Na capa, O Popular destaca o mais novo “presente” de Iris para Goiânia: passagem de ônibus custando R$ 4,00 a partir da próxima semana

Goiânia, Imprensa

A proposta da CMTC já foi repassada para a CDTC, que agora vai marcar uma reunião, e aí então bater o martelo que confirma o aumento abusivo de 30 centavos. O prefeito Iris Rezende já se manifestou a favor do aumento. Para ele, com o novo valor vigorando, a prefeitura terá condições de cobrar melhoria no transporte para as empresas.

TV Anhanguera mostra a herança que Maguito deixou para Mendanha em Aparecida: erosão gigante em avenida e bairros sem asfalto

Aparecida de Goiânia, Imprensa

O Jornal Anhanguera 1ª edição desta terça-feira dedicou boa parte de seu tempo a mostrar os problemas de infraestrutura em Aparecida de Goiânia. No Jardim Luz, a já famosa erosão não para de crescer e no Buriti Sereno os moradores esperam por asfalto há 8 anos.

Sob o comando de Iris Rezende, saúde municipal de Goiânia piora de vez: O Popular mostra que houve redução em plantões nos Cais

Goiânia, Imprensa

O prefeito Iris Rezende e a secretária Fátima Mrué só pioraram a situação da saúde municipal de Goiânia, que já não era das melhores. Reportagem grande do jornal O Popular, nesta terça-feira, mostra que houve redução de mais de 10% no número de plantões na rede de atendimento 24 horas.

O Popular diz que serviço de coleta da lixo, alvo de reclamações dos goianienses, deve ficar pior a partir desta terça, com o começo da greve da Comurg

Goiânia, Imprensa

O sindicato dos servidores da companhia não concorda com a determinação do TCM, acatada pela prefeitura, que reduz gratificações. A deficiência no serviço da coleta de lixo é antigo e o prefeito Iris Rezende (PMDB) não conseguiu resolver o problema até agora.

Prefeitura de Iris vive alegando dificuldades financeiras, mas faz anúncio na TV de projeto que beneficia as construtoras

Goiânia, Imprensa

No evento do lançamento do programa “Alvará Fácil”, integrantes do Sinduscon e do Codese marcaram presença na prefeitura e foram bajulados por Iris Rezende. Poucos dias depois, a propaganda já está sendo exibida em horário nobre na televisão.

Cileide Alves diz que Iris Rezende transmite mensagem de omissão diante das angústias da população ao se isolar na prefeitura

Goiânia, Imprensa

A jornalista Cileide Alves analisou, em seu blog no site da Rádio Interativa, os primeiros meses de gestão de Iris Rezende. Cileide critica a omissão e o silêncio de Iris diante dos problemas de Goiânia. “O prefeito deve explicações à cidade e precisa ser transparente”, diz ela.

Jackson Abrão critica Iris Rezende pela truculência contra os professores municipais: “Momento pede diálogo sincero e realista”

Goiânia, Imprensa

Em seu comentário na TV Anhanguera, o experiente jornalista Jackson Abrão criticou a desocupação violenta que feriu professores municipais, na semana passada. A ordem partiu do prefeito Iris Rezende (PMDB), que se recusa a ter uma conversa aberta com os servidores, que estão em greve.

Incursões nacionais de Caiado são um fracasso: senador aparece com apenas 1% ou 2% no Datafolha e perde até para Luciano Huck

Goiás, Imprensa, Nacional

Na pesquisa Datafolha para a presidência da República, divulgada neste domingo, o senador goiano Ronaldo Caiado (DEM) aparece com apenas 1% ou 2%, desempenho péssimo para quem vive dando chiliques no Senado, desfilando nos protestos na Paulista ou visitando outros estados.

“O cansaço bateu. Esta, pelo menos, é a sensação gerada pelo evidente fracasso administrativo de Iris até aqui. Ele é o mais longevo político goiano, com 6 décadas de vida pública”

Goiânia, Imprensa

Para o experimentado comentarista político Afonso Lopes, no Jornal Opção, Iris Rezende não é mais o que foi outrora. “Iris”, diz Afonso Lopes, “está na política há mais de 6 décadas, mas parece que não acumulou somente experiência. O cansaço bateu”, como comprova “o fracasso administrativo até aqui na prefeitura de Goiânia”.

Em artigo, Cileide Alves comenta isolamento de Iris e diz que prefeito deve explicações à cidade e precisa ser transparente

Goiânia, Imprensa

A jornalista Cileide Alves, agora comentarista da Interativa, escreveu em seu blog, no site da rádio, um artigo para analisar os primeiros meses de gestão de Iris Rezende. Cileide escreve que a estratégia de Iris, de ficar sumido e depois aparecer como salvador da pátria, já deu certo no passado, mas nos tempos modernos atuais é fracassada.

Altair Tavares afirma que desocupação truculenta da Secretaria, ordenada por Iris, foi um erro grave: “E se alguém tivesse morrido?”

Goiânia, Imprensa

O jornalista Altair Tavares analisou em seu blog, no Diário de Goiás, a desocupação truculenta da Secretaria, realizada pela Guarda Civil, que deixou professoras feridas. Altair afirma que a ação manchou a imagem de Iris e foi um erro grave.

TV Anhanguera desmente amigos do “estudante” que saiu machucado do confronto com a polícia: imagens mostram que ele estava, sim, mascarado no momento com o confronto com a polícia

Goiânia, Imprensa

Amigos do estudante Mateus Ferreira da Silva, internado no Hugo em estado grave após confronto com a polícia nos atos de vandalismo desta sexta, no Centro de Goiânia, alegaram que ele não estava mascarado e não participou de nada. Imagens da TV Anhanguera, no entanto, mostram o contrário: ele estava, sim, encapuzado. em meio a um grupo de vândalos, todos mascarados.

O Popular diz que o principal alvo dos protestos no Centro de Goiânia foram Daniel Vilela, deputados federais (a favor da reforma trabalhista), Sintego e Iris Rezende

Goiânia, Imprensa

A movimentação da fracassada “greve geral”, no Centro de Goiânia, nesta sexta, acabou se virando contra o deputado federal Daniel Vilela, presidente da comissão da reforma trabalhista, contra os deputados goianos que votaram a favor, contra o prefeito Iris Rezende e contra o Sintego, que está a favor da prefeitura na greve dos professores municipais.

Discussão sobre a repressão aos mascarados, nesta sexta, é fundamental para definir qual a polícia que Goiás quer: a que enfrenta bandidos ou a que prega candidamente a paz social?

Goiás, Imprensa

O que você prefere para Goiás, leitor: uma polícia que enfrenta bandidos ou uma que candidamente defende a paz social, sem agir efetivamente? É o que está em discussão, quando a Polícia Militar é condenada por agir com dureza contra os arruaceiros mascarados que depredaram o patrimônio público e privado e ameaçaram a segurança das pessoas nesta sexta, no Centro de Goiânia.

Arruaceiros mascarados depredaram ônibus, picharam estátua do Bandeirante, destruíram parte do Grande Hotel e quebraram vidraças de 2 bancos. É por isso que, ao intervir com firmeza, a Polícia Militar agiu corretamente

Goiânia, Imprensa

Estudante estuda e até protesta contra o que acha errado, mas de forma pacífica. Arruaceiros mascarados, que atacam pessoas e o patrimônio público e privado, são bandidos que devem ser reprimidos pela polícia. Foi isso que aconteceu no centro de Goiânia, nesta sexta-feira: a polícia cumpriu o seu dever e colocou os marginais para correr.

Centro de Goiânia: arruaceiros mascarados portavam escudos improvisados, gasolina, pneus e pedaços de madeira. Segundo O Popular, seriam “estudantes” protestando de forma pacífica

Goiânia, Imprensa

Foto de O Popular mostra arruaceiros mascarados em ação no Centro de Goiânia, sob a desculpa de protestar contra as reformas do governo Michel Temer. Armados com escudos, gasolina, pneus e pedaços de madeira, os marginais foram reprimidos com dureza – corretamente – pela Polícia Militar. Mas, segundo O Popular, eram apenas “estudantes” que foram “agredidos pela tropa policial.

“Estudante” supostamente agredido pela PM não era estudante e sim um marginal mascarado que praticava atos de vandalismo e assumiu os riscos de enfrentar a polícia

Goiânia, Imprensa

Estão mais uma vez querendo crucificar a Polícia Militar por reprimir com firmeza atos de vandalismos praticados por bandidos mascarados no centro de Goiânia, a pretexto de que seriam estudantes. Estudantes? Isso é piada. Quem encobre o rosto e parte para a violência assume tos mesmos riscos que um bandido qualquer.

Ao ser questionado por Vassil Oliveira sobre reação agressiva da Guarda Civil, Iris aponta para ele e diz: “Vocês estão se apequenando”. A culpa agora é da imprensa?

Goiânia, Imprensa

Prefeito Iris Rezende quis insinuar que a culpa é da imprensa e que os profissionais estão exagerando ao criticar a repressão violenta feita por alguns homens da Guarda Civil.

Cobertura em tempo real de O Popular mostra que “greve geral” fracassou em Goiânia. Movimento dos sindicatos tem um gosto de saudosismo de meados do século passado

Goiânia, Imprensa

Com um gosto de saudosismo dos tempos de ouro de meados do século passado, a greve geral, espertamente convocada pelos sindicatos para esta sexta-feira com o objetivo de emendar o feriadão até segunda, não deu certo em Goiânia. O site de O Popular está cobrindo o movimento, em tempo real, com parcas notícias.