Presença de Temer em Rio Verde mostra prestígio de Marconi

Marconi é hoje o governador com mais diálogo com a presidência da República. Foi o goiano quem articulou toda a renegociação da dívidas dos estados, por exemplo. Sempre que vai a Brasília, Marconi tem reunião com ministros e costuma ser recebido em audiência reservada com Temer.

Em pré-campanha presidencial, Meirelles faz palestra em Goiânia

Nota principal de Xadrez, em O Hoje, registra que em plena pré-campanha à Presidência da República, o ministro da Fazenda Henrique Meirelles (PSD) realizou palestra na tarde de segunda-feira na sede da cooperativa financeira Sicoob UniCentro, em Goiânia.

Previdência: Temer vai ao Silvio Santos para tranquilizar pobres

A um mês do prazo previsto pelo governo para os deputados votarem a reforma da Previdência na Câmara, o presidente Michel Temer (MDB) defendeu a proposta e, em entrevista gravada ao apresentador Silvio Santos, no SBT, disse que a medida não afeta os mais pobres e só vai ter consequência para quem ganha salários maiores no País.

Alckmin e Doria divergem sobre estratégia do PSDB para São Paulo

O fim de semana está tenso no PSDB de São Paulo. No sábado, o jornal O Estado de S. Paulo informou que o governador Geraldo Alckmin cogita sacrificar o partido em São Paulo e apoiar a candidatura do vice Márcio França (PSB) com objetivo de ter o PSB ao seu lado disputa pela Presidência da República. Neste domingo, o prefeito e provável candidato a governador João Doria reagiu: disse que a chance disso acontecer é “zero”. 

Goiás fecha 2017 em 2.º lugar no ranking nacional de geração de empregos

Resultado da força da economia do Estado e dos investimentos e incentivos do governo Marconi Perillo, Goiás encerrou o ano de 2017 com estoque positivo de 25.370 vagas de trabalho formais abertas, com crescimento 2,14% na comparação com o ano anterior.

Globonews: Haddad é o plano B do PT para eleição presidencial

O ex-ministro da Educação e ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad cresceu no PT como plano B para disputa presidencial, 24 horas depois da decisão do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) que confirmou a condenação de Lula. 

Justiça manda apreender passaporte de Lula

O juiz da 10ª Vara Federal em Brasília Ricardo Leite determinou o confisco do passaporte do ex-presidente Lula. O pedido partiu do MPF (Ministério Público Federal) no âmbito da ação penal em que o petista é acusado de tráfico de influência. A ação está relacionada à Operação Zelotes.

Juristas acreditam em Lula preso antes de registrar candidatura

A manutenção da condenação do ex-presidente Lula pelo TRF-4, por três votos a zero, incluindo o inesperado aumento da pena para 12 anos e 1 mês, fez dos embargos de declaração a única esperança da defesa do petista. Com prazo curto para apreciação desse recurso e a determinação para cumprimento da sentença após essa análise, criminalistas preveem Lula preso antes do registro da candidatura.

É bom Lula ficar esperto… Ele pode ser preso nos próximos dois meses

O desembargador Leandro Paulsen foi claro ao dizer claramente que o TRF-4 determina a prisão imediata de condenados depois de esgotados os recursos na corte. O STF (Supremo Tribunal Federal) já afirmou que a detenção é possível depois que um réu tem sentença condenatória confirmada por um tribunal de segunda instância.

2 x 0: desembargador Leandro Paulsen vota pela condenação de Lula

O desembargador Leandro Paulsen, revisor da Operação Lava Jato no Tribunal Regional Federal da 4.ª Região (TRF-4), disse nesta quarta-feira, 24, que a Corte não se curva a pressões, intimidações ou ameaça de retaliações. ” Aqui ninguém pode ser condenado por ter costas largas nem ser absolvido por ter costas quentes.”

Relator aumenta pena de Lula de 9 para 12 anos e 1 mês

Gebran diz que culpabilidade de Lula foi “extremamente elevada” e aumentou a pena estabelecida por Sérgio Moro. Para o relator, Lula deve ficar preso por corrupção por 8 anos e 4 meses, e 3 anos 9 meses por lavagem de dinheiro; um total de 12 anos e um mês de cadeia. O ex-presidente “colocou em cheque a estabilidade democrática”, disse.

Começa contagem: relator indica 1º voto contra Lula

Durante a leitura do parecer, Gebran Neto rejeitou todas preliminares apresentadas pela defesa do ex-presidente e de Paulo Okamoto, presidente do Instituto Lula, em especial os argumentos que alegam parcialidade de Moro no caso. 

Nêumanne critica Caiado por defender que Lula seja absolvido nos tribunais para ser derrotado nas urnas

Em artigo publicado no jornal O Estado de S. Paulo, o jornalista José Nêumanne Pinto critica o senador Ronaldo Caiado (DEM) e outros adversários de Lula por insistirem no argumento de que “o ex-presidente deve ser derrotado nas urnas, e não dos tribunais”. Na opinião dele, pregar o livramento do petista dos rigores da lei transmite a falsa impressão de que a Constituição não vale para todos. Um atentado à democracia.

Estadão: PT não quer que Lula seja julgado como um comum

No dia em que TRF-4 analisará a sentença que condenou Lula pelo crime de recebimento de propina da OAS na forma de um triplex no Guarujá, de autoria do juiz Sérgio Moro, o jornal O Estado de S. Paulo publica um editorial que deslinda a estratégia do PT: convencer o País de que o ex-presidente ora julgado não é um homem comum, mas o maior líder da história do País.

Atrás de cargo, goiano Olavo Noleto vai a Porto Alegre bater panela por Lula

O petista goiano Olavo Noleto, que foi subsecretário de Assuntos Federativos da Presidência da República nos governos do PT, está fazendo a sua parte para conseguir de volta o seu carguinho em caso de vitória de Lula nas eleições. Ele já está em Porto Alegre para bater panela em frente a sede do TRF-4, onde Lula será julgado nesta quarta-feira.

Adriana Accorsi se junta a baderneiros pró-Lula que ameaçam incendiar País

Se houver conflito em frente à sede do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) nesta quarta-feira, quando acontece o julgamento do ex-presidente Lula, saiba que há pelo menos uma goiana na quizumba: será a deputada estadual Adriana Accorsi, que segundo a coluna Giro (do jornal O Popular) é a única representante da cúpula do PT em Goiás a acompanhar o julgamento.