Efeito das delações: em clima de velório, Daniel Vilela lidera reunião no PMDB para tentar reerguer o partido após escândalo da Laja Jato

Eleições, Goiás

As delações contra Daniel Vilela e Maguito fizeram com que o PMDB paralisasse todas as atividades de pré-campanha em abril. Nesta segunda-feira, Daniel liderou reunião da Executiva para traçar as próximas atividades do partido. Pela foto é possível notar que o clima não era dos melhores.

No Giro, Daniel Vilela diz que encontros do PMDB foram paralisados devido ao excesso de feriados e não pelas delações da Odebrecht

Eleições, Goiás

A coluna Giro, de O Popular, perguntou ao deputado federal Daniel Vilela qual o motivo para o PMDB ter paralisado as atividades de campanha em Goiás, já que o próprio Daniel vinha liderando encontros regionais. Filho de Maguito inventou uma desculpa esfarrapada para explicar a paralisação das atividades de campanha.

“Delações terão de ser reanalisadas em órgãos judiciais colegiados”, diz ministro do Supremo Tribunal à Folha de S.Paulo. Caso de Marconi é citado como exemplo de erros e incongruências

Goiás, Imprensa, Nacional

O quadro ao lado, publicado neste domingo pela Folha de S.Paulo, resume as 3 versões apresentadas por 4 delatores da Odebrecht que acusaram o governador Marconi Perillo de ter recebido recursos via caixa 2. Trata-se, segundo o jornal, de um bom exemplo sobre os erros e incongruências das delações, que terão que ser revistas pela Justiça.

Reinaldo Azevedo, na Veja, diz que as divergências nas delações na Odebrecht envolvem versões, valores e muitas outras incongruências que ainda não vieram à luz

Goiás, Imprensa, Nacional

A reportagem da Folha de S. Paulo apontando erros e contradições nas delações da Odebrecht, tendo como exemplo o caso do governador Marconi Perillo, foi comentada pelo colunista Reinaldo Azevedo, da revista Veja. Segundo ele, houve açodamento do Supremo Tribunal Federal em homologar as delações sem um pente fino rigoroso.

Destaque deste domingo: imprensa nacional descobre erros e contradições nas delações da Odebrecht. Acusações contra Marconi são exemplo de inconsistência, afirma a Folha de S. Paulo

Goiás, Imprensa, Nacional

Reportagens deste domingo na imprensa nacional em especial a Folha de S. Paulo e a revista Veja, apontam contradições e inconsistências nos depoimentos dos ex-executivos da Odebrecht que acusaram o governador Marconi Perillo de receber recursos da empreiteira. Confira.

Em manchete neste domingo, Folha de S.Paulo aponta contradições em depoimentos da Odebrecht que citam o governador Marconi Perillo

Goiás, Imprensa, Nacional

Em reportagem publicada como manchete principal da edição deste domingo, a Folha de S.Paulo aponta série de contradições e inconsistências nos depoimentos de ex-executivos da Odebrecht, entre eles os que citam o governador Marconi Perillo. Matéria afirma que “peças que foram acolhidas pelo ministro Edson Fachin apresentam guerras de versões” e que “as petições contra os governadores do PSDB Marconi Perillo e Geraldo Alckmin são exemplos disso”.

Em artigo n’O Popular, Thiago Peixoto diz que, em relação às delações da Odebrecht, é preciso dar um crédito de confiança a Marconi e não acreditar “em conjunturas e suspeitas”

Goiás, Imprensa

Artigo do deputado federal Thiago Peixoto, em O Popular, neste sábado, faz a defesa do governador Marconi Perillo diante das delações dos ex-executivos da Odebrecht. Para Thiago Peixoto, “Marconi foi o governador que mudou o cenário econômico e social de Goiás e, por isso, é preciso aguardar antes de fazer pré-julgamento”.

Nas redes sociais, Marconi entra no movimento do “Maio Amarelo”: “Precisamos de um trânsito mais seguro”

Goiânia, Goiás

O governador Marconi Perillo reforçou neste sábado seu engajamento na campanha “Maio Amarelo”, que alerta sobre o alto número de acidentes e mortes no trânsito. As fotos do perfis oficiais de Marconi e do Governo de Goiás agora estão com o símbolo do movimento. Na próxima quinta-feira (11), o governador estará no Detran-GO para o lançamento oficial da campanha em todo o Estado e das ações de conscientização.

Filme antigo e já visto: Diário da Manhã diz que Iris pode mais uma vez ser o candidato do PMDB a governador, em 2018. Iristas já estão em campo, aproveitando as delações contra Daniel Vilela e o isolamento de Caiado

Eleições, Goiás, Imprensa

Mais uma vez, Iris Rezende pode ser candidato a governador, nas próximas eleições. Segundo o Diário da Manhã, com a Lava Jato colhendo o deputado federal Daniel Vilela e com Ronaldo Caiado, como sempre, isolado em termos políticos e partidários, o irismo já se movimenta para emplacar o velho líder em 2018.

Secretário de Segurança quer a PM goiana atuando “dentro da técnica”, mas, sem os equipamentos ideais, o que sobra é o cassetete e mesmo assim de má qualidade, que racha no primeiro golpe

Goiânia, Goiás

O secretário de Segurança, Ricardo Balestreri, condenou a ação da PM na repressão aos arruaceiros mascarados no Centro de Goiânia, que terminou com um deles atingido por uma cassetada. Segundo Balestreri, a PM tem que agir “dentro da técnica”, mas, segundo oficiais da corporação, não há materiais para isso – e até os cassetetes são de má qualidade e se partem ao serem usados.

Justiça condena o PMDB a indenizar Marconi por insultos publicados pelo site Goiás Real, cujo responsável (olha a malandragem) é o diretório do partido em Guapó

Goiás, Imprensa

A Justiça estadual acaba de condenar o PMDB goiano a pagar indenização ao governador Marconi Perillo, por insultos e calúnias publicadas pelo site Goiás Real, registrado na internet em nome do diretório municipal de Guapó (evidente malandragem, para escapar à responsabilização penal). Veja os detalhes.

Vitti fala sobre o “Goiás na Frente – Educação”: apoio da Assembleia foi fundamental para governo retomar investimentos

Goiás

“Se o governo agora volta a investir e contempla a população com obras e serviços importantes, isso também se deve aos deputados estudais da base aliada, que em momento algum hesitaram em apoiar medidas duras, mas necessárias ao ajuste das contas do Estado”, disse o presidente da Assembleia no lançamento do programa Goiás na Frente na área da educação.

Lei das Teles, a favor da Terceirização, apoiou a Reforma Trabalhista e delatado na Lava Jato. Se for mesmo candidato ao governo, Daniel Vilela terá que carregar nas costas esses quatro desgastes

Eleições, Goiás

Há quem diga que o deputado federal Daniel Vilela (PMDB) ainda sonha com o Palácio das Esmeraldas. O filho de Maguito foi atingido frontalmente pela delação da Lava Jato e sumiu do mapa. Tido como renovação no PMDB e na política goiana, Daniel terá que explicar desgastes enormes caso seja mesmo candidato ao governo em 2018.

Com Daniel Vilela e Maguito delatados na Lava Jato, PMDB goiano suspende encontros que vinham sendo realizados pelo interior do Estado

Eleições, Goiás

A decisão veio depois que Maguito Vilela e o deputado Daniel Vilela apareceram nas delações da Operação Lava Jato, acusados de receber dinheiro via caixa 2, registra o jornal Diário da Manhã. Daniel é quem estava liderando esses encontros e aproveitava os eventos para lançar sua pré-candidatura ao governo do Estado.

“Rachada, da mesma forma com que enfrentou perdeu as últimas 5 eleições, a oposição em Goiás é, ela própria, sua maior adversária”, afirma o comentarista Vassil Oliveira

Eleições, Goiás

Em novo artigo em forma de versículos bíblicos no Diário do Estado, o jornalista Vassil Oliveira afirma que a oposição, em Goiás, ainda não dá sinais de que vai superar seu principal obstáculo rumo às eleições de 2018: a divisão interna. Vassil Oliveira diz que, rachada, a oposição foi derrotada nas últimas 5 eleições e caminha para perder a próxima.

Na 730, Mendanha diz que ainda vê os delatados Maguito e Daniel como nomes viáveis dentro do PMDB na disputa pelo governo estadual

Eleições, Goiás

“Acredito na idoneidade do Maguito e do Daniel e esperamos que a justiça possa elucidar os fatos. Defendo que o PMDB tenha candidato próprio ao governo estadual e pra mim são os dois maiores nomes”, disse o prefeito de Aparecida, nesta terça-feira.

Daniel Vilela vai pagar nas urnas: Datafolha mostra que para 64% dos brasileiros novas leis trabalhistas beneficiam apenas os patrões

Goiás, Nacional

Os brasileiros acham que a reforma trabalhista e a terceirização privilegiam mais os empresários do que os trabalhadores —e os próprios empresários pensam assim, de acordo com o Datafolha. Segundo o instituto, 64% dos entrevistados acham isso da reforma e 63% dizem o mesmo sobre a terceirização. Daniel Vilela apoiou os dois projetos.

Incursões nacionais de Caiado são um fracasso: senador aparece com apenas 1% ou 2% no Datafolha e perde até para Luciano Huck

Goiás, Imprensa, Nacional

Na pesquisa Datafolha para a presidência da República, divulgada neste domingo, o senador goiano Ronaldo Caiado (DEM) aparece com apenas 1% ou 2%, desempenho péssimo para quem vive dando chiliques no Senado, desfilando nos protestos na Paulista ou visitando outros estados.

Discussão sobre a repressão aos mascarados, nesta sexta, é fundamental para definir qual a polícia que Goiás quer: a que enfrenta bandidos ou a que prega candidamente a paz social?

Goiás, Imprensa

O que você prefere para Goiás, leitor: uma polícia que enfrenta bandidos ou uma que candidamente defende a paz social, sem agir efetivamente? É o que está em discussão, quando a Polícia Militar é condenada por agir com dureza contra os arruaceiros mascarados que depredaram o patrimônio público e privado e ameaçaram a segurança das pessoas nesta sexta, no Centro de Goiânia.