Tribuna do Planalto questiona Lúcio Flávio, candidato do grupo de Leon Deniz à OAB-GO: “O sr. é um produto de marketing?”

O semanário Tribuna do Planalto questionou o advogado Lúcio Flávio Paiva, candidato do grupo de Leon Deniz à OAB-GO, pelo excesso de ações de publicidade e propaganda na sua campanha. A pergunta dos jornalistas Eduardo Sartorato e Juliana Marton foi incisiva: “O sr. é um produto de marketing?”. Na resposta, Lúcio Flávio defendeu a estratégia.

Lúcio Flávio, candidato do grupo de Leon Deniz à OAB-GO, defende o marketing em entrevista à Tribuna: “É uma ferramenta importante”

Questionado pela Tribuna do Planalto sobre o excesso de marketing na sua campanha para a OAB-GO, o advogado Lúcio Flávio Paiva, candidato do grupo de Leon Deniz, defendeu-se: “O marketing é uma ferramenta importante”, resumiu. Críticos como o advogado Nile William já disseram que a candidatura de Lúcio Flávio transformou-se em uma “oferta de marketing”.

Advogado de 52 anos que morreu durante olimpíada da OAB-GO não teve socorro médico e foi atendido apenas pela emergência do Corpo de Bombeiros

O atual presidente da OAB-GO, Enil Henrique, ainda não se pronunciou sobre a falta de atendimento médico ao advogado de 52 anos que morreu durante uma partida de futebol nas Olimpíadas da OAB, em Goiânia. O release da assessoria de imprensa da OAB-GO admite que o socorro foi prestado por uma equipe do Corpo de Bombeiros e não por médicos.

Tragédia: advogado morre em olimpíada organizada às pressas em Goiânia pela OAB-GO, sem equipe de assistência médica. Jogos foram suspensos

Um advogado do Estado do Pará morreu durante uma partida de futebol das Olimpíadas da OAB, evento organizado às pressas em Goiânia pela OAB-GO. Não havia equipes médicas acompanhando os jogos, que foram suspensos depois da tragédia. O atual presidente da OAB-GO, Enil Henrique, não se pronunciou.

Candidatos “sabão em pó” à OAB-GO: Lúcio Flávio, lançado pelo grupo de Leon Deniz, e Paulo Teles, independente, investem pesado em marketing para “vender” seus nomes

Isso nunca se viu antes nas eleições OAB-GO: dois candidatos, Lúcio Flávio Paiva, lançado pelo grupo de Leon Deniz, e Paulo Teles, que se declara independente, contrataram marqueteiros milionários para tocar as suas campanhas e “vender” os seus nomes – publicitariamente embalados como sabão em pó ou qualquer outro produto de consumo.

Falta de apoio, uso da máquina e críticas sem resposta: Jornal Opção online diz que candidatura do atual presidente da OAB-GO, Enil Henrique, entrou em parafuso

Avaliação publicada agora há pouco pelo Jornal Opção, sobre as eleições na OAB-GO, indica que a candidatura do atual presidente, Enil Henrique, entrou em parafuso. Segundo a matéria, Enil Henrique não conseguiu apoios expressivos, está sendo questionado pelo uso da máquina e tem sido fortemente atacado pelo candidato Lúcio Flávio Paiva.

Campanha de Lúcio Flávio à OAB-GO pisoteia as regras eleitorais e avança na propaganda irregular, agora com adesivos para carros

Dando sequência aos investimentos em marketing, a campanha de Lúcio Flávio Paiva, candidato do grupo de Leon Deniz à OAB-GO, agora está distribuindo adesivos para carros, em Goiânia. As regras eleitorais da OAB-GO proíbem propaganda eleitoral antes do registro das chapas, que só ocorrerá em outubro.

Jornal Opção alerta advogados: campanha para a OAB precisa ser ética e só pode começar após registro das chapas, que se dará no final de outubro

A coluna Opção Jurídica, no Jornal Opção, adverte: a campanha para a OAB-GO precisa ter conteúdo ético e só pode começar a partir do registro das chapas, que se dará 30 dias antes do pleito, marcado para 27 de novembro. Mas pelo menos 2 candidatos, Lúcio Flávio Paiva e Enil Henrique, estão antecipando ações de propaganda.

Jornal Opção Online: candidato do grupo de Leon Deniz à OAB-GO faz campanha milionária e contrata marqueteiro por R$ 500 mil

Segundo o Jornal Opção Online, o candidato do grupo dee Leon Deniz à presidência da OAB-GO, Lúcio Flávio Paiva, contratou um marqueteiro para a sua campanha pela bagatela de R$ 500 mil. Em um toque de ironia, o semanário alfineta a despesa milionária esclarecendo que “Lúcio Flávio é candidato à OAB-GO e não a prefeito de Goiânia”.

Jornalistas que apontaram propaganda irregular na campanha oposicionista à OAB-GO são “jagunços de caneta”, acusa o ex-candidato Leon Deniz

Teoria conspiratória: para o candidato derrotado por três vezes nas eleições para a OAB-GO, Leon Deniz, as notícias publicadas pela imprensa, sobre as ações de propagada antecipada e irregular da campanha de Lúcio Flávio Paiva, partem de “jagunços de caneta”, que estariam buscando “impor a censura ao direito à livre manifestação”. Confira.

Jornal Opção Online: colunista de O Popular mostra “parcialidade” e “favorecimento” e pode estar assessorando o atual presidente da OAB-GO (e candidato) Enil Enrique

O Popular é rigoroso com o seu padrão ético e não permite que jornalistas da sua redação atuem em campanhas eleitorais. Por isso, o Jornal Opção Online estranhou as notas publicadas na coluna Direito & Justiça, assinada por Cleomar Almeida, favorecendo um dos candidatos às eleições da OAB-GO. Veja aqui detalhes do imbróglio.

Eleições OAB-GO: em discurso de ataque, candidato oposicionista Lúcio Flávio diz que atual presidente Enil Henrique usa eleitoralmente a instituição

Campanha para a OAB-GO está cada vez mais quente. No mais pesado ataque até agora, o candidato oposicionista Lúcio Flávio Paivfa acusou o atual presidente da entidade, Enil Henrique, de adotar medidas eleitoreiras em benefício próprio. Lúcio Flávio disse que Enil Henrique faz” a pior gestão da história da OAB-GO”.

OAB-GO: comício de lançamento da campanha de Lúcio Flávio tem apenas 5 oradores, nenhuma proposta e enxurrada de ataques aos adversários

O comício de lançamento da campanha do oposicionista Lúcio Flávio Piava à OAB-GO foi marcado por problemas técnicos (o sistema de som caiu) e por um ambiente enfeitado com propaganda eleitoral do candidato. Dos 5 oradores escalados para animar o evento, o ex-candidato Leon Deniz (derrotado 3 vezes em eleições na OAB), foi o que mais atacou os adversários. Não houve propostas.

Propaganda irregular: site A Redação diz que evento em escritório do oposicionista Lúcio Flávio tem aparência de “chapa eleitoral e slogan de campanha” para a OAB-GO

Site A Redação acaba de postar matéria sobre o evento que será realizado daqui a pouco no escritório do candidato oposicionista à OAB-GO, Lúcio Flávio Paiva. Segundo A Redação, sob o disfarce de um “movimento de renovação”, o que pode acontecer é mais um show de propaganda eleitoral antecipada – que o estatuto da Ordem considera irregular.

Pedro Paulo Medeiros: ”Ordem do presidente Enil Henrique para paralisar advocacia dativa transfere aos necessitados o ônus de uma discussão que cabe à OAB e ao governo”

“A ordem do presidente Enil Henrique para a paralisação da advocacia dativa joga nas costas dos cidadãos mais humildes o ônus de uma discussão que deve ser travada institucional e diplomaticamente entre o governo de Goiás e os líderes da advocacia goiana”, denuncia o conselheiro federal da OAB-GO Pedro Paulo Medeiros.

Candidato da oposição à OAB-GO, Lúcio Flávio desrespeita ostensivamente a proibição de propaganda antecipada e faz ato na rua para lançar o seu nome

Lúcio Flávio Paiva, candidato da oposição à OAB-GO, promove nesta quinta-feira, em frente ao seu escritório, um evento público para o lançamento da sua campanha, divulgado com uma forte cobertura de material publicitário. Lúcio Flávio desrespeita, ostensivamente, o estatuto da OAB, que proíbe propaganda antes do registro das chapas.

OAB-GO e o reajuste dos honorários dativos: Enil Henrique apostou no confronto com o governo, Lúcio Flávio se omitiu e Flávio Buonaduce resolveu

Enquanto o presidente da OAB-GO, Enil Henrique, foi para o confronto com o governo, ameaçando paralisar a advocacia dativa, e o candidato da oposição, Lúcio Flávio Paiva, se omitiu, coube ao conselheiro e candidato da OAB Forte Flávio Buonaduce negociar e resolver a questão do reajuste dos honorários dativos.

OAB-GO: Enil Henrique e Lúcio Flávio reclamam do reajuste dos honorários dativos. Mas Flávio Buonaduce diz: “Procuramos o governador e, com diálogo, conseguimos”

Enil Henrique, presidente da OAB-GO, e Lúcio Flávio, candidato da oposição às próximas eleições na entidade, foram para as redes sociais reclamar do reajuste de 105% que o governo deu para os honorários dativos. “Nós procuramos o governador para conversar e conseguimos. Incentivar a paralisação da advocacia dativa foi um erro”, comentou Flávio Buonaduce, candidato da OAB Forte.