscalismo da ex-secretária Ana Carla

Goiás

A mudança no comando da Secretaria Estadual da Fazenda representa mais que uma troca de nomes: e a volta do desenvolvimentismo, que, nos últimos 2 anos, foi substituído pelo fiscalismo rigoroso da ex-secretária Ana Carla Abrão Costa. Fernando Navarrete, ao assumir a Sefaz, tratou de sinalizar ao empresariado: “O crescimento é obrigação do setor público”.

Goiás, terra de sonegadores: Ana Carla deixa a Secretaria da Fazenda revelando que, em 2 anos, foram aplicados 230 mil autos de infração fiscal

Goiás

Goiás é uma terra de sonegadores de impostos. É o que se pode concluir a partir do discurso da economista Ana Carla Abrão Costa, na solenidade em que entregou a Secretaria Estadual da Fazenda ao seu substituto, o economista e advogado Fernando Navarrete. Ana Carla revelou que, nos 2 anos em que esteve à frente da Sefaz, foram aplicados 230 mil autos de infração.