Equipe de Iris deveria visitar a estrutura montada para receber Aécio na Praça Cívica. É uma aula de organização

Eleições, Goiás

A estrutura montada na Praça Cívica para o último comício dos candidatos Marconi Perillo (PSDB) e Aécio Neves (PSDB) em Goiânia é uma aula de organização gratuita para equipe de Iris Rezende, que bateu cabeça e esbanjou amadorismo a campanha inteira.

Previsão furada de chuva para evento de Aécio em Goiânia mostra que Caio Salgado precisa rever seus conceitos

Eleições, Goiás

O céu, a despeito do que disse Caio, está limpinho, limpinho. Não há uma única nuvem sobre a Praça Cívica e o prenúncio é que haja um mar de estrelas para receber o mineiro. Eis aí mais uma evidência que deveria motivar Caio a rever os seus conceitos. Jornalismo, meu caro, é outra coisa.

Iris consolida o 1º lugar na rejeição com 28%, enquanto Marconi fica com apenas 21%. É o Ibope mostrando a “virada” prometida pelo PMDB

Eleições, Goiás

Campanha de ataques contra Marconi Perillo (PSDB) no programa de TV faz disparar a rejeição do candidato Iris Rezende (PMDB). Segundo o Ibope, a rejeição de Iris é de 28% , enquanto a do tucano é de 21%.

Praça Cívica, 19h30, céu aberto e nada de chuva. Caio Salgado, o “garoto do tempo” do Popular parece que errou feio

Eleições, Goiás, Imprensa

Na coluna Giro de segunda-feira, o jornalista Caio Henrique Salgado previu que iria chover nesta terça-feira bem na hora do evento de Aécio Neves e Marconi Perillo, na Praça Cívica. Já são 19h30, a Praça está lotada, o céu aberto e nada de chuva até agora.

Ibope: Iris, que tinha 44%, despenca para 40%, enquanto Marconi sobe de 56% para 60% dos votos válidos. A fatura está liquidada

Eleições, Goiás

Os números divulgados na noite desta terça-feira pelo Instituto Ibope mostram que a eleição para governador em Goiás está decidida. A apenas quatro dias do segundo turno, Marconi subiu para 60% dos votos válidos. Iris perdeu votos e agora tem 40%.

Em vídeo, Delegado Waldir questiona Caiado na segurança pública e pergunta se o médico vai combater o crime com estetoscópio

Eleições, Goiás

Clique aqui e veja os questionamentos pertinentes do deputado federal mais votado sobre a decisão bizarra de Iris Rezende, que nomeou um secretário para um governo que nem existe. Ronaldo Caiado caiu nessa barca furada e agora passa vergonha.

Agenda de Iris para amanhã, a quatro dias da eleição, prevê apenas duas entrevistas e nenhum evento de rua

Eleições, Goiás

A campanha do ex-governador do PMDB parou de vez. Prova disso é a agenda para amanhã, quarta-feira. A quatro dias da eleição, Iris não tem nenhum compromisso de rua. Vai dar apenas uma entrevista a uma rádio do Entorno do Distrito Federal e outra para TV Serra Dourada.

Tem alguma coisa errada… Na CBN, Iris disse que deixou R$ 200 milhões no caixa da prefeitura. No debate do Popular, ele afirmou que foram R$ 120 milhões

Eleições, Goiás

O rombo financeiro na prefeitura de Goiânia ainda é uma encrenca que Iris Rezende precisa explicar à sociedade goianiense. No intervalo de uma semana, o velho cacique mudou sua versão e o valor de R$ 200 milhões caiu para R$ 120 milhões. Estranho, né.

O triste espetáculo da derrota: sem qualquer apoio, Iris não tem campanha e está reduzido à pancadaria nos programas de rádio e TV, que não funcionou

Eleições, Goiás

A campanha de Iris Rezende parou no 2º turno. Não apareceu ninguém para apoiar o velho cacique peemedebista. O PT declarou apoio, mas não se engajou. Hoje, Iris está reduzido à pancadaria explícita dos seus programas no rádio e na televisão. E domingo vem aí trazendo a derrota mais acachapante da carreira política de Iris.

Nestas segunda e terça, a coluna Giro, de O Popular, faz 17 citações a Iris e apenas 8 a Marconi. Sobre pesquisas, não diz que Marconi é o 1º e informa 2 vezes que Iris está empatado

Eleições, Goiás, Imprensa

A coluna Giro, em O Popular, nestas segunda e terça, faz 17 referências a Iris Rezende e apenas 8 ao governador Marconi Perillo, que lidera as pesquisas e deve ser eleito no próximo domingo. Mais ainda: Giro repete também, por 2 vezes, declarações de Mauro Miranda dizendo que a eleição está empatada. Isso é que jornalismo de primeira…

Campanha de Iris tinha marcado a “virada” para esta terça, mas resolveu “adiar” para o fim de semana. Ou seja: perderam a noção do ridículo

Eleições, Goiás

Através do expert em derrotas e coordenador da campanha de Iris Rezende, o ex-senador Mauro Miranda, o PMDB anuncia na coluna Giro, em O Popular, que a “virada” prometida para esta terça foi adiada para o fim de semana foi adiada. E o pior é que a coluna trata as declarações de Mauro com seriedade.

Moça anônima que apresenta a campanha de Iris nos programas de televisão já está conhecida como a “musa da pancadaria”

Eleições, Goiás

Nas redes sociais, a apresentadora dos programas de televisão de Iris Rezende já ficou conhecida como a “musa da pancadaria”. Desconhecida em Goiás, sem nome (ela nunca foi identificada pelo programa de Iris), a moça usa uma linguagem dura e sarcástica para atacar um dos políticos mais consagrados do Estado, o governador Marconi Perillo. Não funcionou.

Faltam só mais 4 dias de campanha no rádio e na televisão, Iris bateu, bateu, continua batendo, Marconi não caiu e caminha para a vitória no domingo

Eleições, Goiás

Já notou, leitor? Faltam apenas mais 4 dias de programas no horário gratuito eleitoral do rádio e da televisão. A campanha de pancadaria de Iris Rezende continua no ar, mas já se esvaziou depois de jamais ter tirado um único voto do governador Marconi Perillo. A fatura já está liquidada: no próximo domingo, a vitória será de Marconi.

Pode acreditar, não é piada: Iris afirma ser “o político mais próximo da perfeição”

Eleições, Goiás

A mais nova contribuição do velho cacique ao folclore político goiano foi dada em entrevista ao repórter Samuel Straioto, da Rádio 730 AM. Ao comentar a adesão de um velho amigo, Iram Saraiva, à campanha do seu adversário, Marconi Perillo (PSDB), Iris disse: “Sou um dos políticos mais próximos da perfeição, achava que todos eram idealistas como eu”.

Entidades policiais repudiam indicação de Ronaldo Caiado para Segurança Pública

Eleições, Goiás

Para a Associação de Cabos e Soldados (ACS) e para Associação dos Subtenentes e Sargentos da Polícia Militar do Estado de Goiás (Assego), Caiado na SSP é um engodo para enganar a população. Em carta, dizem que se trata de “ um projeto pessoal de poder e de seus aliados políticos” que joga na lata do lixo os votos dos goianos que o elegeram para o Senado.

Indeferimento da candidatura de Gomide não altera campanha da coligação de Marconi neste 2° turno

Eleições, Goiás

Em nota, a coligação do governador e candidato à reeleição Marconi Perillo (PSDB) esclarece que vai manter os eventos de campanha para os últimos dias de segundo turno apesar da decisão do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) que indeferiu o registro e anulou os votos de Antônio Gomide (PT), uma vez que ainda cabe recurso à sentença.

2º turno: com direito de resposta dado a Jayme Rincón, já são 9 as decisões da Justiça Eleitoral contra as baixarias nos programas de Iris

Eleições, Goiás

No 2º turno, a Justiça Eleitoral já tomou 9 decisões punindo a campanha de Iris Rezende pelas baixarias divulgadas nos programas no horário gratuito no rádio e na televisão. Cada vez mais, nesta reta final, está se reduzindo o espaço para a campanha de ataques pessoais e agressões comandadas pelo candidato do PMDB.

Cinismo: campanha de Iris alegou para o TRE que gravação falsamente atribuída a Jayme Rincón foi apenas “crítica administrativa”

Eleições, Goiás

Iris Rezende tentou justificar, junto ao Tribunal Regional Eleitoral, que a divulgação no seu programa de televisão de uma gravação de uma conversa falsamente atribuída ao presidente da Agetop, Jayme Rincón, foi apenas “crítica administrativa”. Iris também queria que Jayme fosse obrigado a provar que a voz não era dele, mas o juiz não aceitou – seria uma inversão do ônus da prova, disse.

TRE contra as baixarias: Jayme Rincón ganha direito de resposta de 2,20 minutos dentro do programa de Iris

Eleições, Goiás

A Justiça Eleitoral está decidida a acabar com as baixarias na campanha eleitoral em Goiás: nesta segunda, o TRE concedeu direito de resposta de 2,20 minutos, dentro do programa de Iris Rezende, para o presidente da Agetop, Jayme Rincón. Iris foi punido porque divulgou uma gravação de uma conversa falsamente atribuída a Rincón .

TRE indefere registro de candidatura de Gomide, mas eleição de domingo está mantida porque cabe recurso

Eleições, Goiás

Se os votos de Gomide forem de fato anulados, Marconi terá sido reeleito no primeiro turno. No entanto, a decisão do TRE, por ora, não cancela a eleição no próximo domingo porque cabe recurso ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Se o TSE mantiver a decisão, Gomide passa a ser ficha suja e não poderá mais disputar cargos eletivos.

Iris passa vergonha e é obrigado a assumir que recebeu doação da JBS na campanha de 2010

Eleições, Goiás

“Venho a público retificar minha declaração feita hoje, no debate da CBN/O Popular, a respeito da doação do grupo JBS à minha campanha”, diz trecho da nota divulgada por Iris Rezende. Na campanha de 2010, a JBS doou R$ 3,5 milhões ao peemedebista.

PMDB cobra realização de debates a campanha inteira, mas quando surge a oportunidade… Iris não vai

Eleições, Goiás

Marconi participou sozinho do debate promovido pelo Diário da Manhã na tarde desta quinta-feira, que virou sabatina. A cadeira de Iris, como se vê na foto, ficou vazia. Mas apesar da ausência de Iris, os jornalistas convidados mesmo assim leram as perguntas que deveriam ser respondidas pelo velho cacique.

Marconi lamenta factoide criado por Iris e Caiado: “Não se deve misturar política com Segurança Pública”

Eleições, Goiás

O governador Marconi Perillo (PSDB), que participou sozinho do debate entre candidatos promovido pelo Diário da Manhã, afirmou que o seu adversário tenta criar factoides ao anunciar Caiado como o seu secretário de Segurança Pública em caso de vitória do PMDB no segundo turno.

Fabiana Pulcineli, depois de dezenas artigos em O Popular prevendo a derrota, admite finalmente nesta segunda que Marconi “caminha para a vitória”

Eleições, Goiás

No seu último artigo antes da eleição, publicado nesta segunda nas páginas nobres de O Popular, a repórter politica Fabiana Pulcineli finalmente admite, em uma única frase, que o governador Marconi Perillo “caminha para a vitória” – conforme escreveu. Fabiana fez mais de 30 artigos em O Popular, neste ano, e em quase todos apostou na derrota de Marconi.

Sobre a fortuna de Iris, jornalista diz que “nenhum advogado de Goiás ficou tão rico quanto ele”

Eleições, Goiás

O jornalista Welliton Carlos leu mais uma pergunta que gostaria de fazer ao ex-governador, relacionada à sua fortuna: “que tipo de petições o senhor assinou, já que nenhum advogado de Goiás acumulou riqueza tão grande quanto a do senhor depois de prestar serviços à Justiça?”. Com a palavra, o ex-governador.

Isso é inédito: em Goiás, é o candidato que está atrás nas pesquisas que falta aos debates, e não quem lidera

Eleições, Goiás

Neste momento, o governador Marconi Perillo (PSDB) participa sozinho do debate promovido pelo Diário da Manhã. É claro que Marconi já deitou e rolou, aproveitando a ocasião para aprofundar as suas propostas e esclarecendo inverdades ditas a seu respeito pelo PMDB na campanha.

Afonso Lopes: “Marketing do PMDB errou ao tentar modernizar Iris. Em Goiás, a modernidade se chama Marconi Perillo”

Eleições, Goiás, Opinião

O marketing do PMDB errou, no 1º e no 2º turno, ao tentar “modernizar” Iris Rezende, afirma o comentarista Afonso Lopes. Iris é um político que vai na direção antagônica à da modernidade. Segundo Afonso, ficou fácil para o governador Marconi Perillo: “Em Goiás, o nome da modernidade é Marconi”, diz.

Outra pergunta para Iris que ficou no ar, no debate do DM: “por que tantos políticos se afastam do senhor?”

Eleições, Goiás

Welliton citou o caso mais recente, do empresário Júnior Friboi, mas também poderia citar Iram Saraiva, Lúcia Vânia, Nion Albernaz, Henrique Santillo, Henrique Meirelles e Vanderlan Cardoso, por exemplo. O debate é promovido pelo Diário da Manhã.

Pergunta que Iris não respondeu, porque fugiu do debate do DM: “Como explicar duas retificações seguidas na declaração de patrimônio à Justiça?”

Eleições, Goiás

Segundo a IstoÉ, apesar das retificações, a declaração continua aquém da realidade. A revista diz que as fazendas e imóveis dele valem pelo menos R$ 200 milhões, enquanto Iris declarou R$ 30 milhões.

“É impressionante como eles brincaram com números e com as pessoas”, diz Marconi no debate do DM

Eleições, Goiás

O governador abriu o debate da tarde desta segunda-feira, no Diário da Manhã, com críticas às promessas eleitoreiras que Iris Rezende (PMDB) fez na campanha eleitoral – entre elas, a promessa de dobrar o efetivo das polícias, o que custaria a bagatela de R$ 1 bilhão.

Iris não aparece no debate do Diário da Manhã. Nas redes sociais, ele está sendo chamado de “Rei Fujão”

Eleições, Goiás

Candidato Iris Rezende não apareceu no Diário da Manhã para o debate organizado pelo DMTV. A cadeira destinada a Iris está vazia. Marconi Perillo disse que lamenta a ausência de Iris. O que era para ser um debate virou uma sabatina e Marconi está sendo entrevistado pelos jornalistas do Diário da Manhã.

Exemplo de civilidade das filhas de Marconi com Iris ensina que o rancor não deve ser regra em uma eleição

Eleições, Goiás

“Elas foram muito gentis. E como cresceram”, comentou Iris nos bastidores do debate promovido nesta segunda-feira, pelo jornal O Popular, ao encontrar o governador e a primeira-dama Valéria Perillo. A informação é do blog da jornalista Fabiana Pulcineli.

Caio Henrique agora é garoto do tempo do Grupo Jaime Câmara: ele diz que vai chover na visita de Aécio a Goiânia

Clipping, Eleições, Goiás, Imprensa

O 24Horas apurou que olheiros do GJC já enxergam Caio Salgado com o perfil ideal para ser “Garoto do Tempo” e estariam dispostos a lançá-lo no Jornal Anhanguera. Caio ficaria à vontade com um mapa ao fundo e poderia, assim, se deliciar com suas previsões pluviométricas.

Debate foi bom para Marconi e ruim para Iris porque não trouxe nada de novo que possa influenciar no resultado da eleição. Ou seja: foi zero à esquerda

Eleições, Goiás

Se depender do debate realizado na manhã desta segunda-feira, o resultado da eleição será mesmo a vitória anunciada do governador Marconi Perillo. O confronto entre os 2 candidatos não trouxe novidades, a não ser o governador Marconi Perillo na ofensiva, pressionando Iris Rezende e cobrando explicações para os furos na biografia do velho cacique peemedebista.

Dilma e Lula dão as costas para Iris e decidem não visitar Goiás neste segundo turno

Eleições, Goiás, Nacional

Iris insistia para que a dupla visitasse o Estado e o ajudasse a criar fatos positivos para sua campanha, mas Lula e Dilma resolveram que é melhor concentrar esforços no Sudeste e Nordeste para vencer Aécio Neves. Taí mais uma prova de que o PT não liga para os goianos.

Marconi diz 8 vezes no debate que a campanha de Iris é de baixarias e ataques pessoais. E Iris engole seco

Eleições, Goiás

No debate promovido na manhã desta segunda pela rádio CBN e jornal O Popular, o governador Marconi Perillo acusou 8 vezes Iris Rezende de promover baixarias e fazer campanha suja nos seus programas de rádio e televisão. Iris ouviu calado e não se defendeu. E nem teria como: os programas de Iris são só pancadaria.

Iris diz no debate que não recebeu dinheiro da JBS em 2010. A verdade é que recebeu, sim: R$ 3,5 milhões

Eleições, Goiás

Iris disse no debate promovido pelo jornal O Popular que, na campanha de 2010, não recebeu dinheiro do grupo JBS Friboi para sua campanha ao governo, na tentativa de se afastar do empresário Júnior Friboi – que agora é aliado de Marconi.

Pergunta de Fabiana Pulcineli reproduziu na íntegra o programa de televisão de Iris que tentou desqualificar a polícia por prender o serial killer

Eleições, Goiás

A pergunta da repórter política Fabiana Pulcineli ao governador Marconi Perillo, no debate da manhã desta segunda promovido pela CBN e O Popular, repetiu os argumentos que o programa de televisão de Iris Rezende vem usando para desqualificar o trabalho da polícia na identificação e prisão do serial killer. Mesmo com a forcinha de Fabiana, Iris se saiu mal no debate.

Mabel e Barbosa Neto, coordenadores da campanha de Iris, desistem de orientá-lo em debate e deixam a bomba para Mauro Miranda

Eleições, Goiás

Mabel e Barbosa bem que tentaram lapidar Iris nos debates anteriores, mas ao que tudo indica, desistiram. Coube a Mauro Miranda e ao assessor de imprensa Filemon Pereira a missão hercúlea de preparar Iris para o confronto e impedir que ele cometesse gafes ou espumasse de raiva pelo canto da boca.

Luiz Geraldo faz pergunta a Iris sobre propostas. Fabiana faz pergunta a Marconi tentando desqualificar a prisão do serial killer

Eleições, Goiás

Segundo a CBN e O Popular, a finalidade do debate desta manhã entre Marconi Perillo e Iris Rezende seria um confronto de propostas para ajudar o eleitor a definir o seu voto. Escalados para representar o Grupo Jaime Câmara, Luiz Geraldo fez pergunta a Iris sobre ideias para o Governo, mas Fabiana Pulcineli preferiu tentar desqualificar o trabalho da polícia na prisão do serial killer.

A explicação para fúria de Iris no debate está ao lado dele nesta foto: as filhas

Eleições, Goiás

Depois que a maioria dos antigos aliados abandonaram o pai, Adriana (na foto) e Ana Paula assumiram o encargo de orientá-lo em momentos cruciais da campanha, entre eles os debates. Ana Paula e Adriana são quem recomendam agressividade nos ataques e que dizem para o velho cacique não poupar na baixaria.

Marconi lembra que Iris sabotou Meirelles, Vanderlan e Friboi e pergunta: “O senhor criou o Rei Mandão olhando para o espelho?”

Eleições, Goiás

Marconi lembrou que Iris comanda com mão de ferro o PMDB há mais de 30 anos e não aceita que nenhum político cresça à sua sombra – como Meirelles, Vanderlan e Friboi. “O senhor criou o Rei Mandão olhando para o espelho?”, perguntou Marconi.

Marconi pede calma a Iris durante encontro na sede do jornal O Popular: “Façamos um debate civilizado”

Eleições, Goiás

Iris descontrolou-se ao responder uma pergunta neutra de Marconi, que quis saber quais as propostas do peemedebista para a juventude. Mas a verdade é que o nervosismo de Iris foi aumentando com questões arroladas no decorrer do debate a respeito do rombo na prefeitura de Goiânia, coronelismo no PMDB e construção de casas de placa.

Marconi dá a Iris a chance de dizer onde estão os 40 hospitais que ele garante ter construído, mas o peemedebista desconversa

Eleições, Goiás

Marconi deu a Iris a chance de explicar onde estão essas obras – que, na verdade, só existem na cabeça do ex-governador. O peemedebista, por não ter o que dizer, desconversou. O debate entre os dois é promovido pelo jornal O Popular.

Marconi levanta o ponto mais vulnerável da imagem de Iris: ele não cumpre mandatos até o fim

Eleições, Goiás

Governador lembrou, em uma das suas intervenções, que Iris não cumpre até o fim os mandatos que conquista nas urnas, seja como governador do Estado, seja como prefeito de Goiânia. A referência deixou Iris irritado, que mais uma vez gesticulou e não falou nada de relevante.

Marconi, no debate: “Iris fugiu da prefeitura de Goiânia e deixou a bomba nas mãos do Paulo Garcia”

Eleições, Goiânia, Goiás

O caos administrativo da prefeitura de Goiânia entrou, em definitivo, na pauta das eleições deste ano. Marconi afirmou há pouco, no debate promovido pelo jornal O Popular, que o responsável pelo rombo nas contas do município é do seu adversário e ex-prefeito Iris.

Iris afirma que tudo que existe em Goiás – isso mesmo leitor, tudo – foi ele que construiu

Eleições, Goiás

Marconi, é claro, ironizou o seu adversário. “Pelo visto, o meu adversário não visita o interior há muito tempo. E diz que tudo que existe foi ele quem construiu. É muita arrogância”. As declarações foram dadas em debate promovido pelo jornal O Popular.

Marconi afirma que “Goiânia está um lixo só” e diz que desequilíbrio da Prefeitura começou com Iris

Eleições, Goiás

“Goiânia hoje está um lixo só”, disse Marconi, “e isso se deve em boa parte à situação que o atual prefeito encontrou quando assumiu”. Marconi lembra que Iris gastou a bagatela R$ 100 milhões com propaganda no Paço Municipal.

Debate O Popular: em poucos minutos, Iris já estourou tempo e abusou dos gestos

Eleições, Goiás, Imprensa

Está longe de terminar o primeiro bloco e Iris Rezende já abusou dos gestos e também estourou seu tempo na hora de responder e dar réplicas. Iris demonstra dificuldades para concluir alguns raciocínios e tudo leva a crer que ficará ainda mais nervoso ao longo do debate.

“O que fizeram com a Celg é caso de polícia”, diz Marconi no debate de O Popular

Eleições, Goiás

“O dinheiro foi todo usado para financiar causas eleitoreiras e comprar cestas básicas para distribuir às vésperas das eleições”, disse Marconi. “A venda da usina de Cachoeira Dourada, que era a galinha dos ovos de ouro da Celg, não resultou em investimento algum nas redes de distribuição de energia”.

Marconi supera os 50% em 6 das 7 regiões pesquisadas, revela a pesquisa Serpes. E, em Goiânia, está empatado com Iris

Eleições, Goiás

O governador Marconi Perillo lidera com mais de 50% das intenções de voto a corrida de 2º turno para o Palácio das Esmeraldas em 6 das 7 regiões do Estado em que está dividida a pesquisa Serpes/O Popular, publicada no último domingo. Em Goiânia, Marconi segue empatado com Iris.

Iris já teve 20 programas no rádio e na televisão, no 2º turno, e em nenhum fez qualquer pedido de voto ou citação para Dilma

Eleições, Goiás

Iris Rezende levou o PT na conversa: em troca do apoio dos petistas goianos, o velho cacique peemedebista prometeu ajudar a campanha da presidente Dilma Rousseff. Só que não cumpriu. Iris nunca pediu voto para Dilma. Já levou 20 programas no rádio e na televisão (2 por dia) e em nenhum sequer tocou no nome de Dilma.

Santa Cruz sobre Iris : “Sem propostas, sem apoio, sem mobilização, sem campanha, sem discurso, sem rumo e sem vergonha”

Eleições, Goiás

Iris Rezende está 100% derrotado e o governador Marconi Perillo caminha para uma vitória tranquila no próximo domingo. A conclusão é do jornalista Carlos Alberto Santa Cruz, em artigo no Diário da Manhã em que analisa o “desastre” em que se transformou a campanha do PMDB no 2º turno.

Em entrevista à Rádio 730, petista Valdi Camarcio afirma que Iris deveria “demonstrar mais” o seu apoio a Dilma

Eleições, Goiás

A poucos dias do fim do segundo turno, Iris ainda não levou o debate presidencial para a sua campanha. “Acho que, se Iris explorasse mais as ações da presidente Dilma em Goiás, isso melhoraria (sic) para ele”, afirmou Valdi na Rádio 730 AM.

Diário da Manhã: Iram Saraiva classifica Iris como “coronel” e “estúpido” que “não lê um livro sequer”

Eleições, Goiânia, Goiás

Iram e o filho, Iramzinho, filiados respectivamente ao PMDB e ao PT, retiraram o apoio a Iris e aderiram ao projeto de reeleição do governador Marconi Perillo (PSDB) ao divulgar uma nota esclarecedora no blog da jornalista Fabiana Pulcineli, de O Popular.

Quem se informa só por O Popular não sabe: Iris já recebeu 8 punições da Justiça Eleitoral por baixarias no seu programa de televisão

Eleições, Goiás

Se alguém se informa sobre a eleição deste ano só pela leitura de O Popular, fica por fora de fatos importantes para a compreensão do debate eleitoral. As decisões do Tribunal Regional Eleitoral, por exemplo. O Popular não noticiou que Iris Rezende já recebeu 8 sentenças punitivas por baixarias no seu programa eleitoral.

“Nomeação” de Caiado para secretariado fantasma de Iris cai no deboche e entra para a História como o factoide mais ridículo em uma eleição em Goiás

Eleições, Goiás

A “nomeação” do senador eleito Ronaldo Caiado para o secretariado fantasma de Iris Rezende caiu no deboche generalizado. Segundo o radialista Altair Tavares, deve ter sido algum dos “gênios” que rodeiam Iris quem deu a ideia. Já o Jornal Opção diz que, nos programas de televisão de Iris, Caiado é um gigante e Iris um anão.

Pesquisa Serpes, publicada neste domingo por O Popular, joga pá de cal na candidatura de Iris, que errou do princípio ao fim da campanha. Agora, serão 6 dias de agonia até a derrota

Eleições, Goiás

A derrota de Iris Rezende, daqui a 6 dias, promete ser inglória: um candidato que não empolgou em momento algum, envelhecido, antiquado e carregado de ódio e rancor. Pela pesquisa Serpes deste domingo, em O Popular, Iris está 700 mil votos atrás do governador Marconi Perillo. Ou seja: a fatura está liquidada. Daqui até domingo que vem, será o triste espetáculo da agonia de Iris.

Campanha de Iris virou pó no 2º turno. Não há apoiadores nem eventos de rua. Nada. Restou só a pancadaria do programa de televisão

Eleições, Goiás

Não há mobilização de rua. Não há apoiadores. O PT declarou apoio, mas sumiu: Antônio Gomide até hoje não apareceu no programa de televisão de Iris Rezende. Nenhum segmento social, instituição ou igreja, qualquer entidade ou grupo, nada, ninguém declarou apoio a Iris. A campanha peemedebista virou pó no 2º turno. A 3ª derrota de Iris para Marconi tem data marcada para daqui a 6 dias.

Com Marconi liderando as pesquisas desde janeiro, discurso da oposição dizia que o povo queria mudança. É óbvio que não queria

Eleições, Goiás

Até hoje, Iris Rezende e Ronaldo Caiado continuam repetindo feito papagaios que o povo goiano quer mudança no Governo. Só que, de janeiro até hoje, todas as pesquisas apontaram o governador Marconi Perillo em 1º lugar. Ora, se existisse mesmo esse desejo de “mudança”, as pesquisas seriam diferentes. O discurso da oposição defendendo a “mudança”, na verdade,foi e é um erro.

Olavo Noleto: de “promessa” do PT goiano a papagaio de pirata de Paulo Garcia

Eleições, Goiânia, Goiás

Olavo promoveu uma campanha cara, mas conseguiu apenas 36 mil votos – o que não é nem a metade do que ele precisava para ser eleito. Em baixa, se viu obrigado a aceitar um cargo de baixíssima relevância na prefeitura da Capital. A partir de agora, ele é chefe de gabinete de Paulo Garcia.

Serpes: vantagem de Marconi sobre Iris corresponde a 700 mil votos. Tucano vence em todas as regiões do Estado e empata em Goiânia

Eleições, Goiás

Os índices do governador Marconi Perillo na pesquisa Serpes publicada neste domingo pelo jornal O Popular indicam que o tucano tem uma vantagem de 700 mil votos sobre Iris Rezende.Todos os números e cenários mostrados pela pesquisa são altamente favoráveis a Marconi e indicam que a eleição é fatura liquidada.

Jornal Opção: “Proposta de Iris é triturar o novo, derrotar a modernidade e reinstalar o coronelismo em Goiás”

Eleições, Goiás

Em editorial, na edição deste domingo, o Jornal Opção conclui que o candidato do PMDB a governador, Iris Rezende, não conseguiu se modernizar e acabou fazendo uma campanha de ataques pessoais e difamação, como se quisesse reinstalar o coronelismo em Goiás.

Apresentadores do programa de Iris na televisão são jovens, mas falam como políticos velhos, rançosos e contaminados pelo ódio

Eleições, Goiás

A moça e o rapaz que apresentam o programa de Iris Rezende na televisão foram escolhidos pelo marketing do PMDB exatamente porque são jovens e representam um contraponto para a idade avançada de Iris Rezende. Só que eles falam como políticos velhos e raivosos, atacando com virulência o adversário de Iris.

Alô Altair Tavares: eis os 3 “gênios” que bolaram a jogada desastrada da “nomeação” de Caiado para a Segurança e acabaram de afundar Iris

Eleições, Goiás

Os “gênios” que inventaram a jogada desastrada de “nomear” o senador eleito Ronaldo Caiado para a Segurança são figuras carimbadas da política em Goiás: Sandro Mabel, Barbosa Neto e Mauro Miranda, os 3 especialistas em derrotas que coordenam a campanha de Iris. O radialista Altair Tavares diz que esses “gênios” acabaram com as chances de Iris nesta eleição.

Justiça Eleitoral continua punindo as baixarias de Iris: sai nova decisão, a 5ª, proibindo ataques pessoais e caluniosos a Marconi

Eleições, Goiás

A Justiça Eleitoral não vai aceitar mais a utilização do horário eleitoral gratuito no rádio e na televisão para ataques pessoais e baixarias. Neste sábado, saiu mais uma decisão, a 5ª, proibindo a campanha de Iris Rezende de continuar insultando e agredindo o governador Marconi Perillo. O TRE quer que Iris apresente propostas.

Campanha de Iris é inexistente no 2º turno. Segundo a coluna Giro, em O Popular, neste domingo, o PMDB já entregou os pontos

Eleições, Goiás

A coluna Giro, de O Popular, informa neste domingo que o clima é de desânimo e descrença nos bastidores da campanha de Iris Rezende. “A maioria considera muito difícil conseguir a virada até o próximo domingo”, registra o titular da coluna, Jarbas Rodrigues Jr.. Ele confirma também que a campanha de Iris, no 2º turno, é inexistente.

Iris está em 1º lugar em rejeição, mostra a nova rodada da pesquisa Serpes, publicada em O Popular neste domingo

Eleições, Goiás

A pesquisa Serpes, publicada neste domingo por O Popular, registra que Iris Rezende é o candidato a governador mais rejeitado pelo eleitor goiano: 23% não votariam em Iris de jeito nenhum. Normalmente, quem lidera no quesito rejeição é quem ocupa o Governo. Aqui em Goiás, é o candidato da oposição.

Massacre: O Popular publica pesquisa Serpes, a 6 dias da eleição, mostrando Marconi com 58,51% e Iris com 41,49%

Eleições, Goiás

Mais um domingo de amargura e desespero para a campanha de Iris Rezende: o jornal O Popular publica nova rodada da pesquisa Serpes, revelando que o governador Marconi Perillo continua inabalável na liderança da corrida sucessória com 58,51% dos votos válidos, enquanto Iris não passa de 41,49%.

Quem foi o “gênio” que deu a Iris a ideia de “nomear” Caiado para a Segurança? pergunta Altair Tavares. Foi uma ideia desastrosa

Eleições, Goiás

Segundo o radialista e dono do site noticioso Diário de Goiás, Altair Tavares, Iris Rezende está cercado de “gênios” e deve ter sido um deles quem inventou a “nomeação” de um senador para a Secretaria de Segurança de um Governo que nem existe. Altair mostra os constrangimentos que a ideia causou.

Cartão inteligente da saúde, transporte de qualidade em seis meses: é hora de Iris responder por suas promessas não cumpridas

Eleições, Goiânia, Goiás

O programa eleitoral de Marconi deste sábado mostrou algumas contradições deste velho cacique, que morde seus adversários como um cão. Colocou no ar cenas em que Iris, nas eleições para prefeito de Goiânia em 2004, promete o cartão inteligente da Saúde, a Escola Municipal de Saúde e transporte público de qualidade em seis meses.

Iramzinho deixa cargo na prefeitura e, acompanhado do pai, anuncia apoio a Marconi nos próximos dias

Eleições, Goiás

Iramzinho e o pai, o ex-ministro Iram Saraiva, são aliados históricos de Iris. O pai foi presidente da Câmara Municipal pelo PMDB. O filho foi secretário da prefeitura de Goiânia na gestão de Iris e era o chefe de gabinete do prefeito Paulo Garcia. A informação foi publicada no blog da jornalista Fabiana Pulcineli.

Melhor proposta de Iris, das poucas que apresentou até agora, é continuar o que Marconi está fazendo. Ora, para isso o ideal é o próprio Marconi

Eleições, Goiás

A melhor proposta de Iris Rezende, das pouquíssimas apresentadas até agora em meio à pancadaria generalizada que tomou conta do seu programa de televisão, é continuar o que o governador Marconi Perillo já está fazendo. Mas, para isso, não há dúvidas de que o ideal é deixar por conta do próprio Marconi, não? Se foi Marconi quem fez, é Marconi quem vai continuar fazendo.

Editorial de O Popular, neste sábado, o 4º condenando baixarias, contraria tese de Fabiana Pulcineli, no próprio jornal, a favor de denúncias sem provas

Eleições, Goiás, Imprensa

Em julho, a jornalista Fabiana Pulcineli usou o espaço nobre das páginas de O Popular para defender o denuncismo e as acusações sem prova na campanha eleitoral, porque servem para alimentar o debate. Mas O Popular completa neste sábado 4 editoriais condenando as baixas e os ataques sem fundamentação durante a eleição.

Vassil define quem está com Iris: “Gente com ficha corrida de escândalos, investigados pela polícia, envolvidos em denúncias e amigos de Cachoeira”

Eleições, Goiás

O governador Marconi Perillo “é difícil de ser batido”, constata o “comentarista” Vassil Oliveira em seu blog pessoal. Para Vassil, a campanha do PMDB é um amontoado de erros, que começaram no 1º turno e prosseguem no 2º turno. Ele cita a “nomeação” de Ronaldo Caiado para a Segurança e arremata: é “traição ao eleitor”.

Como não leu os anteriores, Iris deveria ler este: O Popular publica o 4º editorial condenando campanha de baixarias

Eleições, Goiás, Imprensa

O Popular publica neste sábado o seu 4º editorial, desde o início da campanha eleitoral em Goiás, condenando baixarias e ataques pessoais, em detrimento do debate de propostas para a avaliação do eleitorado. Iris Rezende, que continua com com a estratégia de agressões no seu programa na televisão, não leu os editoriais anteriores, mas dá tempo para ler este.

Nova orientação da Justiça Eleitoral fulmina a campanha de baixarias e pancadaria de Iris no 2º turno: já são 4 punições

Eleições, Goiás

O Tribunal Regional Eleitoral já emitiu 4 decisões punindo a campanha de Iris Rezende pelas baixarias, no rádio e na televisão, contra o governador Marconi Perillo. Segundo o TRE, o horário gratuito eleitoral tem de ser usado para a apresentação de propostas.

O “durão” Caiado afina diante do Delegado Waldir e não responde críticas sobre abandonar o Senado para ser secretário de Iris

Eleições, Goiás

Acostumado a encarar quem o desafia, desta vez Caiado recuou e respondeu com um post bem água com açúcar no Facebook. O senador eleito, na verdade, afinou e só disse que vai convidar o Delegado Waldir para ajudar “na empreitada” na Segurança Pública.

Fabiana Pulcineli liderou campanha de deboche sobre a prisão do serial killer, mas agora é desmascarada pelo próprio O Popular, onde ela trabalha

Goiás, Imprensa

Sob o comando da repórter política de O Popular, Fabiana Pulcineli, o lixo oposicionista das redes sociais tentou desqualificar e debochar do trabalho da polícia na investigação e elucidação do caso do serial killer. Mas o próprio O Popular, nesta sábado, mostra que a polícia agiu corretamente. Fabiana Pulcineli foi desmentida pelo jornal onde trabalha.

Editorial da CBN Goiânia critica “baixaria generalizada” na eleição. Iris deveria ouvi-lo

Eleições, Goiás

O editorial veiculado pela rádio CBN Goiânia na manhã deste sábado lamentou que determinados candidatos tenham espalhado um verdadeiro mar de lama nas eleições deste ano. Iris Rezende (PMDB), protagonista da campanha mais baixa dos últimos tempos em Goiás, deveria tê-lo ouvido.

Farsa em Goiás: nem Iris apoia Dilma nem Caiado pede votos para Aécio. Todos os 2 ignoram a eleição nacional

Eleições, Goiás

O PT goiano resolveu apoiar Iris Rezende, no 2º turno, em troca de ajuda para a campanha presidente Dilma Rousseff em Goiás. Deu com os burros n’água: Iris nem se lembra de que Dilma existe. O mesmo acontece com Ronaldo Caiado, mas com sinais trocados: ele foi a Brasília, depois de eleito, e prometeu apoiar Aécio Neves, mas também nunca pediu um voto para o tucano em Goiás. É tudo farsa.

2º turno: campanha do PMDB está paralisada por falta de agenda. Em 2 semanas, não há eventos e Iris só faz “reuniões internas”

Eleições, Goiás

A campanha de Iris Rezende sumiu das ruas da capital e do interior desde o início do 2º turno. A cada dia, a agenda distribuída pela (péssima) assessoria de imprensa do PMDB traz apenas, como atividades do candidato, a realização de “reuniões internas” e “gravações para o horário eleitoral”. Não há mobilização popular.

Programa de Marconi na TV dá o troco e diz que Iris não conclui mandatos e sempre exterminou programas sociais. E é verdade

Eleições, Goiás

O programa de televisão do governador Marconi Perillo deu o troco, na noite desta sexta-feira, e mostrou que Iris Rezende não conclui os mandatos para o qual foi eleito. Outro ponto de desgaste para o velho cacique peemedebista também foi levantado: Iris, no Governo do Estado e na Prefeitura de Goiânia, sempre acabou com os programas sociais que encontrou funcionando.

Justiça Eleitoral muda entendimento e decide coibir baixarias de Iris no horário eleitoral gratuito no rádio e na televisão

Eleições, Goiás

A Justiça Eleitoral decidiu que os programas no horário eleitoral gratuito do rádio e da televisão deverão ser agora obrigatoriamente usados para veicular propostas e ideias. Ataques pessoais não serão permitidos. A primeira consequência: o desenho animado do “rei mandão”, que insultava o governador Marconi Perillo, foi proibido de ser veiculado no programa de Iris Rezende.

Mais dois prefeitos de oposição – um do PT, outro do PMDB – declaram apoio à reeleição de Marconi

Eleições, Goiás

Enquanto a campanha de Iris chafurda na lama com ataques e trucagens punidas pelo Tribunal Regional Eleitoral, a campanha do governador Marconi Perillo (PSDB) recebe o apoio de mais dois prefeitos de oposição: Ailton Severino Aguiar (PMDB), de Israelândia, e Geraldo Martins (PT), de Barro Alto.

TRE entende que desenho animado do “rei mandão” é difamatório, sinaliza que baixarias não vão ser mais permitidas e pune a campanha de Iris

Eleições, Goiás

O Tribunal Regional Eleitoral, acompanhando o Tribunal Superior Eleitoral, decidiu que o horário eleitoral gratuito no rádio e na televisão deve ser obrigatoriamente usado para a apresentação de propostas e não para veicular ataques pessoais. A primeira consequência: o TRE proibiu a campanha de Iris de veicular o desenho animado do “rei mandão”, por difamar Marconi.

Em sua 4ª punição às baixarias da campanha de Iris, Tribunal Regional Eleitoral tira desenho animado do “rei mandão” do ar

Eleições, Goiás

Mais uma decisão do Tribunal Regional Eleitoral, a quarta, estabelece punições para a campanha de Iris Rezende caso continue a veicular baixarias contra o governador Marconi Perillo no programa de televisão do PMDB;. Agora, o TRE suspendeu a veiculação do desenho animado do “rei mandão”, considerado ofensivo ao candidato tucano.

Piada de Agenor Mariano ligando serial killer ao episódio da morte de Vladmir Herzog na ditadura é de mau gosto e desrespeita a História

Eleições, Goiânia, Goiás

Piada de péssimo gosto, publicada no Twitter, expôs a indelével falha de caráter de Agenor Mariano. O vice-prefeito de Goiânia tentou macular a Polícia com uma insinuação covarde e, como sempre, desacompanhada de provas. Deve pedir desculpas publicamente e de joelhos.

A triste oposição que temos: da comemoração pelos assassinatos até a tentativa de desacreditar a polícia… por fazer o seu trabalho

Eleições, Goiás

Primeiro, a oposição comemorava cada assassinato de mulheres em Goiânia. A deputada federal dona Iris Araújo chegou a deligar de satisfação. Agora, a mesma oposição que exigia a elucidação dos crimes debocha da polícia que identificou e prendeu o serial killer. O cinismo do deputado federal Sandro Mabel foi o destaque: ele defendeu o bandido em artigo no DM.

Prisão do serial killer deixa oposicionistas perplexos nas redes sociais, na busca desesperada de furos no trabalho da polícia. Só que não tem

Eleições, Goiás

Os principais perfis oposicionistas nas redes sociais, comandados pela repórter política de O Popular, Fabiana Pulcineli, tentaram de todas as formas desqualificar o trabalho policial que resultou na prisão do serial killer. Fabiana insinuou que havia erros na investigação, mas.,.. não havia. A polícia reuniu a imprensa e mostrou as provas. A jornalista calou-se.

Apequenou-se: de senador eleito, Caiado passa a postulante de vaga de auxiliar no (pouco provável) Governo Iris Rezende

Eleições, Goiás

O gesto eleitoreiro reduziu Caiado a dimensões políticas mínimas, risíveis. De senador eleito, passou a postulante de vaga de auxiliar em um (pouco provável) Governo Iris. Como foi que um agente público com a experiência de Caiado permitiu-se ser marionete numa manobra tão infantil e matreira?

Caiado concentra esforços na campanha de Iris ao governo e abandona Aécio

Eleições, Goiás

Caiado está cada vez mais afastado da campanha de Aécio. O senador eleito permitiu-se até ser “nomeado” futuro secretário de Segurança Pública do Estado – antes mesmo que Iris fosse eleito para alguma coisa. Passou, de senador eleito e aliado a de Aécio, a candidato a secretário de governo do PMDB.

Prisão do serial killer mostrou eficiência da polícia e esvaziou factóide da “indicação” do médico e ruralista Caiado para a Segurança

Eleições, Goiás

Oposição azarada: no dia em que “nomeou” o médico, fazendeiro e senador eleito Ronaldo Caiado para a Secretaria de Segurança, Iris Rezende foi surpreendido pela prisão do serial killer – com a polícia mostrando eficiência e credibilidade. O factóide acabou esvaziado e só prejudicou Caiado, que admitiu abrir mão de um mandato senatorial antes mesmo de assumir.

Coluna Giro, em O Popular, diz que Prefeitura de Goiânia pressiona funcionários para trabalhar para Iris

Eleições, Goiânia, Goiás

Vereador Tayrone di Martino já havia denunciado. Mas, agora surgem novas evidências de que o prefeito Paulo Garcia (PT), ao invés de cuidar da Capital, resolveu fazer política barata e pressiona servidores municipais para que trabalhem na campanha de Iris Rezende (PMDB).

Iris consegue feito inédito: tem apoio do pior prefeito da história de Goiânia (Paulo Garcia) e do pior governador da história de Goiás (Alcides Rodrigues)

Eleições, Goiás

Paulo Garcia é rejeitado por 80% dos goianiense e faz gestão horrorosa. Lixo nas ruas, buracos, supersalários na Comurg, aumento do IPTU e outras encrencas mais. Alcides dispensa apresentações. Fez um governo que não deixou legado, não construiu nenhuma obra e ainda saiu do Palácio das Esmeraldas sem pagar o salário do funcionalismo. Iris tá bem de companhia.