Dono de construtora suspeita de corrupção disputou eleição pelo PMDB de Goiás em 2008 e tem patrimônio milionário

Goiás

A Comissão que investiga fraudes na emissão de alvarás para empreendimentos imobiliários de Goiânia ouviu, nesta segunda-feira, o empresário Wagner Antônio Carneiro, dono da construtora Teccril e velho conhecido do PMDB goiano. Wagner foi (talvez ainda seja) filiado ao PMDB e disputou eleição para vice-prefeito em Campinaçu. A sua chapa foi derrotada. Na época, ele declarou patrimônio avaliado em R$ 7,509 milhões. Wagner também doou dinheiro para campanha do suplente do senador Ronaldo Caiado.

José Eliton, em O Popular, e Thiago Peixoto, no Diário da Manhã: investimento de R$ 1,5 bilhão para o Inova Goiás, até 2018, está sustentado dentro do ajuste fiscal

Goiás

O vice-governador e secretário de Desenvolvimento, José Eliton, e o titular da Segplan, Thiago Peixoto, dão a mesma garantia: o investimento de R$ 1,5 bilhão previsto para o programa Inova Goiás, até 2018, está sustentado e encaixado dentro do programa de ajuste fiscal do governador Marconi Perillo. O Inova Goiás pretende inserir o Estado entre os três que mais aplicam em inovação no país.

“Enquanto o Brasil discute ajustes, Goiás mostra que não é refém da crise e  lidera um projeto de desenvolvimento e inovação – o Inova Goiás”, diz Thiago Peixoto ao Diário da Manhã

Clipping, Goiás

Em entrevista ao Diário da Manhã, nesa segunda, o secretário de Gestão e Planejamento, Thiago Peixoto, diz que o Inova Goiás representa um esforço do governo para buscar saídas para a crise e situar o Estado na nova economia que emergirá no Brasil. “É um programa avançadíssimo”, ressalta Thiago Peixoto.

Jornal Opção aponta diferenças no trato de Maguito e Daniel com Marconi: o pai age com polidez e o filho trata com arrogância

Goiás

Semanário afirma que o prefeito de Aparecida trata Marconi com respeito e polidez e sempre elogia o caráter republicano do governo do tucano. Já o filho de Maguito Vilela, o deputado federal Daniel Vilela, faz ataques raivosos ao governador Marconi, mesmo sabendo que, se disputar o governo em 2018, não vai enfrentá-lo

Em artigo no Popular, José Eliton destaca que o programa “Inova Goiás” vai mudar o perfil econômico do Estado

Goiás, Imprensa

Edição deste domingo de O Popular traz artigo do vice-governador e secretário de Desenvolvimento Econômico, José Eliton. O texto anuncia que o governador Marconi Perillo lançará o maior programa de inovação tecnológica do país, o Inova Goiás, na próxima quarta-feira.

Jornal Opção: Caiado e Daniel Vilela “compraram briga grande” com o empresariado ao praticarem sabotagem contra a Celg

Goiás, Imprensa

Enquanto o governo do Estado e a direção da Celg tentam equacionar as finanças da companhia energética, Caiado, Daniel Vilela e Iris Rezende ficam sabotando o Estado por picuinhas políticas. Oposição inconsequente dessa turma pode trazer sérios prejuízos ao Estado.

Coluna Xadrez registra crítica de Marconi à sabotagem contra a Celg: “ação equivocada e irresponsável”

Goiás

“A emenda foi suprimida por razões políticas”, disse Marconi Perillo. O texto da emenda foi derrubado após ação maquiavélica de Ronaldo Caiado, Iris Rezende e Daniel Vilela. Objetivo da medida é reduzir a dívida da Celg em R$ 400 milhões.

Diretor da Celg critica sabotagem do trio Caiado-Daniel-Iris para prejudicar a empresa e Goiás

Goiás

“Em nenhum momento o assunto Celg poderia ser politizado. A MP vem somente para repactuar
com a Itaipu”, disse Elie Chidiac em entrevista ao jornal O Hoje. A medida tem como objetivo reduzir a dívida da Celg em R$ 400 milhões, mas Ronaldo Caiado, Daniel Vilela e Iris Rezende atuaram pesado para derrubar a emenda.

Coluna Giro: PMDB despreza pequenos e médios municípios e prioriza eleição em 9 cidades. É sempre assim…

Eleições, Goiás

É filme repetido… O partido de Iris Rezende vem agindo assim há anos e só colabora para vitórias de Marconi Perillo, que tem votações expressivas nos municípios menores e neste quarto mando se firmou definitivamente como um governado municipalista.

Quem será o deputado denunciado pelo Jornal Opção por ter se apropriado do dinheiro de uma viúva? Seria um parlamentar do PHS?

Goiás

Jornal Opção deste domingo denuncia: “Viúva, garfada por um deputado estadual, prepara-se para denunciá-lo à Justiça”. O semanário não dá o nome, que ressalta que o golpista não é “nada humanista”. Seria uma alusão ao PHS – Partido Humanista da Solidariedade, que tem 2 parlamentares na Assembleia?

Entenda porque Danielzinho Vilela decepciona no Congresso e está virando a “Dona Iris de calças”

Goiás

O filho de Maguito está seguindo à risca a doutrina fracassada da esposa de Iris Rezende. Daniel Vilela aposta numa oposição raivosa e agressiva contra o governo e não mostra propostas. São muitas semelhanças com Dona Iris: a falta de projetos relevantes para Goiás, atuação apagada em Brasília e, claro, a vaidade.

Marconi lança programa de inovação tecnológica no próximo dia 2. Agora, pergunte a Iris, Vanderlan, Caiado, Gomide ou Zé Nelto o que é isso. Eles não fazem a menor ideia…

Goiás

No próximo dia 2, o governador Marconi Perillo lança o Programa Estadual de Inovação e Tecnologia – Inova Goiás. Políticos analógicos como Iris Rezende, Vanderlan Cardoso, Ronaldo Caiado, Antônio Gomide ou José Nelto não fazem a menor ideia do que é isso. Eles são do tempo do fax, da máquina de escrever e do telegrama. Confira.

Jornal Opção: com olhar além da crise, Marconi aposta na inovação tecnológica para abrir caminho para potencializar a economia goiana

Goiás, Nacional

Vislumbrando a situação de Goiás no pós-crise, o governador Marconi Perillo lança no próximo dia 2 o Inova Goiás, sigla do Programa de Inovação e Tecnologia do Estado de Goiás, destinado a alavancar a economia goiana através de uma plataforma de inovação tecnológica a ser implantada em todas as regiões do Estado. Confira os detalhes.

Radialista Laerte critica deputados goianos que não se posicionaram contra Cunha, entre eles está Daniel Vilela: “bancadinha de merda”

Goiás, Imprensa

Radialista Laerte Júnior, da Rádio Difusora, atacou a bancada goiana na Câmara Federal por não pedir a saía do presidente Eduardo Cunha. Lembrando que Daniel Vilela é aliado de Cunha e até agora não falou nada sobre as denúncias pesadas contra o parlamentar carioca.

Zé Nelto vira Rei da Baixaria no Twitter e bate boca com o blogueiro Cleuber Carlos

Goiás

Perfil no Twitter do deputado estadual José Nelto (PMDB) é de dar dor no estômago. São posts agressivos, com erros de português e agressões gratuitas a todo momento. O peemedebista virou o Rei da Baixaria, assim como Dona Iris é a Rainha da Baixaria na mesma rede social.

Investimento no Inova Goiás sobe para R$ 1,5 bilhão e pode ser ainda maior, caso haja ingresso de recursos de privatizações e operações de crédito

Goiás, Nacional

Previsão de investimentos do governo do Estado no Programa de Inovação e Tecnologia, a ser anunciado pelo governador Marconi Perillo no próximo dia 2, subiu para R$ 1,5 bilhão até 2018, depois da adesão do banco do Brasil ao projeto. E esse valor pode ser ainda maior, se houver ingresso de recursos de privatizações e operações de crédito.

Jornal Opção diz que Daniel Vilela quer terminar o serviço iniciado pelo pai Maguito e, junto com Caiado e Iris, dar o “tiro de misericórdia” na Celg

Goiás

Quase 20 anos atrás, o então governador Maguito Vilela vendeu a usina de Cachoeira Dourada e inviabilizou a Celg. Agora, o seu filho, Daniel Vilela, uniu-se a Ronaldo Caiado e Iris Rezende para tentar impedir, em Brasília, a redução da dívida da empresa e piorar a sua situação. Segundo o Jornal Opção online, Daniel Vilela segue o pai para dar um “tiro de misericórdia” e matar a Celg.

Caiado, Iris e Daniel Vilela tentam impedir redução de R$ 400 milhões na dívida da Celg e ganham reprimenda do Forum Empresarial Goiano

Goiás

Reunido nesta sexta-feira, o Fórum Empresarial Goiano, composto por representantes das principais instituições classistas de Goiás, condenou a ação do senador Ronaldo Caiado, Iris Rezende e Daniel Vilela, que, em Brasília, tentam impedir a redução da dívida da Celg e impedir a privatização da empresas. Nas redes sociais, os 3 são chamados de “coveiros” da Celg.

Maguito foi o primeiro coveiro da Celg, ao vender Cachoeira Dourada. Agora, seu filho Daniel Vilela assume o papel de 2º coveiro, ao sabotar a empresa em Brasília

Goiás

Quando foi governador, Maguito Vilela vendeu a usina de Cachoeira Dourada e enterrou a Celg ao privar a companhia da sua “galinha dos ovos de ouro”. Agora, quando todos os problemas da empresa estão próximos de ser resolvidos com a sua privatização, o filho de Maguito, Daniel Vilela, trabalha em Brasília para implodir a operação. Daniel é o novo coveiro da Celg.