R$ 2,5 milhões: por este valor, Daniel Vilela teria vendido seu voto para salvar Temer da denúncia da PGR

Goiás, Nacional

Quanto custa uma banana? Uma camiseta? Um saco de arroz? Um quilo de batata? Quanto custa o voto de um deputado para salvar o presidente da República acusado de corrupção passiva e obstrução da Justiça? Daniel Vilela (PMDB), que acaba de votar pela rejeição da denúncia contra Temer, teria vendido o seu voto por R$ 2,5 milhões, pagos na forma de emendas parlamentares. 

Assista ao vergonhoso voto de Daniel Vilela a favor de Temer. Deputado recebeu R$ 2,5 mi em emendas antes da votação

Goiás, Nacional

Este é um daqueles posts que precisam ser arquivados e revistos antes de votar na eleição do ano que vem. O candidato a governador de Goiás e deputado federal Daniel Vilela (PMDB) votou pelo arquivamento da denúncia contra o presidente mais impopular do Brasil, Michel Temer (PMDB). Confira o vídeo.

Vergonha para Goiás: Daniel Vilela vota a favor de Temer depois de receber R$ 2,5 milhões em emendas

Goiás, Nacional

Dias depois de receber um generoso “presente” de Michel Temer (PMDB) – R$ 2,45 milhões em forma de emendas – o deputado federal Daniel Vilela (PMDB) deu, nesta quarta-feira, o seu voto envergonhado em favor da rejeição da denúncia contra o Presidente da República, que é acusado de corrupção passiva e obstrução de Justiça. Daniel ajudou a salvar a cabeça de um dos políticos mais rejeitados da história do Brasil, que goza de pífios 3% de aprovação.

Porte de armas: estudos acadêmicos mostram que Wilder está errado, diz jornal Valor Econômico

Goiás, Nacional

O jornal Valor Econômico, em reportagem publicada nesta quarta-feira, afirma que a proposta do senador Wilder Morais (PP) de liberar o porte de armas no Brasil é criticada de maneira unânime nas universidades brasileiras em que há estudos sobre a violência no País. Clique aqui para entender o assunto.

Sondagem vesical de alívio: este foi o procedimento ao qual Temer foi submetido, segundo nota do Planalto

Nacional

A mais recente nota divulgada pelo Palácio do Planalto informa que o presidente da República, Michel Temer (PMDB), foi submetido nesta quarta-feira a um procedimento chamado sondagem vesical de alívio. Temer foi diagnosticado com quadro de obstrução urológica causado por urina ou cálculo renal.

Custo de denúncias contra Temer alcança R$ 32 bi. Parte desta fortuna contemplou Daniel Vilela (R$ 4,1 mi)

Goiás, Nacional

Daniel Vilela (PMDB) foi o goiano que mais teve emendas liberadas pelo governo Temer no período pré-denúncias. Na primeira votação foi R$ 1,7 milhão mais uma audiência do presidente com os prefeitos de Catalão, Adib Elias, e de Rio Verde, Paulo do Vale, ambos do PMDB. Para esta segunda denúncia, o custo do voto de Daniel teria sido de R$ 2,45 milhões, conforme nota publicada na coluna Giro, do jornal O Popular desta quarta-feira.

Deputado compara Caiado a Russomano, o falastrão que largou na frente em SP, mas nem chegou ao 2° turno

Eleições, Goiás, Nacional

Em 2012, o falastrão Celso Russomano, apresentador de TV metido a xingar bandido e a dizer que está do lado do pobre, era favoritíssimo na disputa pela prefeitura de São Paulo. Largou na frente, mas desidratou tanto por causa da falta de conteúdo que ficou fora até do segundo turno. Se esta tradição prevalecer, o falastrão Ronaldo Caiado (DEM) vai derreter na eleição para governador no ano que vem. A aposta é do deputado federal Alexandre Baldy.

O Popular: Daniel Vilela é o deputado que mais recebeu emendas de Temer em véspera de votação da denúncia

Goiás, Nacional

A coluna Giro, do jornal O Popular, afirma que Daniel Vilela (PMDB) é o deputado federal de Goiás que mais recebeu dinheiro em emendas nos meses de setembro de outubro, véspera da votação da segunda denúncia da da Procuradoria-Geral da República contra Michel Temer (PMDB).Este teria sido o preço que Daniel cobrou para votar como quer o presidente.

Daniel Vilela receberá R$ 2,45 milhões em emendas para votar a favor de Temer, informa O Popular nesta quarta

Goiás, Nacional

É gravíssima a denúncia publicada no jornal O Popular, nesta quarta-feira, que diz que o deputado federal Daniel Vilela (PMDB) receberá R$ 2,45 milhões em emendas para votar a favor do presidente Michel Temer (PMDB) na sessão desta quarta-feira na Câmara dos Deputados. Daniel é um dos deputados da tropa de choque fisiológica que deve votar pela rejeição da denúncia da Procuradoria-Geral da República (PGR) contra o presidente. 

Estadão: Ana Carla Abrão, ex-secretária da Fazenda de Goiás, é a guru de Doria

Goiás, Nacional

Filha da senadora Lúcia Vânia (PSDB) e ex-secretária da Fazenda do governo de Goiás, Ana Carla Abrão é a guru do prefeito de São Paulo, João Doria, pré-candidato à Presidência da República, em assuntos relacionados a economia. É o que revela reportagem publicada pelo jornal O Estado de S. Paulo. 

“Matei o Presidente”: novo clipe de Gabriel O Pensador vira hit nas redes sociais. Clique aqui para assistir

Nacional

Músico Gabriel O Pensador lança hit de protesto contra o presidente Michel Temer que viraliza nas redes sociais. Apesar do refrão, não há apologia a violência. A letra afirma que o brasileiro “peca por excesso de paciência” e sugere que por a mão em armas não é o caminho adequado. Confira.

Oloares critica políticos que defendem porte liberado de armas, como Magda, Wilder e Waldir: “Será que não vai estimular tragédias?”

Goiás, Nacional

Os políticos goianos que defendem o afrouxamento de regras para porte de armas continuam a apanhar muito nas redes sociais. O apresentador Oloares Ferreira, da TV Record, afirma que a liberação para cada um ter sua pistola vai estimular tragédias como a que ocorreram na última sexta-feira, no colégio Goyases, conjunto Riviera, quando um adolescente de 14 anos atirou e matou colegas que faziam bullying com ele. 

Mais uma do gênio Delegado Waldir: baixar a maioridade penal para 12 anos

Goiânia, Goiás, Nacional

Na tentativa de pegar carona na comoção popular que se criou em torno do atentado no Colégio Goyases, na manhã desta sexta-feira, este gênio da política goiana chamado Delegado Waldir (PR) lançou mais uma de suas ideias idiotas no Instagram: a redução da maioridade penal para 12 (!!!) anos. Daqui a pouco este maluco beleza propõe que meliantes possam responder pelos seus atos desde a barriga da mãe.

Marconi, em entrevista ao jornal Valor: “Antecipação de eleição no PSDB seria golpe”

Nacional

Em entrevista publicada no jornal Valor Econômico no fim da noite de quinta-feira, o governador Marconi Perillo (PSDB) afirma que é contra forçar a renúncia do presidente nacional do PSDB, senador Aécio Neves (PSDB-MG), com o objetivo de antecipar a eleição da nova executiva do partido. Marconi afirma que a antecipação da convenção seria “golpe”. “Se não for em dezembro, é golpe”, disse ao Valor.

Programa do DEM na TV ignora diarreia verbal de Caiado e defende diálogo para o Brasil crescer

Goiás, Nacional

A despeito da diarreia verbal do senador Ronaldo Caiado (DEM), que ofende o presidente Michel Temer (PMDB) com o objetivo de atrair holofotes, o partido dele levou ao ar um programa de televisão construído no apelo ao diálogo para fazer o Brasil crescer Postura serena e equilibrada, que diverge muito do xingatório do homem da mula. 

Daniel Vilela já pode pedir música no Fantástico: é a terceira vez que vota para salvar Temer das denúncias de corrupção

Goiás, Nacional

O primeiro gol (contra!) de Daniel foi em julho, quando na CCJ votou pela rejeição do relatório que pedia prosseguimento à primeira denúncia contra Temer. Depois, em agosto, quando a decisão foi para o plenário, Daniel também votou pela barração. E ontem, também na CCJ, sacramentou sua fidelidade, votando pela rejeição de segunda denúncia.

Estadão: Daniel teve beija-mão com Temer no Planalto antes de votar pela rejeição da denúncia na CCJ

Goiás, Nacional

Daniel esteve no gabinete presidencial com secretários da prefeitura de Aparecida de Goiânia, que é seu reduto eleitoral, horas antes de dar seu voto em favor do arquivamento da investigação, proposta pela Procuradoria-Geral da República. A notícia é do jornal O Estado de S. Paulo.

Guarde este nome: Daniel Vilela é um dos 39 deputados que votaram pela rejeição da denúncia contra Temer

Goiás, Nacional

No ano que vem, quando for escolher seus candidatos na eleição, lembre-se dos deputados que votaram pela rejeição do presidente Michel Temer (PMDB). Ao todo, 39 parlamentares disseram, nesta quarta-feira, que o presidente não deve ser investigado pelas graves suspeitas de corrupção reunidas por Rodrigo Janot.  Um deles é Daniel Vilela (PMDB). Guarde esse nome.