Lindbergh diz que Caiado se descontrolou e avisa que vai processar o senador goiano: “Típico de quem não tem argumento”

Goiás, Nacional

Ronaldo Caiado disse que o petista estava com as pupilas muito dilatadas, além de estar salivando muito. A discussão aconteceu na sessão do Senado na quarta-feira (13). “Eu estava falando da incoerência dele. Ele se descontrolou, fez aquela fala. Isso é típico de quem não tem argumento. Vou entrar com processo por danos morais”.

Caiado se envolve em outra baixaria com Lindbergh e fala que senador está “salivando muito” e com as “pupilas dilatadas. Veja a briga

Goiás

O senador Ronaldo Caiado se envolveu em mais uma confusão com o colega petista Lindberh Farias, nesta quarta-feira. A discussão no Senado era sobre o projeto que reajusta o salário dos servidores do Judiciário. Lindbergh chamou Caiado de cara de pau e incoerente. Caiado reagiu e atacou o petista. Disse que falava como médico e disparou que o Lindberh esta “salivando muito” e com as “pupilas muito dilatadas”, sugerindo que o petista fizesse uma espécie de exame de antidoping.

PMDB em chamas: José Nelto ataca dona Iris e diz que ela “fala o que quer, mas também tem que ouvir o que não quer”

Goiânia, Goiás

Em mais um capítulo da briga esquizofrênica que pôs em xeque o papel de protagonista do PMDB em Goiás, o deputado estadual José Nelto avisou à ex-deputada dona Iris que, se ela quer exercer o direito e falar o que quer, “também terá de ouvir o que não quer”. Ele também chamou de “brincadeira” o fato de a ex-deputada ter dito que o PMDB fechou portas ao marido dela, o ex-governador Iris Rezende. As declarações foram dadas em entrevista ao programa Jornal da Manhã, da rádio 107,3 FM, nesta quarta-feira.

Com voto contrário de quatro deputados que querem prejudicar Goiás, projeto que acelera renegociação da dívida dos estados é aprovado

Goiás, Nacional

Com o voto contrário de quatro dos 17 deputados federais da bancada de Goiás, a Câmara aprovou nesta terça-feira regime de urgência para o projeto que renegocia as dívidas dos estados com a União. Com o objetivo de prejudicar a administração do governador Marconi Perillo (PSDB), se opuseram ao requerimento Daniel Vilela (PMDB), Flávia Morais (PDT), Lucas Vergílio (SDD) e Rubens Otoni (PT).

Puxa-sacos em polvorosa: grupo de peemedebistas tenta organizar “Volta, Iris” para 15 de julho. Haverá quórum?

Eleições, Goiânia, Goiás

Liderados pelo deputado Bruno Peixoto, pelo ex-secretário Andrey Azeredo e outros puxa-sacos de carteira assinada e firma reconhecida, um grupo de peemedebistas realiza um movimento que pede ao ex-prefeito Iris Rezende que reveja a sua decisão de se aposentar. Ou melhor, tenta, porque este mesmo ato estava marcado para o fim da semana passada e foi cancelado por falta de quórum.

Além de Iris, comportamento de Daniel Vilela no comando do PMDB desagrada líderes do DEM, SDD e PRP

Eleições, Goiânia, Goiás

Como um elefante em loja de cristais, o deputado federal Daniel Vilela segue a colecionar desafetos no campo da oposição ao governador Marconi Perillo (PSDB). Além da guerra cruenta com o ex-governador Iris Rezende, que se aposentou em protesto aos atos de sabotagem de Daniel, também estão irritados com o deputado líderes do DEM, SDD e PRP.

José Nelto diz que Iris deve ao PMDB, “que a vida toda pediu voto para ele”, e tira dona Iris do sério: “Será que li direito?”

Eleições, Goiânia, Goiás

Declarações do deputado estadual José Nelto à coluna Giro desta terça-feira, no jornal O Popular, tiveram o mesmo efeito de um balde de querosene atirado sobre uma labareda. José Nelto afirmou que Iris deve muito ao PMDB, “que a vida toda pediu voto para ele”, e tirou do sério a ex-deputada dona Iris, esposa do ex-governador: “Oi? Será que eu li direito?”

Horas depois de Maguito publicar carta com elogios a Iris, dona Iris responde: “Precisam parar de escrever de um jeito e agir de outro. Ninguém nasceu ontem”

Eleições, Goiânia, Goiás

A carta assinada pelo prefeito de Aparecida de Goiânia, Maguito Vilela (PMDB), com elogios ao recém-aposentado Iris Rezende (PMDB) não comoveu a família do velho cacique. Horas depois de publicado o texto, na segunda-feira, a ex-deputada dona Iris soltou os cachorros na família Vilela: “Mais do que nunca, o PMDB precisa de um ataque de ‘sincericídio’ e parar de falar e escrever uma coisa e agir como outra. Ninguém nasceu ontem”.

Em mais um ato de provocação da família Vilela, Maguito manifesta apoio à decisão de Iris de se aposentar

Goiás

Não contente em tomar o PMDB de assalto, a família Vilela agora tripudia sobre o recém-aposentado Iris Rezende. Na manhã desta segunda-feira, o prefeito de Aparecida, Maguito Vilela, divulgou carta em que manifesta apoio à decisão do velho cacique de pendurar as chuteiras. Mesmo o leitor que desconhece os meandros da política goiana sabe que Iris esperava justamente o contrário: apelos para que ele não encerrasse a sua carreira política.

Fase de Daniel Vilela e PMDB é tão ruim que deputado não acerta nem palpite sobre futebol

Goiás

O deputado federal Daniel Vilela foi jogador de medíocre no passado. No domingo, ao invés de pensar na candidatura do PMDB a prefeito de Goiânia, o filho de Maguito estava tuitando sobre a final da Eurocopa, entre Portugal e França. Danielzinho escreveu que a seleção portuguesa só teria chances de vencer nos pênaltis. Errou feio.

Visão atrasada: para prejudicar o governo Marconi, Daniel Vilela vota contra Goiás no projeto de renegociação das dívidas dos estados

Goiás

Contaminado pela rivalidade partidária e de olho na eleição de 2018, Daniel radicaliza e é contra qualquer projeto, benefício ou ação direcionada ao governo do Estado. O problema é que ao agir desta maneira o filho de Maguito está trabalhando é contra Goiás e o povo goiano.

Cientista político afirma que PMDB não tem nome à altura de Iris: “situação complicada para o grupo”

Goiás

O cientista político e professor da UFG, Pedro Célio, também falou ao jornal O Popular a respeito da saída de Iris Rezende do cenário eleitoral. O professor não vê outra liderança com a mesma força de Iris. “Hoje não há um nome. É uma situação complicada para o PMDB e o grupo”, avaliou.

Itami Campos diz que ao longo de 30 anos Iris “engoliu” outras lideranças e que PMDB agora pode fugir desta postura “coronelista”

Eleições, Goiás

Cientista político Itami Campos foi ouvido pela reportagem do jornal O Popular para comentar a aposentadoria do ex-governador Iris Rezende. “Desde o início dos anos 80, o PMDB sempre girou em torno de Iris. A presença dele foi muito marcante e de domínio absoluto do partido, sem espaço para destaque de outras lideranças, engolidas pelo poder dele”.

Reportagem do Popular: fim da “era Iris Rezende” deixa oposição sem liderança em Goiás

Goiás

De fato, não há figura que consiga mobilizar aliados, articular alianças e causar comoção como Iris. O deputado Daniel Vilela (PMDB) e o senador Ronaldo Caiado (DEM) são bem menores que Iris Rezende. Esta ausência de liderança acontece, segundo os analistas ouvidos pelo Popular, porque Iris sempre foi centralizador e sedento pelo poder. Não preparou um sucessor. Com sua aposentadoria, o PMDB está perdido.

Daniel Vilela, Flávia Morais, Lucas Vergílio e Rubens Otoni votam contra urgência na renegociação das dívidas dos estados e prejudicam Goiás

Goiás, Nacional

Nesta semana, o governo de Michel Temer tentou aprovar a urgência da votação do projeto de renegociação, mas não conseguiu votos suficientes. O plano era votar o mérito logo em seguida. Eram necessários 257 votos, mas faltaram quatro votos. Só politicagem mesmo explica esse voto dos parlamentares goianos, já que o projeto ajuda o Estado dar fôlego nas contas.

Deu na IstoÉ: secretária Ana Carla volta a ser cotada para cargo no governo federal

Goiás, Nacional

A informação está na coluna Brasil Confidencial, da revista IstoÉ. A movimentação pode ser concretizada após o afastamento da definitivo da presidente Dilma Rousseff. O presidente interino Michel Temer pretende transferir a Secretaria de Orçamento Federal para a Fazenda e Ana Carla assumiria a pasta.

Incoerência: em menos de 24 horas, Caiado troca Iris pelo maior rival do PMDB na pré-campanha: delegado Waldir

Eleições, Goiás

Mal se confirmou a aposentadoria de Iris Rezende (PMDB) e o senador Ronaldo Caiado (DEM) já correu ao encontro daquele que foi o maior rival do peemedebista na pré-campanha para prefeito de Goiânia: delegado Waldir (PR). A inusitada movimentação do senador mostra que existe pouca coerência no seu jeito de agir.

Em apenas 5 meses no comando do partido, Daniel Vilela mergulha o PMDB numa crise profunda

Goiânia, Goiás

Em abril veio o baque da perda de quatro vereadores na Câmara de Goiânia. Durantes esses cinco meses, Daniel não conseguiu agregar dentro do partido e viu o casal Iris e Dona Iris se tornar uma grande barreira. O golpe final veio agora. Iris Rezende desistiu de ser candidato e o PMDB está mais perdido que tudo. Tarefa do filho de Maguito Vilela é árdua.