Tá feia a coisa para os lados da OAB Goiás: Jornal Opção diz que Lúcio Flávio é o Paulo Garcia da advocacia

OAB Goiás

É bom o presidente da OAB-GO tomar cuidado. Com Paulo Garcia, a fama de gestor ineficiente começou assim, devagarinho, e depois de alastrou de um jeito incontornável. O Jornal Opção afirma que dentro do grupo de Lúcio Flávio já começa a surgir uma oposição. O 24 Horas tem leve desconfiança de que esta turma é liderada por Leon Deniz.

Acabou a aliança com Lúcio Flávio? Nos bastidores, Leon Deniz e aliados já não conseguem esconder o desejo de disputar a presidência da OAB-GO

OAB Goiás

O slogan de campanha era “Juntos Somos Mais”, porém parece não ser mais assim. Nos bastidores da OAB-Goiás, não é segredo que a aliança entre Leon Deniz e o presidente Lúcio Flávio está abalada. Leon, que é obstinado pelo comando da Ordem, já estaria articulando para disputar o cargo em 2018.

OAB Goiás de mal a pior: Leon Deniz pode ser candidato de oposição a Lúcio Flávio em 2018

OAB Goiás

Leon Deniz apoiou Lúcio Flávio na última eleição, mas estaria insatisfeito com as ações do pupilo. Aliás, não é só Leon que anda meio decepcionado. Na comunidade da advocacia existe um sentimento de frustração com Lúcio. Já tem gente sentindo falta do arrojo da OAB Forte.

Isso nunca se viu antes na advocacia em Goiás: anúncio pago pela OAB-GO, em O Popular, faz promoção personalizada do presidente Lúcio Flávio

Imprensa, OAB Goiás

Recursos da OAB-GO foram utilizados pelo seu presidente, Lúcio Flávio, para promoção pessoal: ele aparece em um anúncio pago pelos cofres da entidade, em O Popular, alardeando uma suposta conquista, o pagamento dos honorários dativos, quando o que deveria ser destacado deveria ser a atuação institucional da OAB-GO.

OAB Goiás de novo envolvida com política. Agora, secretário faz estardalhaço anunciando apoio a Iris

OAB Goiás

Na eleição da OAB-GO, a diretoria que hoje comanda a Ordem criticava demais um suposto envolvimento do grupo que presidia a instituição com a política. Agora, cai no mesmo erro. Primeiro foi o presidente Lúcio Flávio que gravou um vídeo apoiando um candidato a vereador. Agora, o secretário de Prerrogativas da Ordem, Fellipe Fonseca declarou seu apoio à candidatura de Iris Rezende (PMDB). E até emplacou uma matéria no site Folha Z.

Fracassou feio: candidato para quem o presidente da OAB-GO gravou vídeo pedindo apoio teve apenas 142 votos

Eleições, OAB Goiás

Na campanha, Lúcio Flávio gravou um vídeo em seu gabinete manifestando total apoio ao cidadão que buscava uma vaga na Câmara. O presidente da OAB foi bastante criticado por usar as dependências da Ordem para fazer política. Com esse resultado vexatório, 142 votos, fica a pergunta para Lúcio Flávio: valeu a pena tanto desgaste para apoiar um cidadão que não teve nem 150 votos???

Candidato a vereador entra com ação de investigação contra o presidente da OAB

OAB Goiás

O motivo é o vídeo de apoio gravado no gabinete de Lúcio em que o presidente da OAB aparece ao lado de outro candidato a vereador e manifesta apoio ao projeto político do elemento. Representação afirma que a propaganda é irregular. O vídeo repercutiu muito mal no meio da advocacia e Lúcio recebeu diversas críticas por fazer política na sede da instituição.

Ex-presidente questiona atual gestão à frente da OAB Goiás: “E as promessas firmadas? E cadê toda aquela valentia?”

OAB Goiás

Lúcio Flávio assumiu em janeiro e até agora a OAB Goiás está estagnada, o debate da dívida ainda impera e na polêmica mais recente o presidente gravou um vídeo, dentro de seu gabinete, manifestando apoio a um candidato a vereador por Goiânia. “Afinal, e as promessas firmadas nas últimas eleições da @oabgo? E, cadê tb toda aquela valentia? E os laços políticos-partidários de hoje?”, questionou no Twitter o ex-presidente Miguel Cançado.

“OAB Forte não precisará fazer oposição a Lúcio Flávio. Ele próprio faz isso muito bem”, diz jornalista Cileide Alves

OAB Goiás

A infeliz decisão de gravar um vídeo em apoio ao candidato a vereador Hélmiton Prateado (PSL) nas dependências da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-GO) queimou em definitivo o filme do presidente da entidade, Lúcio Flávio. No Twitter, a jornalista e ex-editora do jornal O Popular Cileide Alves criticou a postura dele.

Jornal Opção ouve advogados e eles apontam que Lúcio Flávio pode ter cometido crime eleitoral ao gravar vídeo nas dependências da OAB-GO

OAB Goiás

Para advogados eleitorais, a gravação no prédio da seccional goiana afronta a legislação eleitoral, que proíbe a propaganda em bens públicos ou de uso comum. O vídeo repercutiu mal dentro da OAB Goiás e ninguém entendeu o porquê de Lúcio Flávio perder tempo gravando vídeo para candidato a vereador, sendo que a Ordem está cheia de demandas e ainda não decolou sob sua gestão.

Com OAB Goiás estagnada, presidente Lúcio Flávio vira notícia ao gravar vídeo com candidato a vereador

OAB Goiás

Jornal O Popular mostrou que a OAB-GO vai fazer um empréstimo milionário para organizar finanças. Com 9 meses no cargo, Lúcio Flávio ainda não revigorou a entidade e só se envolveu em polêmica. Agora, vira notícia ao grava em seu gabinete um vídeo em que manifesta apoio a um candidato a vereador por Goiânia. Gravação repercutiu mal na advocacia goiana.

Lúcio Flávio gasta dinheiro da OAB Goiás para colocar anúncio em que ataca Enil

OAB Goiás

Na página 7 da edição de segunda-feira do jornal O Popular há um anúncio grande da OAB Goiás assinado pelo presidente Lúcio Flávio de Paiva. No texto, Lúcio ataca o ex-presidente Enil Henrique sobre a polêmica da dívidas na entidade e diz que Enil sonegou documentos para expor a realidade financeira da Ordem. Quem perde é a advocacia e a OAB, que agora está gastando dinheiro para fazer anúncio em jornal.

No Giro, Lúcio Flávio anuncia contratação de auditoria por R$ 260 mil para analisar contas da OAB. Briga eleitoral não tem fim e quem perde é a advocacia

OAB Goiás

Nota na coluna Giro, de O Popular, afirma que o presidente da OAB Goiás aprovou contratação de uma auditoria, no valor de R$ 260 mil, para fazer um pente fino nas contas da entidade de 2013 a 2015. A briga eleitoral continua na entidade. Depois de Lúcio acusar Enil Henrique de deixar rombo de R$ 23 milhões nas contas da OAB, uma auditoria independente mostrou que em 2015 a entidade teve superávit de quase R$ 6 milhões.

OAB Goiás: acaba a lua de mel da categoria com Lúcio Flávio, que mergulha em processo de desgaste

OAB Goiás

Na campanha, atual presidente prometeu coisa demais e não está conseguindo cumprir as promessas. Já teve o desgaste da possível redução dos honorários da advocacia previdenciária e agora volta a encrenca da dívida de 2015. A lua de mel da classe com Lúcio já acabou e ele precisa reagir. Os desgastes estão grandes. E o jovem presidente já passa a ser visto e avaliado como mais do mesmo.

Buonaduce critica retomada da discussão sobre dívida na OAB Goiás e alerta: “Advocacia continua abandonada”

OAB Goiás

Auditoria independente mostrou que no ano de 2015, na gestão de Enil Henrique, houve superávit de quase R$ 6 milhões. Resultado diferente do que foi divulgado pelo atual presidente da Ordem, Lúcio Flávio Paiva, de que Enil teria deixado rombo de R$ 23 milhões. “O que nos deixa muito preocupados é que de novo está se discutindo um problema eleitoral, sendo que a advocacia continua abandonada”, disse Flávio Buonaduce, do grupo OAB Forte.

Ao que tudo indica, OAB Goiás vai perder o resto ano discutindo encrenca de dívida e não vai avançar em pautas importantes

OAB Goiás

A gestão de Lúcio Flávio à frente da OAB Goiás ainda não deslanchou e agora volta com força total o debate sobre o rombo nas contas da entidade. Auditoria independente mostrou que o ex-presidente Enil Henrique deixou superávit de R$ 5 milhões e não um déficit de R$ 24 milhões, como acusara Lúcio Flávio. Pautas importantes estão congeladas, as promessas de Lúcio não saem do papel e a encrenca da dívida não deixa a Ordem andar. Perde a advocacia goiana com este debate inócuo e politiqueiro.

Trapalhada de Lúcio Flávio na OAB: auditoria mostra que gestão de Enil deixou R$ 5 milhões de superávit e desmente rombo de R$ 23 milhões

OAB Goiás

O resultado é um revés para o atual presidente Lúcio Flávio, que em entrevista ao jornal O Popular acusou o ex-presidente Enil Henrique de deixar um rombo de R$ 23,9 milhões. Num post longo em seu Facebook, Enil avisou que interpelou judicialmente Lúcio Flávio e o atual presidente agora vai ter mostrar à Justiça os documentos que provam o suposto rombo.

Polêmica continua: advogados cobram posicionamento de Lúcio Flávio sobre possível redução de honorários

OAB Goiás

Jornal Opção tem acompanhado a encrenca e em nota a OAB negou que Lúcio tenha participado de reunião para tratar da redução dos honorários da advocacia previdenciária. O que acontece, porém, é que não existe um posicionamento oficial do presidente da OAB goiana sobre o tema e isso vem gerando desconforto na classe.

Jornal Opção: mais uma mancada do presidente Lúcio Flávio abre crise na OAB Goiás

OAB Goiás

Jornal Opção relata que Lúcio propôs uma redução salarial para os advogados previdenciários, sendo que a classe esperava justamente o contrário ou pelo menos fixação de um piso salarial. Por essa e outras, Lúcio vem sofrendo críticas e perdeu aquele ambiente de unanimidade total.